quarta-feira, 29 de junho de 2011

Versos em D de Diva

César Costa Filho, o nosso Cesinha, compositor e intérprete mais sutil e discreto da MPB, totalmente avesso às luzes dos refletores - afastou-se cedo e por completo da vida artística - compôs e cantou, entre muitos sucessos da década de 70, uma música bastante original e de uma ternura ímpar. Diva seria uma variante da palavra vida com algumas aliterações no conteúdo do poema? Bem, problemas para os gramáticos de plantão. A Poesia de Diva parece-me levemente erotizada, mas exalta a multiplicidade da psicologia feminina e, por consequência, da própria vida.O romantismo, essa idealização da mulher amada, não me parece tão marcante. Todos os seus versos incluem a letra "d". Observem e vejam que estrutura poética e melódica esse artista e estudioso(cursou a faculdade de Letras) legou para a posteridade. Lindo! Genial! Inspiração em estado puro.
DIVA

Diva
Trouxeste a vida e a vida te levou
Deixando em vão um devaneio

Triste dia
Chovia e Diva te dividias
Devagar
Mulher e nuvem
Diva
Te devo a vida e a vida deve a mim
A tua voz que me implorava amor
Eu ouvia
Te dava e Diva
Não duvidavas que eras dívida e dádiva
Diva
A vida é dádiva, é divída, é devaneio
A vida me deve Diva...ôoooooo
Quero Diva de novo num dia de chuva
Diva
Sei que a vida é dividir, duvidar
Diva
Divina nuvem dividida
Ô Diva
Divina Nuvem dividida
Diva



42 comentários:

isa disse...

Lindo mesmo!
Simples e belo!
Beijo.
isa.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Vanuza
Completamente lindo. Quem sabe , sabe, e isso é para poucos. Amei.
Bjux

Carla Fernanda disse...

Linda música realmente Vanuza!!
Beijos e boa noite,
Carla
;D

lita duarte disse...

Oi, Vanuza.

Que beleza!

Bjos.

Elaine Crespo disse...

Olá Vanuza!

Boa noite!

Não conhecia ele nem esta música. Realmente muito bonita e sensível. Vou posta-la nestes dias posso?

Quanto a Novela gosto muito dela, mas a menina dos meus olhos foi a primeira que escrevi "Paixão por Acaso", acho por que foi a primeira experiência.
O Link: http://paixaoemparis.blogspot.com/
Ela é ambientada em Paris ! :D

Um beijo grande da amiga,
Elaine Crespo

cirandeira disse...

Van, que coisa incrível! Que resgate fizeste, há quanto tempo
não ouvíamos nada a respeito de César Costa Filho! Ele realmente
é de uma ternura, até a voz é macia...
Obrigada por nos fazer voltar no tempo.

Beijos, querida

Rodrigo disse...

Música lindíssima e de sensibilidade apurada.
Apesar de sua exaltação a "Diva" durante boa parte da canção, percebemos uma itensa tristeza nos
versos " Mulher e nuvem
Diva/ Te devo a vida e a vida deve a mim".
Nestes versos notamos que vida lhe
"roubou" a Diva, interrompendo uma amor que sobrevive na memória do artista e nesta intensa canção.

Mirtes disse...

Vanuza, minha linda!

Confesso que não conhecia esse excelente compositor (Carioca heim!), pesquisando descobri que ele teve grandes intérpretes como Elis Regina, Maysa,Eliana Pittiman e outros.

Você é realmente bastante eclética no gosto musical, DIVA foi uma linda escolha.

Beijos no coração.

Elaine Crespo disse...

Oi Vanusa!

Bom dia!!

Passai o link anterior. Desculpa a minha falha!! (risos)

O link do Blog com a Novela Paixão por Acaso:

http://paixaoporacaso.blogspot.com/

Agora vai!!

Beijos e beijos!

Elaine Crespo

Vanuza Pantaleão disse...

Rô, meu amor,
Será que foi um relacionamento interrompido mesmo?
Cesinha, em uma das suas poucas entrevistas, dizia que dormia com o gravador do lado da cama e quando acordava com algo na cabeça ia lá e gravava.
Teria sido a Diva um amor imaginário?
Nunca saberemos, a não ser que o autor apareça aqui para exolicá-lo, coisa que acho bem difícil.
Enfim, é uma obra poética de muitos méritos.
Brigaduuuu pela força, amore!!!

