quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Graciliano Ramos - Escreveu, Sofreu e Venceu

Um escritor que nunca fez questão em vir a sê-lo, vocês acreditam? Não? Pois no caso de Graciliano foi justamente isso que aconteceu. Ele era atípico no ofício de escrever, não se isolava do mundo real, ao contrário, queria e conseguiu retratá-lo tal qual ele era, obscuro e cruel.

Na sua loja de tecidos em Palmeira dos Índios (Alagoas), a figura de um homem cordial e amável sobressaía por detrás do balcão. Senhoras e moças da cidade, suas freguesas,assim como a minha mãe, iam até lá para escolherem seus crepes, sedas, linhos, chita ou algodão. Ele servia a todas com presteza, mas poucas palavras,acredito que, inconscientemente, as guardaria para suas obras-primas como Vidas Secas, São Bernardo e Memórias do Cárcere.
O que fervilhava na imaginação daquele homem tão sóbrio para que, na sua maturidade, próximo aos quarenta anos, se tornasse um dos mais importantes prosadores do Brasil ao lado de Machado de Assis e Guimarães Rosa? Nesse mistério, jamais penetraremos.
A situação toda parece ter acontecido meio por acidente do destino. Um tanto contrariado, mais para atender os apelos dos amigos e dos moradores da cidade, deixa-se lançar na política e não deu outra, ganhou a prefeitura.
Não só ganhou a prefeitura de Palmeira dos Índios como realizou a melhor administração de todos os tempos. Seus pareceres eram tidos como peças raras literárias e a notícia correu nordeste afora. Depois, foi chamado para ocupar dois cargos públicos em Maceió, diretor da Imprensa Oficial e também da Instrução Pública. A essa altura, Augusto Frederico Schmidt o estimulava a publicar seu primeiro livro, Caetés. Daí, não parou mais, virou celebridade, mas o homem tranquilo e consciente, nascido em Quebrangulo (lugarejo nos arredores de Palmeira dos Índios), não deixou a fama subir-lhe à cabeça.

Vidas Secas, seu livro mais conhecido, não tinha muitas páginas, era fino, de leitura rápida e direta, sem complicações léxicas, sem apelações para o sentimentalismo fácil. Graciliano não tolerava jogos de palavras e cada palavra que usava só lhe servia para deixar que a realidade se apresentasse tal e qual nasceu, nua e crua, das páginas de suas obras. A seca do nordeste era seca mesmo e o sofrimento atroz dos nordestinos era um sofrer real, sem maquiagens, sem palavrórios inúteis. Isso explica porque dispensava a poesia e nunca se ocupara em escrever uma sequer. Se, por acaso, surgir alguém que diga que achou um só poema de Graciliano, ou enganou-se ou age de má fé, pois ele declarava publicamente que não gostava de poesia. Fazer o que? Pelo menos, ele sempre foi firme e franco nos seus gostos e decisões.
Mudou-se para o Rio de Janeiro, bairro de Laranjeiras, onde exerceu o jornalismo e cercou-se ali, em reuniões no seu apartamento, das melhores cabeças da época, de Manuel Bandeira, José Lins do Rego a Carlos Drummond de Andrade. Que época de ouro, hein?
Mas o que era doce acabou-se com a ditadura de Getúlio Vargas e a tirania que nunca rimou com liberdade de pensamento o arrastou preso e humilhado em um navio infecto para a Ilha Grande, presídio sinistro, onde seria torturado e, pior que tudo, sem uma única acusação formal. Ele não era militante político de esquerda à época.

O seu defensor foi outro homem e jurista de enorme respeitabilidade, Sobral Pinto. Quero abrir um parênteses aqui para declarar que tive a honra de cumprimentá-lo quando fazia o meu curso de Direito. Ele estava já com cem anos, sua cabecinha parecia feita de flocos de algodão, mas palestrou com a lucidez de um bacharel de vinte anos. Ainda se fazem homens e profissonais assim? Talvez sim...talvez não.
Sabem qual a Lei que o mineiro ilustre da cidade de Barbacena - a cidade das rosas - aplicou para retirar Graciliano das garras da morte? A LEI DE DEFESA AOS ANIMAIS e o argumento foi claro, simples, mas incisivo:"- Se devemos, por Lei, proteger e respeitarmos os animais por que não o fazemos com os nossos semelhantes?" Assim, o nosso escritor ganhou a sua Liberdade. Saudade de ti, Sobral Pinto!
Memórias do Cárcere (virou filme com Carlos Vereza no papel principal) veio a público e Graciliano contou tudo, com aquele seu estilo exato, meio existencialista e psicológico, sem rodeios.

