sexta-feira, 2 de maio de 2008

OPINIÃO: QUEM MATOU ISABELLA? TODOS SABEMOS...

Fisicamente, cruelmente, sadicamente, hediondamente, tudo indica: OS PAIS. Mas, é só isso que explica a bestialidade desse crime? Sabemos - e se você não sabe, leitor, fique sabendo - que AS CRIANÇAS BRASILEIRAS sempre sofreram maltratos da família e da sociedade há séculos. Uma experiência pessoal: comecei a cuidar de mim mesma e de um irmão mais novo (bebê) aos sete aninhos de idade. Minha família era abastada, tínhamos carro importado, um mansão, uma escola boa, a melhor, mas com sete anos levava surras terríveis se não OBEDECESSE meus TIRANOS, quero dizer, meus PAIS. Na verdade, sociologicamente falando, é preciso que se acabe de uma vez por todos com essa HIPOCRISIA de que paizinho e mãezinha estão preparados para ASSUMIR com desvelo sua própria prole, ainda mais nos dias de hoje, onde todos são cobrados pela sociedade altamente competitiva, consumista, SEM VALORES ESPIRITUAIS E MORAIS, mas COBRADOS mesmo, pelos amigos, patrões e vizinhos. Certa vez fui a um centro espírita e uma médium, uma senhora de aparência simplória, QUERIA SABER QUAL A MARCA DO MEU CARRO. Envergonhei-me de ser uma pedestre, uma "sem carro" (risosss) e menti, menti descaradamente e disse que o havia deixado na garagem e era da marca tal, um dos mais caros.
Revoltante? muito! Mas, paramos para comprar uma bala de "um pivete"? (filho de classe média é criança, criança de rua é pivete e trombadinha) NÃO! Não podemos correr o risco de sermos atacados por eles. Que se danem! No fundo, é isso, digam-me se não é?
Daí, só nos resta pedir a DEUS QUE ACONCHEGUE TODAS AS ISABELLAS EM SEUS BRAÇOS MISERICORDIOSOS e que essa minha mensagem faça eco NOS SEUS CORAÇÕES. Duvido muito...
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

13 comentários:

Guilherme disse...

Muitas crianças sofrem violências nesse país por pessoas (e até pais) tidas como de famílias bem formadas (Que tem dinheiro),enquanto várias outras são criadas com muitos dificuldades e com grande amor pela família, estas pobres e com poucos recursos, isso mostra que o grande valor está no caráter da pessoa e não o que ela possui. Obrigado.

Rodrigo disse...

Mais um exemplo onde a condição social de uma família não está obrigatoriamente ligada à sua condição moral; temos exemplos disso espalhados pelo Brasil. Um dos nossos grandes problemas(entre muitos), é que as notícias estão mais ligadas a interesses financeiros e políticos, todos manipulados por uma corja, que quer nos propor uma "patologia social", onde o caso começa muito mais por "ausência social", passando pelo desequilíbrio e uma total falta de respeito ao ser humano. Leia a coluna policial de qualquer jornal hoje e verá que não estou mentindo, mas são tanto casos "desprezivéis "e provalmente você não se lembrará deles. Forte reflexão!

Romeu disse...

Sou um homem humilde, mas não aprovo violência contra crianças. Também estou muito sentido com tudo isso. Você falou bem!!

Chiko Kuneski disse...

Não posso e nem vou salvar todas a crianças da terra. Mas também não vou chorar a morte de uma que a mídia transformou em notícia de um mês inteiro, como um linchamento moderno. Sofri mais com a morte do menino na favela atingido por policiais, que as TVs nem noticiaram.

dida disse...

ISABELA ESTÁ QUERENDO PAZ!!!!!!!!!!PRECES PARA ELA E TODAS AS OUTRAS ESQUECIDAS PELA MÍDIA.OREMOS PELOS FAMILIARES QUE SOFREM DUPLAMENTE E CONFIEMOS NA JUSTIÇA DIVINA.ESTA NÃO FALHA.CUIDEMOS DE NOSSAS CRIANÇAS PARA QUE SEJAM MELHORES QUE NÓS,POIS SERÃO PAIS TAMBÉM E TALVEZ ATÉ NOSSOS.EDUCAÇÃO É A PALAVRA CHAVE SEGUIDA DE TRANSFORMAÇÃO MORAL.ZILDA SANTIAGO

JADY ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tita "I Love Jesus!" disse...

Amiga Van, há tempos não vemos um caso policial ganhar tamanha notoriedade. Me pergunto se o casal em questão fosse "pé-rapado", se tudo seria igual... Parece que além da sordidez do caso, o que desperta o interesse quase mórbido das pessoas em acompanhar o passo a passo da prisão, é o fato de (pasme!!!) "gente" rica ser infeliz! Mas TÃO infeliz, tão fora de eixo que comete uma barbaridade dessas! Se fosse um pobre coitado, seria quase "normal"! Afinal, pobre vive estressado mesmo! Espanca mulher e filhos quando cheio de cachaça! (Esse é apenas um dos estereótipos.) Mas rico pode ser miseravelmente infeliz sim! Rico e com formação universitária? E DAÍ se a alma é tenebrosa??? De tudo isso, o que mais lamento é saber que na verdade a vida acabou APENAS para Isabella... Uma vez condenados, eles passarão um tempo (não muito) na cadeia, no "seguro" a salvo de atos violentos, belos e formosos.
Depois? É bola para frente! *Como diz minha avó: "Durma-se com um barulho desse!!!" Beijosss

CARIOCA disse...

Pobre criança! Sou pai e estou muito consternado!

A VOZ DA FLORESTA disse...

Certamente quem nunca amou!

A VOZ DA FLORESTA disse...

Completando:e jamais será amado...

Coisas Minhas disse...

Até hoje estamos traumatizados com essa barbaridade.

clean disse...

O mundo, minha amiga, ele mata todos os seres bons!

Delírios e paixões disse...

Uma monstruosidade, não há muito o que falar.