segunda-feira, 7 de abril de 2008

TROVINHAS...AMOROSAS

Chegaste sem hora marcada
De roupa surrada
Como alma penada
Pra ver tua amada
(Vanuza)





A hora passou, eu sei
E se, por ti, voltei
Sem dúvida, me apaixonei
E não surraria a quem bem amei
(Vanuza)






O homem a quem desejo
É o mais próximo de mim
Me afaga quando lhe beijo
Se entrelaçando assim
(Vanuza)




Inspiração também é transpiração
Só devaneia quem foge da contradição
Dessa dialética em ação

Amar é só percepção
(Vanuza)




Sonhar com um amor utópico

Uma terra linda e verdejante

Onde o amor seja verídico

E eu cavaleiro andante

(Vanuza)




Felicidade é a pluma do Vinícius

É clarão de luz flamejante

Vida breve e latejante

Sempre aos nossos auspícios

(Vanuza)




Eu, você juntinhos

Felizes, amantes coladinhos

Ouvindo só o coração

Na sutileza dessa canção

(Vanuza)




Tua luz que me seduz

Mesmo na escuridão

Dá-me aqui a tua mão

Pois ela é que nos conduz

(Vanuza)




Paixão que vem de ti

Abençoada por Deus serás

Quero louvá-la aqui

Sabendo que me amarás

(Vanuza)

10 comentários:

Rodrigo disse...

Trovas tão poéticas e puras que emocionam.Parabéns!

Anônimo disse...

Quem escreve assim, sabe o que é o amor.São lindas suas trovas.

Anônimo disse...

Tecer trovas não é para qualquer um ou uma.Ora, vejo que além delas, há uma prosadora atilada e exemplar.Beijo!

JADY*ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CARIOCA disse...

Tão lindas, tão apaixonadas...

Canto do Sabiá disse...

Trovas, amor e natureza, isso é tudo o que quero!

Só Eu&Você disse...

Vamos guardar com carinho todas as suas trovinhas.

Digo Sim disse...

Vou aprender a rimar contigo!

TANTA POESIA disse...

Amorosas, poéticas, fazem sonhar...

Bala Salgada disse...

Que lindo!

Queria muito conferir seu primeiro post!

Obrigada por passar o presente, aliás aquilo não é presente, rs...Mas é bom ser lembrado no níver né?

Para seu filho Guilherme: muito obrigada pela visita, foi muito gentil de sua parte ir lá no blog agradecer, felicidades e:

Que você possa sempre olhar para trás e sentir orgulho do que fez, que se torne incentivo para coisas ainda maiores que fará no futuro.

Voltando...sei lá, é minha meta de vida.

Beijão Vanuza e que família mais bacana.

Obrigada, minha família se resume em mim, meu More 4 filhos: Gatinha, Targaruguinha, Gatinho e a Cachorrinha. Aliás ele tem centenas de peixes também. Um verdadeiro zoológico.