Contista de primeira, Graciliano nos impressiona com os seus relatos quase auto-biográficos, inclusive quando estava moribundo, no hospital, morrendo de câncer no pulmão de tanto fumar e, provavelmente, com sequelas sofridas na prisão. Em um desses contos ele fala das paredes brancas do quarto e da solidão de morrer só.
O cineasta Nélson Pereira dos Santos filmou com primor um dos dez melhores filmes do mundo, Vidas Secas, película que se insere ao lado de Cidadão Kane de Orson Welles.

E assim, vocês que chegaram até aqui comigo, podem já ter notado que, mais uma vez, o destino pregou-me uma grata surpresa: minha mãe recebeu seus vestidos das mãos de um dos maiores escritores do mundo e eu apertei a mão do melhor e mais generoso jurista de todos os tempos e um ciclo se fechou. Fui uma privilegiada e não sabia.
Graciliano Ramos, estóico e íntegro, gente de verdade, tu foste um ser iluminado e muito especial! Venceste!
Vamos falar um pouquinho do músico Hermeto Paschoal?
Multi-instrumentista, nascido em Arapiraca (alagoano também, esse danado), Hermeto retira sons até da natureza, desde canudos de mamona a uma poça d'água. Mestre em acordeon, flauta, piano, saxofone, trompete, bombardina, escaleta, violão e a lista não tem fim, minha gente.
Convidado a visitar os Estados Unidos, encontrou-se com Miles Davis e ambos trocaram experiências jazzísticas.
Apresentou-se com sucesso por quase toda a Europa, principalmente na Dinamarca, Alemanha e Suiça. É tido pelos especialistas musicais como "romanceador da música" e abriu as portas para a criação da Música Universal.
Ouviremos aqui a música"São Jorge" que nos apresenta o ritmo do galope de um cavalo chamado Faísca. Papa fina, gente! É mais que nordeste, mais que Brasil, Hermeto é um patrimônio vivo do nosso planeta.
Dá-lhe, Hermeto!
Volto ano que vem, se Deus quiser! Muita coisa pra fazer na vida real...
Boas Festas, amigos! Um glorioso 2011 a todos!
Obs: Retornarei a todos os comentários.

57 comentários:

Rodrigo disse...

Graciliano foi um grande escritor. Sua obra ainda vive...nos inquieta...nos fere...nos emociona.
Emociona não pela singeleza de temas ou personagens, mas por sua grande sinceridade e talento.
Vidas secas é o Brasil verdadeiro e sem máscaras...é a dor "calada" que cada personagem carrega no peito.
Graciliano respeitava tanto seu país que o sofrimento da pátria era também seu sofrimento...
Belíssimo texto!
Um grande beijo!

Rodrigo

SAM disse...

Vanuza,

Você reuniu uma plêiade de pessoas ouro e de maiores brilhos da nossa cultura num texto brilhante! Emocionada, amiga. Obrigada de coração.

Carinhoso beijo.


Vou + volto! Rsrs

cirandeira disse...

Van, tua postagem está excelente, PARABÉNS!
Eu gosto demais de Graciliano Ramos, do jeito limpo, seco(como o sertão nordestino), direto. Uma vez ele escreveu um texto dizendo mais ou menos assim: "Deve-se escrever como as lavadeiras lá de Alagoas..." e aí ele dizia como as lavadeiras faziam, que só depois de
lavar bem a roupa é que elas a colocavam ao sol pra secar; que a palavra não foi feita pra enfeitar, mas para SER DITA. Acho isso fantástico. Até publiquei no blog. E ainda por cima!, nos fala sobre Sobral Pinto e arremata (com chave de ouro!) com Hermeto Paschoal...Muito bom, fui a alguns shows dele em sampa, ele é simplesmente genial, "o bruxo da música"!
Já estás saindo em férias, não é?
Pois aproveite bastante, viu?
Um grande beijo

Patricia disse...

magnífica exposición, querida amiga!! he aprendido muchas cosas contigo, gracias!
feliz 2011, mis mejores deseos para tí y tus seres queridos!
hasta pronto, un abrazo fuerte!

