domingo, 13 de julho de 2008

OS 100 ANOS DE GUIMARÃES ROSA

GUIMARÃES: DIADORIM E A ROSA

BRUNA LOMBARDI: COMO DIADORIM

ANAYDE BEIRIZ: INTELECTUAL PARAIBANA

ANA NERI: A PRIMEIRA ENFERMEIRA

MARIA QUITÉRIA DE JESUS: PRIMEIRA "SOLDADO" DO EXÉRCITO

GUIMARÃES ROSA... DIADORIM >DEDICO À AMIGA RENATA PARREIRA CORDEIRO

Guimarães Rosa fez cem anos e nessas andanças pelos " sertões virtuais ", ainda não vi nada que o ressaltasse. Vou ousar! Porém, sem arroubos literários, não sou dessas aventuras.
Daí, por ser mulher, peguei-me a pensar em DIADORIM que entrou para a jagunçada a fim de vinganças paternais. E veio RIOBALDO, seu companheiro de lutas e confidências, mas com a alma em conflitos inconfessáveis.
"GRANDE SERTÃO:VEREDAS", cresce pela voz de RIOBALDO a um interlocutor atento e quase mudo, tudo isso para, ao final, ser revelado o intrigante segredo:
DIADORIM ERA MULHER!
Se percorrermos histórias desses brasis e sertões encontraremos outras "diadorins", assim como: MARIA QUITÉRIA DE JESUS, "soldado" do exército brasileiro, lutando pela Independência no Recôncavo Baiano; ANA NERI, a enfermeira que serviu também ao exército por cinco anos e mais a paraibana ANAYDE BEIRIZ, mulher e Poeta que desafiou a aristocracia nordestina e, óbvio, suicidou-se.
E o que é lembrar da "ROSA DE GUIMARÃES"? Neologismos? Sua vida de médico nas Minas Gerais? Seu medo de ser um acadêmico? E esse temor se concretizou, pois sendo extremamente místico, já pressentia sua morte quando vestisse o famoso fardão... Dito e feito, vestiu e morreu!
Lembrar que "O ROSA DO BRASIL" fez do sertão o universo de todos nós, porque tanto é torturante quanto mágico, caminhar pelo chão de Guimarães como ver nascer Riobaldos e Diadorins a cada dia.

GUIMARÃES ROSA: COM O FARDÃO DA ABL


GUIMARÃES, PELOS SERTÕES


50 ANOS DE "GRANDE SERTÃO:VEREDAS"

"VIVER É MUITO PERIGOSO...QUERER O BEM COM DEMAIS FORÇA DE INCERTO JEITO, PODE JÁ ESTAR SENDO SE QUERENDO O MAL POR PRINCIPIAR"

ROSA PARA UMA ROSA CHAMADA RENATA!


-------------------------------------------------XXX-----------------------------------------------------

AO JOÃO DE TODAS AS FLORES:

100 comentários:

Rodrigo disse...

Que saudade daquele sertão, onde o mito da alma do sertanejo era revelada em geniais capítulos pelo mestre, Guimarães. O mito não acabou, mas encolheu-se, diante da imaginação tão pouco fértil de nossos conteporãneos. Grande homenagem!

JORGINHO NUNES disse...

OUTRA GRANDE HOMENAGEM!OH BRASIL SEM MEMÓRIA.PARABÉNS, MAIS UMA VEZ.

JADY ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Vanuza:
Está ótima a sua matéria. Mas como vc quer pôr-me como Diadorim? Vc pode pôr, basta falar-me como. Um desenho, uma foto, uma citação?
beijos,
R~e

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Sempre ponho um clip nas minhas postagens, não sei se é do seu agrado, mas a música Rosas da Ana Carolina não ficaria mal (não sei se estou dando o maior fora). Pego o link no youtube.
Bj,

Adriano disse...

Uma extraordinária e merececida Homenagem àquele que engrandeceu e alça a nossa pátria às alturas dos grandes escritores de todos os tempos e aproveitaste o "gancho" de Diadorim e outras mulheres de valor para tornar tua matéria mais atraente.Tua força te guiará!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Obrigada pela dedicatória, Vanuza. Quando eu tinha 16 anos, todos nos achavam muito parecidas. Ela é 10 anos mais velha do que eu e continua bonita, assim como eu (convencida) era antes dos 37 quilos. Vou ver se consigo colá-la.
Um beijo e me sinto muito honrada pela homenagem, porque essa dedicatória é uma verdadeira homenagem.
Um beijo,
R~e

titofarpas disse...

