sexta-feira, 27 de junho de 2014

No mundo das bonecas quebradas

No mundo das bonecas quebradas só encontrei cacos de velhas lembranças sem serventia, sem nenhuma utilidade. Bonecas risonhas de cabelos dourados, vestidas com fitas sedosas e multicoloridas, fantasmagóricas bonecas, esquecidas no além do nosso inconsciente e inconsequente coletivo âmago, apesar de tão individualistas sermos, e somos. Cinzentos sonhos hoje sonho. Bonecas em preto e branco, me enganaste feio, por isso as odeio, por isso as joguei no lixo, por causa das suas patifarias e mentirosas lábias, preferi viver por viver, sem compromisso, sem o lenço e sem o documento de que falava Caetano. Viver sem brincar mais com a vida.

7 comentários:

ReltiH disse...

UN POST MUY REFLEXIVO. UN PLACER VOLVER A LEERTE.
UN ABRAZO

O Árabe disse...

Talvez, Vanuza, outra coisa não façamos vida a fora, senão quebrar as nossas bonecas. Belo texto, amiga! Boa semana.

cirandeira disse...

Que texto forte, amiga, cheio de metáforas. e ao mesmo tempo tão real! Quantas bonecas foram e continuam sendo usadas para impingir a nós mulheres uma falsa imagem sobre a nossa feminilidade, não é? Particularmente, nunca fui muito chegada a esse mundo de plástico, rs, prefiro a vida como ela é, de carne e osso, apesar dos pesares e do preço que tenha de pagar!

Um grande beijo, querida!!!

O Árabe disse...

Aguardando o próximo post, Vanuza. Boa semana!

Graça Pereira disse...

Minha querida Vanuza

Há tanta boneca quebrada por esse mundo fora... e há quem continue brincando com elas, pagando as horas de sonho...Sonho? Para quem ? Pesadelo! Por isso, elas terminam sem coração, partidas e...arrumada no lixo!!
Belíssimo o teu texto...como sempre, aliás!
Um beijão grande e um bom fim de semana
Graça

O Árabe disse...

Continuo aguardando; vale a pena! Boa semana, Vanuza.

O Sibarita disse...

Ôxe! kkkk Ô dona moça, por que essa revolta com as bonecas, heim? Sei, é uma metáfora, mas, a vida não se brinca mesmo não, é seguir de cabeça erguida, repare... kkkkkkkkk

Oi sumi por causa da copa, me dei mal, me lenhei de verde e amarelo! kkkkkkkkkkkk

Tomara que tudo esteja as mil maravilhas.

O Sibarita