Isa disse...

Bom Dia,Vanuza!
Que homenagem maravilhosa vc faz!
Que partilha generosa com aqueles que te seguem,com Amizade e carinho!
Que tenha umas Férias Felizes!
Pensarei em si e pedirei bênçãos para esta minha Amiga querida.
Beijo.
isa.

ADiniz disse...

Se pudesse classificar o Mestre Hermeto diria
Iluminista puro reencarnado ( atitude de pensamento e ação, conhecimento critico, engajamento político-social )
e Visionário, pois seus acordes por serem bem complexos causa perplexidade a sensibilidade auditiva ao senso comum, tornando restrito seu publico o que é uma pena, muita oficinas musicais de instrumento orgânico se utilizaram justamente de experimento do Mestre Hermeto Pascoal, descomplicando a ilusão que o som foi criado pelo homem e não pela natureza, ainda que esta natureza seja uma avenida engarrafada com sons de buzinas intercaladas ao sons rádios e vozes, com a iluminação dos faróis de carros e painéis eletrônicos pela cidade, e sobre tudo uma escaleta ocasionando a melodia para o caos.
Bela lembrança.Parabéns

Bjinhos e um bom final de semana em SolM a vc

Vanuza Pantaleão disse...

Rodriguinho, meu amado, você é quem deveria estar aqui falando de todos os escritores do mundo, você sabe tudo!

Mas eu só sei te amar!!!

SAM disse...

Amiga querida,

vim apreciar ainda mais este texto maravilhoso e iluminado, agradecer o seu excelente comentário no Sam ( como sempre), desejar um bom fim de semana e dizer que achei lindoooooo a sua resposta ao comentário do Rodrigo! Bom fim de semana, amiga.

Beijos com carinho para você e toda a família.

reltih disse...

un post super interesante, con un mensahe muy certero
un abrazo

Manuel Luis disse...

Desejo muitas felicidades, amor, saúde, dinheiro e tempo para gasta-lo.
Boas férias, festas felizes.
Beijo

Olhos de mel disse...

Querida Vanuza; não conhecia algumas coisas de história de vida dele, mas gostei muito de saber. Ainda hoje, essa é a realidade de muitos e esse livro retrata com perfeição.
A verdade é que tivemos alguns períodos que me entristecem, mas fazem parte da história do país.
Belo post!
Bom fim de semana! Beijos

Daniel Costa disse...

Vanuza

Com o lançamento de novo livro AMOR NA GUERRA, o tempo tem-me escasseado, e estava a perder esta a leitura do que aqui escreves, sobretudo sobre Graciliano Rmos, de que têm chegado bastantes ecos, mas conhecendo tão pouco da personalidade. Por isso acabei por reler o teu belíssimo texto. Senti-o importante para o meu cervo de conhecimentos.
Também aproveitei a leitura sobre o músico Hermeto Pascaal, de que nada cohecia.
O teu poste, em duas palavras; foi-me importante.
Depois gostaria de convidar-te a ires ver o lançamento do "Amor na Guerra" e a apresentação de Mariazita, uma belissima colega, com me parece não seres comentadora. Gostaria de falar-te, ainda no ENCONTROS LUSO-BRASILEIRO DE POESIA, cada vez com mais tendências nordestinas.
Grato
Beijos

Graça Pereira disse...

Minha Querida
No meu país que falta faz um GRACILIANO RAMOS...um país onde a fome é já uma realidade para milhões, enquanto o governo rouba á descarada... Estive de manhã no voluntariado( volto para lá daqui a pouco...) vamos juntando migalhas e esticando para que dê para mais um punhado...até quando??
Mandei-te um email mas...o meu "correio" não é de confiança...terá chegado?
E a tua postagem termina com chave de ouro: música e da boa!!
Mil beijos
Graça

Fa menor disse...

Sempre boas recolhas.

Fernanda disse...

Minha querida Vanuza!

Sempre surpreendente nas tuas escolhas.
Realmente quanta honra...
" minha mãe recebeu seus vestidos das mãos de um dos maiores escritores do mundo e eu apertei a mão do melhor e mais generoso jurista de todos os tempos e um ciclo se fechou. Fui uma privilegiada e não sabia."