Passei por aqui e adorei o blog...
Parabéns e felicidades

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Linda, que rosa mais linda! Vanuza, vc é demais! Vá ver como ficou, um post pós-moderno, mas muito bonito. Já sei que vc vai ser minha amiga eterna. Vou pôr o link da Música da Ana carolina no meu post.
Beijo, querida,

E vou pôr uma foto minha mais parecida com ela

JADY ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
intimidades disse...

brilhante simplesmetnes brilhate

Crisfonseca disse...

Olá Vanuza,
Parabéns pela postagem, perfeita, Guimarães Rosa. Meu Deus como gosto do Sertão Veredas, bela postagem.
Beijos,
Cris

A VOZ DA FLORESTA disse...

Já disseram: brilhante! E acrescento, com um estilo só seu, inigualável.Diadorim também é você!

Rita de Cássia disse...

Diadorins e Riobaldos, Romeus e Julietas do sertão de muitos mistérios.Guimarães precisa ser lembrado para o nosso benefício próprio.

Pofessor Fernando disse...

Neologismos criados com apuro e dedicação, sem leviandades.

O Trovador disse...

O trovador maior de todos os sertanejos, místico era e somente as mulheres guerreiras merecem cantos e versos.Você soube escolher...

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oi, Vanuza,
tudo bom? Dormi maravilhosamente bem, acho que estou ficando boa!
Vc riu de eu ter posto o endereço do teu blog. mas tem que pôr porque o teu blog é bom, as pessoas podem aprender aqui. Aqui tem cada blog, credo!
Um beijo, querida,

.paulo ' disse...

Grandes mulheres ...
Grandes figuras Brasileiras ! =D*

adoooro passar pelo seu blog,
ele eh sempre tão culturalmente
carregadoo.


-''-

beeijooos '

Tony disse...

"Um incerto jeito de dizer" sobre Diadorim te deixa assim, tão querida...

Ribeiro disse...

Anayde, Quitéria e Ana e tantas mulheres destemidas só fazem termos tanto orgulho do Brasil de Guimarães.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Querida Vanuza:
Já almocei e sabe onde vou agora? Ao shopping, mas volto logo. Vou comprar um livro para o meu pai que levou um tombo na rua, se machucou, ando um pouquinho epois volto. Sempre coma Clariana, é claro (até rimou, ah, ah, ah!). Veja o comentário 44 do meu post. Eu nunca sei se o Simão está gozando da minha cara ou se está falando sério.
Um beijo,

Francine Esqueda disse...

Quanta coisa boa...
Parabéns pelo Blog! Adorei descobrir este espaço tão charmoso e caprichado!!! Voltarei!
Abraços e boa semana!!!

ÁRVORES DO SIMAO disse...

Caríssima Vanuza! Hoje é dia de homenagens, 'dia dos santos reis', antes passei pela Renata, havia lá uma homenagem de OBRA LITERÁRIA. Nada melhor poderia ser tão oportuno: Grande Sertão:Veredas - Diadorim à semelhança de Renata Cordeiro, personagens bravíssimas. Pois, se Diadorim é ficção/metáfora, Renata é a Alegoria, a representação fantástica à realidade, a guerreira do bem. A você por lembrar de João Guimarães Rosa -Riobaldo -Diadorim -lembranças do Sertão e trazê-los para nós, muito obrigado. Fico feliz pelas Palmeiras que abanarão agora os ares da mídia.com dos céus.

abraço, simao

Anônimo disse...

Venho sempre, mas não tenho coragem de comentar, mas a sua forma de tratar os grandes temas e vultos é tão natural que nos deixa à vontade.Posso continuar? Nélson Braga

.paulo ' disse...

Não nãao ...
nem queira manerar !
Muito pelo contrario, aumente esse lançado de cultura que é seu blog. Como já disse, sempre é muuuuito gratificante passar aqui.