Elaine Crespo disse...

Vanuza!

Que bom que gostou!Me deixa muito feliz, principalmente vindo uma pessoa culta e inteligente como você. Não sei o que aconteceu com o acesso aos comentários, simplesmente sumiu(risos).
Como disse anteriormente, não me acho escritora só escrevo meu garranchos!(mais risos)!
Gostaria muito de ser uma grande escritora "Sonho"!!

Uma linda tarde!

Beijos
Elaine Crespo

RELTIH disse...

BELLISIMA INTERPRETACIÓN DE LA MUJER.
UN ABRAZO

Elaine Crespo disse...

Você analisa pelo coração.Mas um dia eu chego lá e quero te ver na minha tarde de autógrafos. (risadas)!Adoro você!! *-*

Consertei lá o acesso ao comentário e vou colar os teus lá,certo?

Um beijos grande!!
Elaine

Patricia disse...

querida amiga, preciosa letra, llena de poesía y sentimiento.

tu casa está cada vez más acogedora!

un abrazo desde mi corazón al tuyo!

Isac Carvalho disse...

Agora eu sei por que informática não é sua praia. Você prefere a música. hehehe

estou te seguindo também!

bjus e até mais!

Elaine Crespo disse...

Boa Noite Vanuza!

Um Maravilhoso fim de semana pra você junto com os seus.

Elizabhet é o meu personagem favorito. Estaé minha novela do coração!

Um beijo
Elaine Crespo

Aracy Crespo disse...

Vanuza!!

Como te confessou a Mirtes, eu também não o conhecia, que pena, pois deixei de apreciar um grande compositor, mas, você me deu a valiosa dica. "DIVA" magnifica canção poética....

Deus te proteja e muitos beijos no coração.

Graça Pereira disse...

A poesia é ...divina, a música e a voz, uma doçura!
Ao ler estes versos , não sei porquê, lembrei-me de Marlyn Monroe...a Diva que era dádiva e dívida, na vida dos homens.Conheço , verdadeiramente, poucas Divas mas, acredito que cada homem crie no seu coração, uma Diva muito sua...afinal, nós mulheres, não temos um príncipe encantado?...que ele não se transforme em sapo!!
Olha, estive a ver a transmissão do casamento de Alberto (Mónaco) e Charlene...Ela ia linda mas achei uma noiva triste...será que o sapo está aparecendo??
Mil beijocas.
Graça

Daniel Costa disse...

Vanuza

Passar por aqui, é arantia absoluto de aprender mais um pouco, pelo menos para quem nasceu e vive a norte do Cruzeiro do Sul, como me acontece. Mesmo com,ou por via, do meu abrasileiramento.
Desconhecia o Cesinha e na gostosa composçião!...
Porque, finalmente. postei novo capitulo de MISTÉRIO DO CASAL FOZ, gostaria de convdar-te a passar.
Beijos minha boa amiga.

Malu disse...

Muito bem lembrado e de muito bom gosto e requinte!
Abraços, minha amiga!!!!

O Árabe disse...

Eu não conhecia... mas, realmente, é ótima! :) Boa semana, Vanuza.

Guilherme Pantaleão disse...

Não é papo de filho, mas esse post está ótimo. Essa música faz um jogo de palavras fora de série. Gostei muito.

Fa menor disse...

Boa recolha!

Vanuza Pantaleão disse...

Eu acho que ela quis dizer boa escolha [risos].

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Vanuza
Linda a música, bem calma!!!
"Sei que a vida é dividir"...
Partilhar o amor com todos e ser mais feliz...
Bjs de paz

Isac Carvalho disse...

Senti saudades!

bjusss

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Olé!!

Há qt tempo.... tudo bem Vanuza?
Preciso de uma ajuda blogueira!! Tenho um texto em concurso e preciso de imensos votos para poder ir a júri! Gostava que pudesse ler e votar, e divulgar! É necessário fazer um login no site que pode ser com o facebook ou pelo email, e depois votar uma vez por dia...

http://www.conteconnosco.com/trabalho-detalhe.php?id=760

Desculpa a ousadia e obrigada pela ajuda!

beijinhos

selma disse...