Assim se fazem os homens que fazem a História e a engrandecem.

Hoje em dia, sabes de alguém que sendo de origem "humilde" e "honesto" chegue a ter um lugar de destaque?
Não!
Antes de seres considerada gente, tens que ser de boa família, ter um canudo ou mais, e seres do partido X ou Z.
Os antifascistas, aí como cá, sofreram agruras e muitos deles pereceram nas celas imundas, inundadas e pejadas de ratos. Morreram dos maus tratos e à mingua de um pedaço de pão.

Abençoados esses homens e mulheres que lutaram pela nossa liberdade e direitos.

Lamentavelmente, estamos, em Portugal, na iminência de perder quase todos esses direitos conquistados a pulso ao longo de tantos anos por esses seres extraordinários.
Eu nem quero crer!

Amiga, amanhã venho ler sobre o teu músico.
Beijos, no plural para os meus amados:)))

Malu disse...

Vanuza, estou aqui pela primeira vez e já saio com os olhos cheios d'água por tanta coisa emocionante que pude encontrar por aqui.
Abraço!
Estou a te seguir...

Malu disse...

Vanuza, querida, tem sim a direita do blog o link de seguidores e muito me honra você em minhas páginas.

citadinokane disse...

Vanuza,
O post que acabei de ler, um dos melhores, bom mesmo!
Graciliano... um brasileiro inesquecível.
Obrigado!
abs,
Pedro

Manuel Luis disse...

Uma homenagem como merece, e é por isso que vai entrar um beija flor na tua janela e dar um beijo no ibisco amarelo.
Grato por se juntar ao meu cantinho.
Boas festas.

Marcos Antônio disse...

Vendo você escrever das maravilhas do mestre Graça, mais alegro-me por ter nascido nesta cidade tão pequena, porém maravilhosa que é Palmeira dos Índios. Quando vir a Palmeira pode entrar em contato comigo para vermos a Casa Museu Graciliano Ramos, marcosoliveira.ilpisa@hotmail.com

Abraços,

Marcos Antonio

DarkViolet disse...

Recordar a vida dos Seres é uma forma de magia única. Perpetuar as coisas boas que foram oferecidas e navegar através delas até onde o Ser consiga suspirar

O Árabe disse...

Belas escolhas! Gostei muito de aprender mais sobre Graciliano. :) Obrigado e boa semana.

Maria Letra disse...

Que bom estes minutos que passei a ler estes dois textos tão bem elaborados.
Tenho pena de não ter visto o filme, mas procurarei ver, buscando onde comprá-lo.
Estes exemplos DEVEM ser tornados públicos, sobretudo para os que pensam que, por dá cá aquela palha, são celebridades, quando as maiores celebridades escondem-se por detrás dum véu repleto de humildade e saber.
Bem haja, minha sempre querida Vanuza, mesmo quando estou ausente por algum tempo. Admiro-a muito.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Vanuza querida!

Esta sua universidade tem me dado aulas brilhantes...e o jeito todo seu de escrever...a gente a reconhece na primeira frase!

Maravilha de post reverenciando o que é nosso e que nem sempre damos o devido valor!

Excelente Natal e que em 2011(e não é que cheguei até aqui?)estejamos todos juntos por este universo!

Um beijo e meu carinho imenso!

Sonia Regina.

Olhos de mel disse...

Querida Vanuza; por mais que mudem os administradores do país, não muda essa realidade. Melhora, mas não quanto, precisamos.
Boa semana! Beijos

O Árabe disse...

Boa semana, amiga. Aguardamos sua volta e o novo post. :)

Angela Reis (Luna Luz) disse...

Um post maravilhoso! Sempre a nos enriquecer... Gosto de Graciliano, é um grande escritor. To saindo de férias, desejo-lhe um feliz natal e um ano novo de paz e amor. Deus te abençoe! =*

Um abraço forte!

Meu carinho! bjo

Graça Pereira disse...

Passei para matar saudades,minha querida e, desejar-te um Santo e Feliz Natal e um Ano Novo repleto de sonhos realizados, votos extensivos a toda a família.
Beijocas e tudo de bom.
Graça

Alma Inquieta disse...

