quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Uma questão de perspectiva

Na complexidade do destino, aquele morro verde encheu-me o olhar
E o caminho nunca foi tão reto e sem fim, assim como o vento
que foi sendo engolido pela janela aberta por nuvens translúcidas
Fluidas
Ali também estava a antena de TV, imponente, sorvendo imagens
do éter
Duas pessoas no terraço do prédio distante, pareciam-me
tão perto e palpáveis, quase me enganaram
Sei que a mão de Deus não pousou em mim que eu sentisse
E se as pessoas fossem finas como folhas de papel?
Uma simples questão de perspectiva,
e abriu-se o portal da poesia em mim,
Pensar que foi tudo assim,
De repente, sem nenhum sentido preciso
preciso ser imprecisa...

23 comentários:

isa disse...

A Arte,seja ela qual for,ñ se explica!
Brota no coração da gente.Quase de
repente...
Beijo.
isa.

Rodrigo disse...

Fechamos os olhos e enxergamos a essência das coisas.
Por trás de cada ato da natureza, existe a poética divina.
Invisíveis mãos que nos tocam, criam uma doce beleza que ignoramos...

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia minha querida !
Fiquei feliz por ter vc como um dos meus seguidores,foi um dos motivos para atingir 300 seguidores.A festa foi grande e ainda está rolando por lá,por isso que não tinha passado por aqui antes.
Perspectivas da vida nos mostra e demostra que a vida é um eco,quando não estamos gostando de alguma coisa,temos que ver o som que estamos emitindo para não ser imprecisa diante da vida ...
Bjs de luz pra ti amiga carinho !!!!!

Everson Russo disse...

Na verdade os caminhos nunca foram fáceis na vida,,,temos que ter forças...beijos amiga e um bom final de semana pra ti.

cirandeira disse...

Às vezes somos tão leves, tão finas
como uma folha de papel, que nos transfundimos e nos tornamos palavras, tu, vem se tornando uma poeta!!!

beijoss

Everson Russo disse...

Um belo sábado pra ti minha amiga,,,beijos poesias e flores...

Daniel Costa disse...

Querida Vanuza

Do impreciso,olhando a imagem, na tua mente germinou a precisão, a demonstrar o teu potencial, de prosadora poética.
Beijos de amizade

Eva disse...

Que bom ler os teus textos.
São sempre temas que nos fazem refletir.
À semelhança de João lutemos connosco mesmos para merecer a nova Jerusalém e sermos também parte integrante da poesia da vida.
Bjsss

O Árabe disse...

São muitas as vezes em que precisamos ser imprecisos. E dessas ocasiões nascem os mais belos textos. :) Boa semana, amiga!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

As palavras fluem de dentro da nossa alma e assim nasce a poesia.Lindo sempre ler-te.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Olhos de mel disse...

Amiga querida; imprecisa, ou não, acabou por escrever um poema maravilhoso! Deus toca a alma das pessoas sim. E através da alma é que sentimos.
Lindo minha amiga! Amei!
Uma semana abençoada e plena em saúde, realizações, paz e amor
Beijos meus e de seu netinho.


Everson Russo disse...

Um dia repleto de paz pra ti minha amiga,,,beijos.

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti minha amiga,,,beijos.

Benno disse...

Gosto muito também do que escreves :) Ando meio assim, sem tempo e sem inspiração. Beijos

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti minha amiga...beijos.

Benno disse...

Seus comentários são sempre bem-vindos. Fique a vontade.

Everson Russo disse...

Um lindo dia pra ti minha amiga querida é ótimo final de semana.,,,beijos e flores...

Everson Russo disse...

Um excelente sábado pra ti minha amiga,,,beijos.

Olhos de mel disse...

Querida Vanuza; a poesia está em toda parte, em todo lugar, basta que apuremos os sentidos e nos deixemos levar pela emoção...
Lindo post, amiga!
Beijinhos a essa vovozinha querida do Arthurzinho e um domingo cheio de saúde, amor e realizações! Beijos

Sherazade disse...

Amiga querida; muitas vezes a perspectiva nos dá uma visão imprecisa. As vezes ela nos dá uma visão irreal, mas o fato é que dela você pode fazer algumas observações e concluir de uma forma poética maravilhosa.
Boa semana, amiga querida! Beijos

O Árabe disse...

Aguardo o próximo post, Vanuza. Boa semana!

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Na vida, é tudo uma questão de perspectiva ou de querer! Vemos o que queremos e ouvimos o que nos sabe bem...
Soube bem à minha alma conhecer este teu lado de Poesia...transparente mas não invisível, ficou em mim. Obrigada!
Perdoa o meu silêncio, não tenho visitado os amigos e não me apetece escrever...fui até buscar um texto que escrevi quando tinha 17 anos... Rasei uma depressão, onde entro sempre quando o frio chega. Há uns dias voltou o sol...e há já um perfume de primavera que chega para o mês...Talvez este facto me tenha animado e comecei a visitar os amigos...Lentamente, como se pede a quem esteve numa autêntica hibernação...Há-de passar!
Mil beijos e uma boa semana.
Graça

O Sibarita disse...

Pois é, né? A perspectiva... kkkkk

É assim que muitos erros acontecem. Questão de perspectiva, repare... kkkkk

Porreta seu texto!

Ei dei uma sumida, mas, já estou de volta, e como foi de carnaval?

O Sibarita