Boa semana amiiga'

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

RECADINHO PARA NÉLSON E OUTROS MAIS: meus queridos, quando lançamos um texto, uma idéia, ao público em geral, deixamos de deter o poder sobre a mesma. Se eu quisesse isso só para o meu deleite, não distribuiria com vocês. A única "exigência":RESPEITO quanto ao ser humano que sou, tendo em vista que de virtual não tenho nada! Grata por me prestigiarem!

Newton Siqueira disse...

Verdade, Van! De virtual, só a foto, no mais, tens um conteúdo forte, vigoroso e estás prestando um ótimo serviço ao panorama cultural da net. Te parabenizo!

Digo Sim disse...

Acho que era uma Diadorim e não sabia! Esse cara mexe com a nossa cabeça.

zé da silva disse...

Essa maneira coloquial, propositadamente "fácil" de tocar nos monstros sagrados, é isso que me agrada.Guimarães Rosa não pretendia essas reverências, ele e tantos outros pretendiam essa intimidade com o popular, veredas que levam ao nosso povo.

Sérgio Macedo disse...

Coisa que poucos se lembram: ele fazia parte do programa de TV do Flávio Cavalcante.Esse negócio de sacralizar escritor morto é coisa da sub-cultura do Brasil. Já convivi com muitos deles e eram de carne e osso, como nós, ora!

Beautiful Stranger disse...

como me ensina a cada dia, obras 'eternizadas', não há como ignorar essa literatura; felizes aqueles que já apreciaram, ao menos, parte delas...

;)

http://strangerbeautiful.blogspot.com/

Coisas Minhas disse...

Sou uma dona de casa, do lar, como dizem.Mas, procuro me informar e desde mocinha meus pais me ensinaram o valor do saber. Guimarães Rosa foi médico e conhecia o sofrer do povo simples.Agora vou voltar para o meu tricô!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Querida amiga,
devo dizer-lhe que estou muito cansada! Vou do computador para a cama, da cama para o computador, quando não durmo ou tenho que ir ao banheiro. Hj estou com fome o dia inteiro e boa notícia: engordei 1 quilo=38! Quanto, não? Mas eu acho um progresso, de sexta até hj.
Obrigada pelo seu imenso carinho e muitos abraços e beijos da amiga

intimidades disse...

Obrigada pela visita e lindas palavras

eu criei o blog para mostrar que o nosso corpo e algo lindo de que nos deviamos orgulhar, estimar. Esperoo que goste das fotos que la ponho

jokas

Paula

Renata Christina disse...

De Guimarães Rosa em Grande Sertão Veredas separei a seguinte frase: "Coração cresce de todo lado. Coração vige feito riacho colominhando por entre serras e varjas, matas e campinas. Coração mistura amores. Tudo cabe". Lindo não? Belíssima homenagem prestada ao Guimarães e sua amiga Renata. voltarei com mais tempo amiga! Bjs

Antunes Ferreira disse...

LISBOA - PORTUGAL

Olá!
heguei a este blogue através de outros que costumo visitar e neles postar comentários. Cheguei, vi e… gostei. Está bem feito, está comunicativo, está agradável, está bonito – e está bem escrito. Esta é uma deformação profissional de um jornalista, 16 anos Chefe da Redacção do Diário de Notícias (o mais importante cá do burgo...) e dizem que escritor a caminho dos 67…, mas que continua bem- disposto , alegre, piadista e – vivo.

Muito prazer me darias se quisesses visitar o meu blogue e nele deixar comentários. E enviar-me colaboração. Basta um imeile / imilio (criações minhas e preciosas…) e já está. E se o quiseres divulgar a Amiga(o)s, ainda melhor. Tanto o blogue, como o imeile, tá? Muito obrigado

www.travessadoferreira.blogspot.com
ferreihenrique@gmail.com

Queijinhos (rima com beijinhos…)

PS – Estou a trabalhar para fazer do meu blogue um ponto de encontro entre Brasil (que conheço bastante bem) e Portugal e, obviamente, entre as suas gentes

Vieira Calado disse...

Grandes tempos deveriam ter sido esses, os dos sertões!
A natureza no seu puro estado, os grandes espaços, o ar como nunca, puro!
Bjs

um descrente disse...