Olá Vanuza,

adorei o teu post, como sempre!

Amiga, tenho saudades de ti...

Um beijo.

Espero que estejas bem.

Arnoldo Pimentel disse...

Tem selos de presente pra você no meu blog, passe lá e pegue quantos desejar
HTTP://ventosnaprimavera.blogspot.com

cristinasiqueira disse...

Oi Vanuza ,

Quando por aqui passo me alongo em deleite,saboreio a leitura e as fotos.
Mais,a sua vida e família.
Que delícia os pormenores da história ,os esbarrões do caminho.

Feliz natal à você que me faz muito feliz!

Beijos,


Cris

Olavo disse...

Uma bela historia..
Vidas secas..tenho guardado e releio sempre.
Beijos

Olhos de mel disse...

Querida amiga; passei pra saber de você e desejar que sua semana seja de realizações, saúde e paz.
Beijos

Daniel Costa disse...

Vanuza

Como ainda não tinha havido novos sinais, vim dar uma espreitadela no teu blog, parece que já vens desejar bom Natal, Creio que fico esclarecido.
Beijos

Bill Falcão disse...

Tudo gente boa, Vanuza. Cada um na sua área soube fazer sua obra-prima.
Bjoo!!

Olhos de mel disse...

Querida Vanuza; aproveite bastante e volte com toda força. Você faz falta aos amigos. Mas aproveite, todos temos direito a nossos momentos.
FELIZ NATAL! Boa semana! Beijos

O Árabe disse...

Feliz Natal... e volte logo! :)

nacasadorau disse...

Minha querida amiga Vanuza e filhote Guilherme!

Feliz Natal!

Deve ser maravilhoso estar aí agora ao sol... no bem bom...
Aqui está um frio de rachar :(

Beijão a ambos.


Natal, Hoje!


Todos dizem com certeza
Absoluta,
Tocante e rasante
Que o Natal já não é
O que era dantes.
Perdeu o sentido
Ganhou mais cor;
Perdeu intimidade
Ganhou vermelho e Pai Natal;
Perdeu celebração de Jesus
Ganhou o incenso do tempo,
A mirra das vontades
E o ouro nas relações…
Todos os dizem
Mas eu, que sei?


2010
Maria José Areal

Tod(as) palavras disse...

um post essencial à Cultura e sempre é importante Graciliano por tudo e pelo que ainda será qdo as novas gerações o conhecerem. deixo meu abraço carinhoso e o desejo de muita felicidade nesses dias de Natal e fim e novo ano, mas sobretudo que sejam eles assim todos os dias sempre.

SAM disse...

Querida amiga,

Natal Feliz junto aos que ama.


Beijos nossos.

Eva disse...

Amiga, que tenhas um Santo e Feliz Natal na companhia dos que te são mais queridos.
E que o Novo Ano vos cumule de bençãos.

AugustoMaio disse...

Votos de um Natal maravilhoso e cheio de Paz.

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Um santo e feliz Natal para ti e todos os teus. Que 2011 venha cheio de paz e amor e que possamos continuar a ver florir a nossa Amizade!
Beijos carinhosos.
Volto em Janeiro.
Graça

Lilá(s) disse...

♫♫♫ Um Feliz Natal!!!

...............¨♥*✫♥,
.........,•✯´.........´*✫
.......♥*................ __/\__
.......*♥............… ..*-:¦:-*
...¸.•✫.............……/.•*•.\
...~`,`~.................. |
¸....✫................... *•*
´¸...*♥..´¸...........*♥♫♥*
´¸¸♥*................✯•♫•♥•*
´¸.•✫ .............. *♥•♫•♫♥*
~`,`~............. ✯♥•♦♫♥•♥*.
`.✫`.............. *♥☺♥•♥•☺♥*.
●/................✯♥•♥♠♫♥#♥•♥*..
/▌................*♥♫•♥♫•♥♫♥•♫♥*
/ \....................... ╬╬╬╬.

BEIJINHOS

* Maria Edméia * disse...

*Querida VANUZA !!! *

* Vim aqui para TE

AGRADECER a tua amizade para

comigo nesta LINDA *Blogosfera e

para TE DESEJAR um ano de *2011

com SAÚDE e SUCESSO em todos os

teus empreendimentos + momentos

de PURA ALEGRIA ao lado de todos

os teus entes queridos !!!

