domingo, 22 de fevereiro de 2015

Coelhos e Canteiros - A família viaja

As coisas não andavam bem naquela casa. Mark ligava a TV e lá vinham enxurradas e mais enxurradas de roubalheiras no patrimônio público do país. Mudava de canal e assassinatos em massa jorravam pela tela, jovens e crianças decapitadas, vidas ceifadas pela estupidez humana.
- Não vejo mais televisão! Se não tenho nenhum poder de mudança no que acontece nesse mundo hostil, por que devo continuar a assistir coisas que me ferem a alma? Sou fraco, podem me acusar.
Gê, a sua Gertrude, a tudo percebia e na sua intuição quase mediúnica mantinha um diálogo com os seus protetores espirituais. Daí, começaram seus flashes e epifanias no seu mundo interior. Às vezes via-se como um adolescente chinês que saltava um muro altíssimo para fugir da polícia, enveredando por labirintos e favelas miseráveis. Em outras ocasiões era um rico mercador de tapetes persas, e as visões continuavam se sucedendo com muita frequência. Já havia ouvido falar em reencarnação , vidas passadas, fenômenos paranormais, mas só agora conseguia notar certas conexões.
Havia algo mais, se ao menos o professor Philip (o Phil) tivesse deixado seu telefone...
Mas um dia, Phil apareceu e uma viagem teve que acontecer. Foram todos para um lugar bem distante, lugar onde tudo poderia fluir melhor; onde haveria um quarto onde Mark e Gê  sonhariam em paz. O local tinha também um pátio cheio de gatos e que, um dia, no futuro, haveria de acolher Castanho, o coelhinho. Anabela iria adorar.
Vamos acompanhar essa fluidez daqui por diante?
Obs.: Amigos, vou respondendo aos pouquinhos a todos os comentários, ok?
Recebam o meu carinho...

23 comentários:

Rodrigo disse...

Buscando as muitas vidas que nossa alma compartilhou neste universo, encontraremos a essência que nos preparará para novas jornadas...
A cada evolução,nossa consciência transcende à precariedade de nossa materialidade peregrina...

Grande Beijo!
Rodrigo

Vanuza Pantaleão disse...

Beijo grande pra você também, meu amado, e obrigada por sua ternura e incentivo!

Graça Pereira disse...

Se os coelhos pudessem apagar todos os dramas e notícias tristes que a televisão nos dá. seria uma óptima atitude...Talvez passar o filme "Alice no país das maravilhas " e lembrar que, se todos quiséssemos, o mundo poderia ser um pequeno oásis!
Beijo minha linda contadora de histórias.
Graça

Rosemildo Sales Furtado disse...

Uma faculdade que, certamente todos nós ingressaremos, objetivando novas empreitadas.

Estou retornando com a esperança de continuar sendo merecedor da tua valiosa amizade.

Beijos,

Furtado.

Benno disse...

Na idade média a chance de você ir de uma cidade a outra e chegar vivo era de menos de 60%.
Hoje há até mais segurança, mas TV e os jornais só nos causam sensação de horror e insegurança. Aliás, mesmo nos lugares mais seguros, as pessoas se sentem inseguras.
O coração, que precisa ser tão bem cuidado, é responsável por quase 40% das mortes, enquanto o terrorista mata menos que 0,5% das pessoas, mas as pessoas são mais apavoradas com o terrorismo e pouco ligam para o coração, preferindo se entupir de comidas gordurosas e morrer sedentariamente na segurança do lar.
A morte por doença do coração, que levou tantos entes meus queridos, enquanto não consigo lembrar de uma só pessoa próxima que tenha morrido por morte violenta que não seja o desastra automobilistico, não é noticia. Homicidios e atos de guerra são noticias que vendem muito. Graças a Deus, não me sinto refém disso. Vou a todas as cidades e ando a pé pelas ruas mais movimentadas e isso me faz muito bem, Seu morrer assassinado um dia, terá valido a pena ter vivido o que eu vivi ao longo de décadas e por isso não me importo tanto. Basta não andar de madrugada, nas horas vazias (em lugar nenhum é bom!) e em lugares de má fama :)

Benno disse...