100 anos depois...100 anos de analfabetismo...100 anos de desnutrição infantil...talvez mais 100 de destruição total de uma cultura que o "outro brasil" prefere não ver.

Jorge Luís disse...

Será que Manuelzão ainda é vivo? Ele foi o único que sobrou e que falava sobre o escritor.

clean disse...

Muito agradecido por se lembrar de mim, inclusive, posso afirmar que você não quer esquecer de ninguém que tenha colaborado para elevar o nível sócio-cultural do nosso povo. Também tento, na minha área, fazer um pouco desse resgate, pois ficar falando só de nós mesmos é como olhar só para o próprio umbigo. Mas, Guimarães Rosa foi e será um Pilar, uma referência da mais elevada importância desse país e aproveito para recordar a Obra do nosso Euclides da Cunha que também se embrenhou por Canudos e de lá nos trouxe a luta dos sertões de Antonio Conselheiro. Valeu mesmo! Gostei do link.

Anderson Meireles disse...

"VIVER É MUITO PERIGOSO...QUERER O BEM COM DEMAIS FORÇA DE INCERTO JEITO, PODE JÁ ESTAR SENDO SE QUERENDO O MAL POR PRINCIPIAR"
Te quero muito bem, porém não faço de incerto jeito tá?
Obrigado por suas visitas sempre carinhosas, vou te linkar agora,
Um abraço!

Helena disse...

Assisti à minissérie, dirigida pelo Avancini (já falecido) e fiquei entusiasmada com o desempenho da Bruna, no papel de Diadorim e Tony Ramos como Riobaldo.Enfim, foi uma das poucas vezes em que a TV se prestou a realizar um trabalho que não jogasse por terra a obra de um escritor.Quem viu, viu!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oi, Vanuza:
Fiz uma nova postagem e a dediquei a vc. Vai lá.
Beijos,

Espaço do João disse...

Não! A rosa e o beija flor para a Renata, foi uma lembrança virtual do Espaço do João. Ela bem merece. Seu sofrimento e dor , pode ser compensado com o perfume das rosas e a beleza do beija flor. A Renata, para mim é uma pessoa muito especial, pois alem de talentosa é também muito querida. É lutadora e, seu apego à vida bem merece apoio pelo menos paliativo. Desejo-lhe as rápidas melhoras. Cumprimentos . jsousa41.blogspot.com

intimidades disse...

ainda temos muito que andar para podermos ser iguais mas femeninas

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Vanuza:
Não achei as tulipas! Mas em compensação, achei duas fadinhas que são um encanto. Nem preciso dizer que as roubei. Depois vc me fala onde estão as tulipas.
Bj,
R~e

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Beijos, boa noite, querida. Já jantei, demoro a dormir de vez, mas agora vou tirar uma soneca, pois estou cansada,

blog do dudu santos disse...

Em primeiro lugar, parabéns pelo teu blog tão visitado!! Guimarães Rosa, um país que tem um escritor deste naipe e tantos outros , é quase que na sua totalidade analfabeto, que utopia!!!
bjos

Espaço do João disse...

Volta.. Cá te espero e, levarás ainda algumas flores ou talvêz quem sabe algumas uvas. Os amigos dos meus amigos, meus amigos são. Beijinhos e feliz regresso. João

eva disse...

Vanuza, obrigada por sua visita e seu comentário.
Vim dar uma olhada no seu blog e que surpresa!
Como se diz em Portugal, esta sua obra "é obra!" (não vá a expressão significar coisa muito diferente aí no Brasil, aqui significa "trabalho grande" e, por norma, bem feito).
Parabéns!

Cadinho RoCo disse...

vlvO refrão de Riobaldo é um marco da nossa literatura: " Viver é muito perigoso."
Cadinho RoCo

Vieira Calado disse...

Olá!
Só para lhe dizer que também coloquei o seu link.
Obrigado

blog do dudu santos disse...

