quarta-feira, 22 de outubro de 2014

JK, o bom mineiro de Diamantina

Brasília sendo construída, desbravada pelas mãos calosas dos candangos. Enquanto isso, o mineiro de Diamantina, visitava escolas e brincava com as crianças no recreio.
Um dia, muito menina ainda, não sei o que senti ao vê-lo tão sorridente e brincalhão que corri em sua direção e ele me levantou em seus braços fortes, dizendo-me algo que a minha memória tenra não reteve. Mas uma curta frase eu pude balbuciar:
"- Juscelino, você é  meu presidente!"

 No planalto central, moramos por alguns anos e lá tomamos banhos nas claras águas das cachoeiras do Rio Paranoá, e foi também lá que conseguimos fazer um círculo de amizades super heterogêno.
  Era gente de todo o Brasil: a baiana Edelzuita, o cearense seu Solano, dona Neném a mineira, o casal Afrodízio e seus cinco filhos que eram goianos, dona Amélia, a pernambucana, Eliane a carioca, e fica faltando mais, muito mais gente boa e fraterna. Todos com seus empregos e bem alimentados, todos felizes.
Quando voltamos ao Rio, trouxemos sementes das "flores de Brasília" que são os bipinatus e fizemos, eu e meus irmãos, um jardim das cores do teu grande coração, doutor Juscelino, o médico carinhoso e político conciliador que soube bem entender a alma simples do povo brasileiro.
Porque nos deixaste tanta saudade, Juscelino Kubitschek de Oliveira?
Vamos de "Peixe Vivo" com outro mineiro maravilhoso? Canta pra nós, Milton Nascimento!

16 comentários:

ReltiH disse...

ME PARECE UN BONITO TRIBUTO.
UN ABRAZO

Rodrigo disse...

Grande presidente!
Acreditava no país, mas com sobriedade e sabedoria para conduzi-lo à grandes transformações.
Estadistas como este nos fazem acreditar em um governo funcional...mas já estão em extinção...

Um grande beijo!
Rodrigo

Vanuza Pantaleão disse...

O Brasil te agradece, Rodrigo. JK não é o passado, ele sempre será o futuro da nossa nação.
Bjs

Edith Lobato disse...

Se naquela época tivesse reeleição, certamente ele seria reeleito. O idealizador do Projeto Piloto. Feliz dia, Vanuza. Parabéns pelo post.

Cadinho RoCo disse...

Nossa, que publicação forte. Juscelino foi e continua sendo marca de realizações inacreditáveis para qualquer brasileiro que tenha mínimo de informação do tanto que esse homem idealizou e fez pela integração nacional. Brasília tirou o Brasil do litoral para o interior impondo a todos nós brasileiros visão mais profunda do nosso País. Que linda sua lembrança em momento tão expressivo que estamos nele para pleno resgate do nosso Brasil, agora com esse outro mineiro, Aécio Neves. Desculpe, estou emocionado, não dá pra escrever mais.
Cadinho RoCo

Vanuza Pantaleão disse...

Estamos todos emocionados, amigo. Esse é um bom momento para liberarmos tudo o que ficou preso na nossa garganta. Obrigada, Cadinho!

Benno disse...

oi, estive afastado. obrigado pelas visitas. o importante num presidente é amar ao pais do que ao seu partido... deveriamos, para o nosso próprio bem, dissociar o partido do governo. partido serve para o parlamento, o governo deve ser mais administrador e menos partidário, o eleitor deveria ser mais pragmático e menos partidário.
Beijos

Benno disse...

é chato ter que se calar para não ofender, como se argumentar fosse ofensa. o partidário só olha seu lado como se fosse perfeito, quando é evidente que todos os lados são imperfeitos. por causa da tacanhez dos outros temos que nos calar, mas a ofensa maior é a de quem não quer ouvir, fazendo de sua posição uma elegia à estupidez. hoje muita gente acha que ser crítico é baixar o pau, mas a verdadeira crítica começa pelo respeito. Adoro aquela frase eterna de Voltaire que ele jamais disse a Helvetius- Posso não concordar com o que você diz, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo (um pesquisador chegou a conclusão que uma biógrafa de Voltaire criou a frase para resumir a defesa que ele fez de Helvetius).