*Fiques com Deus.

*Abraço forte.

P.S. - *Por favor, dê um abraço

no teu filho *Guilherme por mim;

tá ?!

* Maria Edméia * disse...

*Vanuza, sei que Graciliano Ramos

é O ESCRITOR !!! No entanto, não

sou fã dele não !!! (*Li "Vidas

Sêcas" porque fui obrigada e ...

de-tes-tei !!! *Deus me

livre !!!). Aliás, hoje eu ODEIO

muitas coisas que fui OBRIGADA

a fazer na minha ADOLESCÊNCIA !!!

(*Papai , às vezes, era DITADOR,

CRUEL !!! Essa é a VERDADE !!!).

* Maria Edméia * disse...

*Vanuza, sinceramente, APRENDO

MUITO contigo !!! Você me

proporciona DELICIOSAS AULAS de

LITERATURA e ARTE !!! *Muito

obrigada !!!

*Garota, ter uma *Mãe que fazia

vestidos com tecidos comprados na

loja de *Graciliano Ramos e ter

apertado a mão de um dos maiores

JURISTAS do *Brasil, SOBRAL PINTO,

realmente, é um PRIVILÉGIO !!!

*Parabéns !!!

*Vanuza, preciso comprar um

CD do Hermeto Paschoal !!! (*Sei

que ele é O MÚSICO !!! Ouvi

algumas músicas tocadas por ele

na minha época da faculdade !!!

Época que eu não era "MONGOL !!!"

Depois ... fui ser professora numa

esoola pública do estado de SP;

fui trabalhar para SOBREviver e ...

acabou a minha vida BOA de

verdade !!! *É isso.)

Olhos de mel disse...

Querida Vanuza; que 2011 seja um ano de muitas realizações, saúde, paz e prosperidade!
Obrigada por sua copanhia em 2010.
Beijos

Lilá(s) disse...

Passando para desejar um Feliz 2011,com muita Saúde,Paz e Amor.
Beijinhos

Aprendiz disse...

Van, querida... saudades! Como que andam as coisas, amiga?! Espero que tudo bem e em paz, no ritmo da vontade de Deus.
Mandei o livro, já deve ter chego até aí =) Por aqui, estou de volta no Memórias Oníricas, por hora =)

Desejo um ótimo ano a você, Guilherme e Rodrigo, que tudo se renove em vocês e que aquilo que é bom cresça e persevere.

Um bj no coração e fiquemos sempre perto de Deus!

Aprendiz disse...

ahhh, a 'aprendiz' aqui é a Drika, vissi?! =))

Beautiful Stranger disse...

Querida Amiga, depois de algum tempo afastado do Blog, voltei e fiquei encantado ao ver que não me esqueceu, que apesar dessa ausência ainda estava presente com meus amigos. Foram dias para resolve algumas coisas, mas agora acho que grande parte já esta encaminhada. Agradeço seu carinho e aproveito para lhe desejar um 2011, melhor que 2010, tenho certeza que continuará sendo essa pessoa verdadeira, com a qual me identifico e compartilho um pouco dos meus pensamentos.

Grande Beijo,

Beautiful Stranger
strangerbeautiful.blogspot.com

ANA PAULA disse...

Querida amiga
FELIZ 2011 !!!!!!!!
Todos os teus desejos se realizem neste novo ano com muito amor, saude e muita paz.
Muitas bjkinhas

Arnoldo Pimentel disse...

Oi amiga, feliz ano pra você e sua família.Tem selos pra você no meu blog
http://ventosnaprimavera.blogspot.com
Beijos

Olhos de mel disse...

Querida Vanuza; aproveite tudo que a vida lhe oferecer; em cada dia o que aparecer e volte cheia de novidades!
Boas férias! Beijos

Daniel Costa disse...

Vanuza

Espero e desejo o teu contacto, enquanto isto, a amizade neste 2011continua firme.
Beijos

Daniel Costa disse...

Querida Vanuza

O teu mail está no PC de mesa que nem por nada abre esta tarde, há um motivo para te agradecer. Entretanto o PC abriu depois do jantar, vá-se lá entender estas máquinas!
Mas deixo o Mail, também é bom: fozmiguel@hotmail.com
Vou tentar falar lá.
Beijos amiga