Minha querida nova amiga, li todos estes autores e mais uma infinidade de filósofos,ensaístas,poetas,etc hoje estou numa fase de ler menos,criar meu próprio pensamento, livre das regras, passamos a vida adquirindo cultura, quando percebemos, estamos atolados em dúvidas..quero a sabedoria da Sebastiana....só..
bjos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Querida,
queria mandar-lhe um livro, "A Dama das Camélias", que traduzi e foi lançado em 1996, mas o editor, num golpe publicitário, pôs copyright de 2008 para lançá-lo de novo. Há uns errinhos. Vc aceita essa nova edição?
Se aceitar, me mande um e-mail com o seu endereço. Meu e-mail: renata.mparreira.cordeiro@gmail.com
Um beijo,
Renata

Espaço do João disse...

Já para a cama. Então a menina não sabe que tem de descançar muito? Vê lá se queres levar tau tau, papai João quer ver-te com mais uns quilitos sobre esses ossos. Tá? Amanhã volto para saber notícias.

Espaço do João disse...

Querida Vanusa.
O último comentário era para a Renata. Agora falando sério:- Sou um pobre anlfabeto junto das vossas personalidades, espero ser desculpado de tanta ousadia da minha parte. Diria melhor! tanta impertinência. Caso seja mesmo inconveniênte, agradeço vosso aviso. Gosto muito de comunicar mas muitas das vezes não sou compreendido e, não sei que pensarão da minha pessoa. No entanto, não gostaria de deixar de vos contactar, até que com a vossa prosa aprendo muito. Sei que temos muito a aprender até ao apito final, o que espero não ser para breve. Um abraço do João.

CARIOCA disse...

Em dose dupla: os dois JOÃOs, um daqui e o outro D'Além Mar. Valeu, minha carioquinha!

haroldo salles disse...

Esse acréscimo com as imagens do jardim do João, teu amigo, encerrou com chave de ouro esse post.

eva disse...

Vanuza, claro que pode.
Aliás, a honra é minha ter um link no seu blog!
Um bom dia e uma boa semana!

maqira disse...

Olá,
Venho agradecer a sua amável visita ao meu blog. Só hoje o vi, 17 de Julho.
O tema era sobre O MISTERIOSO MISTÉRIO DA VIDA. Não tem explicação, pena é. Porém, graças a esse tema descobri o seu blog do qual muito gostei e que visitarei sempre que puder.

Um abraço
Maqira/Portugal

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Vanuza: EStouestranhando a sua ausência. Saí de manhã e a sua Dama já está a caminho. Pensei que fosse chegar em casa e ter notícias tuas e nada.
Dá um alô, s´il te plaît.
Um beijo,
Renata

O Profeta disse...

O começo!
Uma viagem no Mundo presente
Será que o vento açoita as árvores
Ou são elas que cedem ao embalo docemente

Gostava que sentisses o embalo das palavras


Mágico beijo

Sérgio Luyz Rocha disse...

Vanuza Pantaleão!! Prazer em conhecê-la...e à sua qualificada resenha...

Tive a sorte de ser um moleque bem criado...fui apresentado à Guimarães através dos contos de "Sagarana"..devia ter uns 14 anos quando resolvi lê-lo sempre recorrendo ao meu avô para melhor decifrá-lo...e tive mais sorte ainda de ler o "Grande sertão..." sem saber do segredo de Diadorim, quer dizer, ser surpreendido de uma página para a outra foi para mim um verdadeiro divisor de águas...
Bom, parabéns pelo seu espaço, por sua obra...pela desenvoltura, competência e carinho com que tratas os temas, autores e leitores...
Volto outra vezes...e arrisco-me em convidá-la até meu espaço "Trama Bacana" - quem sabe goste de algo...

Abraço!!

Antunes Ferreira disse...

Vanuzinha

Gostei mesmo muito da tua visita ao meu Travessadoferreira. Gente fina é outra coisa...

Volto ao ataque, só para te dizer que sou fã do Guimarães Rosa - como escrevia bem, esse Senhor - mas também sou da minina do Pantanal. Vejo poucas telenovelas (aqui diz-se assim), mas a Bruna é... a Bruna.

... e o endereço do teu imeile???? Estou à espera, não disse à esfera, disse À ESPERA...
Queijinho

JADY ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luana disse...

" E a linda mulata com rendas do Alentejo, de quem numa bravata, arrebata um beijo!" Brasil e Portugal, unidos nos versos de Chico. Amei!