Ana Tapadas disse...

Eu percebi sua mensagem subliminar...já vi vários documentários sobre a construção de Brasília e a decisão desse homem determinado - até na escolha do grande arquitecto a quem entregou a cidade visionária.
Brasil e o mundo precisam de homens assim, mas...

Que bela fotografia de «banner»! (Para mim tem muito de familiar, como imaginas.)

Beijo grande

Fá menor disse...

Memórias marcantes.

Bjos

cirandeira disse...

Van, querida, se depender de mim, seremos sempre amigas, a despeito
de quaisquer divergências. Só acredito em amizades que são construídas a partir do respeito e
da aceitação do outro com suas diferenças. Não sou dona da verdade, até porque cada um acredita ter a sua, mesmo sabendo
que a verdade não existe. Quando
digo que sou uma nordestina "ignorante",
"desinformada", refiro-me a um determinado setor de uma "elite",
que julga os nordestinos como pessoas desqualificadas, que deveriam ser mortos e jogados no mar, como já foi dito por uma debilóide de São Paulo, e pelo
ex-presidente da república, FHC.
Não tem nada a ver contigo, viu?
Eu também gosto muito de ti, te respeito e tenho o maior carinho!

Um ótimo final de semana!
Beijos

O Sibarita disse...

Hummm... kkk Tá com a corda toda nos braços do JK heim? kkkkkkkk

Que pena faz um JK, né não?

Ei sua menina, oxente, nada haver o pensamento divergente que possa existir entre nós, a sabedoria está exatamente no contraditório, repare...

Nos temos um ao outro como pessoas que se gostam e até se amam pelo grau de amizade.

A política passa e os políticos depois estrão de braços dados rindo de nós, quem imaginava um dia Marina estar nos braços de Aécio? Os políticos pensam neles mesmos, se assim não fosse e fosse para o bem comum do Brasil, do seu povo, isso, jamais aconteceria, ou seja, Marina jogou uma vida toda de excelente politica na lata do lixo por pura vingança, então, não temos em quem acreditar.

Voto em Dilma por achar melhor para o Brasil, eu sei quem são essas pessoas da direita, essas mesmas denuncias que abrangem o PT também atinge o PSDB.

A diferença é que o pessoal do PT enfrentaram o julgamento. O Pessoal do PSDB, ou melhor, o Azeredo que era deputado renunciou para o processo ir para a justiça comum em Minas Gerais, pergunto quem é mais desonesto, quem enrola mais o povo? Quem enfrentou a justiça sem artimnhas ou quem fez artimanhas para não ir a justiça federal?

De mais a mais, em Minas as pessoas em boa parte detestam o Aécio.

No frigir dos ovos, todos eles são farinha do mesmo saco, como uma pessoa quer ser presidente se é o primeiro a dar mal exemplos?

Confio no povo e aqui na Bahia ele vai tomar uma goleada, no sudeste as pessoas são mais apossadas e ´´e claro quer o barão!

Mas, com fé em Deus, Aécio não deverá ganhar.

Quanto a nossa amizade ela é firme e forte, não é a politica que nos fara inimigos, aliás, nada, nada nos afastará!

O Sibarita

dinapoetisadapaz disse...

Que linda homenagem a este Presidente, grande homem que nos deixou levando no peito o desejo de construir um Brasil melhor. Abçs!

Vanuza Pantaleão disse...

QUE O BRASIL SAIA UNIDO DESSAS ELEIÇÕES!
BOA VOTAÇÃO, AMIGOS!

NeusaMarilda_Lavienrose disse...

Bom dia! passei para agradecer o comentário á meu poema no Blog do Viviani. Gostei de conhecer seu espaço e trabalho. Abraços

Graça Pereira disse...

Também gostei muito deste Presidente. Era então uma colegial e, como grande número das nossas Mestras eram brasileiras, cultivamos esse amor e respeito.
Beijo
Graça