ótimas dicas de Tchekov:
Angústia
A Aposta
O sapateiro e a força maligna
Pamonha
Vanka
O homem num estojo
A corista

e muitos outros... só destaquei alguns que mais me chamaram a atenção
São curtos e intensos... e podem ser encontrados na internet.

cirandeira disse...

Amiga Vanuza, ando meio devagar, 'destemperada" dessa vida! Sem nenhuma inspiração pra conversar, mas não poderia deixar
de passar por aqui pra te dizer que gosto muito de tuas visitas, desse teu jeito de ser: cheia de vida!!!

Um beijão

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Vou acompanhando
sua escrita.
Lindo novo tempo.
Bjins
CatiahoAlc.

Manuel Luis disse...

Quanto é bom não ver TV! Não fui educado a ver TV mas sim a ouvir rádio, assim possibilita-me de estar a fazer o meu trabalho. Gosto de ver documentários relacionado com a vida selvagem.
Bj

Fá menor disse...

Que haja sempre um lugar para sonhar.

Bjs

Manuel Luis disse...

Ainda bem que não vejo TV, sou o homem da radio.
Não acredito nessas coisas de reencarnações. Andamos por aqui neste planeta florido, daqui só saem os astronautas.
Bj

Luma Rosa disse...

Oi, Vanuza!
Tal qual seu personagem, também não assisto mais televisão e também acho que a saída é procurar por respostas em nosso interior. Se não podemos consertar o mundo exterior, vamos consertar o nosso mundo interior!
Beijus,

O Sibarita disse...

Ô MOÇA! kkkkk Sabe, você mora no meu coração, viu?

Se preocupe não, entendo perfeitamente as dificuldades e os momentos que temos por vezes de postar e ou comentar!

Você é mil!

Ah esse Mark... kkkk

Vê televisão para que? Não temos nada de bom, imagine, ver a dança dos famosos e eu com isso?

Famosos porque? Famosos somos nós que vivemos na labuta diária da sobrevivência, né não? kkkkkk

Ainda bem que a Gê tem intuição e proteção espiritual, se não o Marc estava lenhado! kkkkkkk

Claro que sim! kkkk No quarto tudo de bom e de gostoso (aiaiaia kkk)vai fluir entre Mark e Gê, oi que maravilha... kkkkkkkkkkkkkkkk

Beleza pura!

O Sibarita

vendedor de ilusão disse...

Olá, Vanuza!
Antes de tudo, deixo minha impressão sobre o novo layout: achei magnífica a foto de abertura; expressiva e de bom-gosto sem igual. Não sei quem é? Porém não posso negar que é de beleza singular.
Por outro lado, leio teu Conto cada vez mais atraído; a cada parte, minha curiosidade é aguçada com o que virá... Estou adorando!
Beijo.

ReltiH disse...

UN MENSAJE MUY SIGNIFICATIVO. GRACIAS.
ABRAZOS

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Vanuza! Passando para desejar um belo dia e muita paz para ti e para os teus.

Beijos,

Furtado.

Olhos de mel disse...

Amiga querida; acho que assim como ele, estou ficando do mesmo jeito. Qualquer canal o que vejo é corrupção, desfalques, etc.
Deus permita que a páscoa, não só nos traga coelhos e chocolates, mas a justiça que tanto queremos.
Beijão meu e do seu netinho.
Boa semana!
Ah, adorei a trilha sonora! Beijos

O Árabe disse...

Engraçado, Vanuza, como esse país parece com o Brasil, não é? :) Ótimo texto, como de hábito! Boa semana, amiga.

O Sibarita disse...

Sua menina, e ai? kkkkkkk

EI PARABÉNS PELO DIA DAS MULHERES, O SIBARITA POSTOU UMA SINGELA HOMENAGEM, VAI LÁ! KKKKK

O Sibarita

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Vanuza! Passando para agradecer a tua visita e amável comentário, assim como te parabenizar pela passagem do dia internacional da MULHER.

Beijos e parabéns para ti e para todas as MULHERES do mundo.

Furtado.

O Árabe disse...

Tudo bem, Vanuza... a gente espera. :) Boa semana, amiga!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Vanuza! Retornando para desejar uma semana com muita saúde e paz para ti e para os teus.

Beijos,

Furtado

O Árabe disse...

Ainda de folga? Tudo bem, continuamos a esperar! :) Boa semana.