Athaide Pera disse...

Um bom tema para falares:"os sertões virtuais". Mas, tem gente que não iria gostar!

Só Eu&Você disse...

João Guimarães, a ROSA que desabrochou no sertão!

Robson disse...

Impressionante esse post! Impressionante!

Jonas disse...

Vamos unir diadorins e riobaldos para limparmos as novas veredas...

Cristiano disse...

Ele agradeceria, se no nosso plano estivesse, mas lá do alto já leu teu coração.

gigi disse...

A Bruna está linda e esse post é mais uma homenagem às mulheres que ao João, elas estão em maioria aqui. KBOM!

Anônimo disse...

Nascerá ainda um novo Guimarães? IMPOSSÍVEL.

Valdir disse...

Flores, sertões e as veredas de Guimarães, chegaremos a perceber onde começa o bem e terminava o mal?

Anônimo disse...

75 comentários ao Genio que redescobriu OS SERTÕES!

Apenas nós disse...

Nossa sincera reverência ao Mestre dos Sertões!

TANTA POESIA disse...

Ele fez mais que literatura. João fez Poesia...

Ana Amélia disse...

Passando por aqui e te parabenizando por este post magnífico. Temos que nos curvar ao nosso Guimarães Rosas, ele merece!

Sérgio disse...

Ana, Quitéria, Anayde, cada uma daria um post com suas vidas em prol da da cultura do povo brasileiro, mas Guimarães as sintetizou em Diadorim.

Beto disse...

Um pouco de Guimarães Rosa por aqui, não faz mal a ninguém...De vez em quando, o astral baixa, mas você e outros poucos abnegados sabem como elevá-lo!

Luisinho disse...

Essa estátua da Maria Quitéria é um colosso de tão perfeita.

tudo verdinho disse...

Passando por aqui, tenho que fazer uma saudação ao Mestre dos nossos sertões, o João Guimarães, com sua Rosa, Diadorim!

Mulher e pensadora disse...

Anayde Beiriz foi uma mártir do seu tempo e foi bem delineado o seu perfil de mulher apaixonada e contestadora no filme "Parayba Mulher Macho" da Tysuka Yamazaki. Mas, ainda é pouco, aguardo que se faça algo à altura da sua luta pelo Direito de Amar e ser Livre de uma Mulher. Mas, sua lembrança, já é um bom começo!

Rubem Viegas disse...

Diadorins de todos os matizes nos sertões do nosso João...

clean disse...

Um blog de ouro e uvas de Portugal, estou satisfeito.Bjs

Sinfonia Imortal disse...

Esse, sim, será pra sempre um imortal!

Zíngara disse...

Diadorim e todas as heroínas aqui referidas são também as minhas preferidas. E o João recebeu um presente e tanto!

O TURISTA disse...

Faltou Leila Diniz, faça algo que a lembre, certo?

muito relativo disse...

Um cérebro extraordinário e ainda incompreendido, esse Guimarães Rosa.

Ronald Lemos disse...

Diadorim renasce a cada dia pela força da Rosa e de Guimarães.

tudo verdinho disse...

Extraordinário autor, sempre o releio e apreendo ângulos novos.

Claudia Lemos disse...

Eu adorei a minissérie do Avancini sobre Grandes Sertões e aqui pude ter as informações que me faltavam. Obrigada!

Apenas nós disse...

Guimarães Rosa, tantas veredas, infinitas emoções...

paz e amor disse...

Que post sensacional e feito com muito amor...

Sinfonia Imortal disse...

Tantas mulheres fortes e um escritor de peso, isso é Brasil!

Anônimo disse...

Vamu aprendê com quem sabe, cambadinha...

um grão de areia disse...

Tantas diadorins e riobaldos nesse país e apenas um João para contar suas histórias por esses sertões.

quinquilharias disse...

Só hoje pude conhecer que havia no passado essas mulheres tão valentes, corajosas.

A Voz da Floresta disse...

98 nos 100 anos? Vou completar, o nosso Rosa merece isso e muito mais.

A Voz da Floresta disse...

E agora, é só te aplaudir de pé, homem-quase deus e brasileiro...