Oi amiga obrigada por visitar meu kantinho e ser seguidora pegou o selinho,se quiser ofereço com muito carinho,beijo.

Isac Carvalho disse...

Vanu obrigado pelos elogios!

Agradeço pela sua presença, apesar do pouco tempo que você tem. Mas sempre que der,da uma esticadinha aqui tá. rsrs

bjusss Vanu!

Canto da Boca disse...

Do jeito que eu sou uma apaixonada por aliteração, a música me tomou em cheio!

Um beijo cheio de carinho, Vanuza, e desejos de um ótimo final de semana!

;)

Isac Carvalho disse...

É isso aÊ! Vanu! Sem deixar a peteca cair. rsrs
Quem dera o Rio Tietê ficasse como o Rio Pinheiros né?

Bom fim de semana pra você!


beijoss

SAM disse...

Amiga querida,

Que maravilha a letra e música e o texto captado por sua extrema sensibilidade. Amei! Obrigada por deixar meu dia mais feliz!


Beijos com carinho e um feliz fim de semana Van.

Daniel Costa disse...

Vanuza amiga

Passo, porque te devo convidar a passar ao meu blog POEMAS MILAGRE e linkar o selo, comemorativo de 50.000, visitas ao blog, que postei para oferecer.
Beijos querida

Sérgio Luyz Rocha disse...

Gosto muito da dinâmica que vc. imprime ao seu blog. Os temas variados que aborda é certeza absoluta de "boas viagens" e bons comentários.
Não ouvia a música do César Costa Filho há muito tempo, e na verdade, conheço pouco do trabalho dele. Desse pouco, sinto uns ares de Taiguara menos politizado, não sei...
A construção da letra "Diva" peca pela ausência de formalismo, não sei se me farei entender, mas a aliteração exige que as tônicas sejam enfatizadas num jogo ritmico que sugere a rima mesmo que ela não aconteça...
Mas é isso. Valeu pela lembrança desse compositor...vou procurar ouví-lo mais.
Bjs, Vanuza...ótimo domingo!

Olhos de mel disse...

´Querida Vanuza; belo post! Com certeza fazendo uma bela homenagem! Os versos são maravilhosos e o erotismo acho que dá a verdadeira dimensão do que ele quer dizer. E dá um efeito danado. O erotico faz parte da vida do ser humano. E como é importante, viu?
Boa semana! Beijos

O Árabe disse...

Aguardo o novo post, amiga. :) Boa semana!

Aracy Crespo disse...

Passando para deixar um beijo com muito carinho....

Fica com Deus.

Carla Fernanda disse...

Boa noite querida!
Beijos,
Carla

Arthur de Araújo disse...

Esse artista participou com empenho na luta pela redemocratização do Brasil, assim como Taiguara e muitos artistas da época. Acrescento ainda que o conheci pessoalmente e era uma pessoa tranquila e jovial.

Homenagem mais do que merecida.

Daniel Costa disse...

Vanuza

Queria deixar aqui registada a passagem pelo meu post e agradecera, mais uma vez a amizade. Inequívoca amizade que muito prezo. Fico até sem jeito de ser mais exuberante.
Beijos querida amiga

Shirley de Almeida disse...

Eu ouviria essa música dia e noite sem parar. Gostei, amiga!

eva disse...

Vanuza, fui agora postar o texto de hoje e fiquei em estado de choque quando vi teu comentário. Mas acho que mereço. Peço todas as desculpas do mundo por meu silêncio mas não tenho respondido a ninguém. Você tem razão. Parece que estou zangada com todo o mundo mas não estou. Estou é a fechar todos os meus trabalhos até ao fim do mês e estou a trabalhar como doida todo o dia e parte da noite (aqui é quase 1:30 da noite, neste momento). Peço que me perdoe o silêncio mas como podia estar zangada com você? Como se você é das pessoas mais bonitas que falam comigo? Nunca pense isso de mim, amiga. E quando chamo amiga é porque considero como tal. Não é da boca pra fora, não. Me perdoa por te ter levado a pensar que houve alguma coisa de errado. Bem, errado houve mesmo mas foi minha falta de educação. Não sei mais que dizer.
Namastê!