sexta-feira, 4 de maio de 2012

As Aquarelas Vivas do João

Só quem já tentou pintar uma aquarela é que pode dizer da emoção, da euforia e também de uma pitada de dor ao manipular pincéis e paletas.
Corrigir algum traço ou cor mal distribuídos é impossível para um aquarelista. Daí, a tal pitada  de dor a que me referi acima. Um simples traço tem que ser definitivo e tudo vai ficando ali, secando rápido. Quando você menos espera, a cor surge do nada, pequeno milagre das cores.
Digo que aquarela é vida porque na vida real não há rascunho, nada pode ser refeito, nem consertado. Se não realizarmos  bem uma tarefa, bye, bye! Se acertarmos, que beleza!O coração se engalana e tudo é festa.
Uma flor não faz rascunho do seu desabrochar, ou abre suas pétalas, ou murcha. Essa é a dialética da vida, vamos aceitá-la, temos que aceitá-la. Lutar contra a lei da vida é burrice das mais grosseiras.
Um pintor de aquarelas se envolve até os ossos para concluir com êxito seu insano trabalho. Ali tem alma, tem arte e muito amor, amor estético, um íntimo prazer que só o artista experimenta.
Meu amigo, João Pinto Ferreira, é um dos mestres das aquarelas vivas mais sensíveis que conheço. A ele dedico essas poucas, mas intensas linhas. A ele agradeço a amizade e o afeto que nos une. E para informação ao público em geral, João é irmão da Graça, ou vice versa, a ordem de chegada não importa, são dois talentos que habitam entre nós e para o nosso deleite. Ele, nas Artes Plásticas. Ela, nas Letras.
Muito obrigada, amigo!
A primeira aquarela intitula-se Liquidâmbar no Outono, e a segunda é Camélia na Primavera.
Vão se deliciando aí enquanto tiro umas feriazinhas, ok?
Beijos! Eu volto!
O Fundo, beleza de música com Leila Pinheiro, traduz muito do que tentei passar, vamos ouvi-la?

31 comentários:

Benno disse...

Obrigado pelas palavras, mas não sobrou nenhum ânimo e cada vez me convenço mais que escrever não é a minha praia. Beijos e boas férias

isa disse...

Vi,li,ouvi e GOSTEI!
Boas Férias.
Beijo.
isa.

Daniel Milagre disse...

Vanuza

Para homenagear dois irmãos artistas amigos, escreves numa bela crónica uma lição de vida, como nos oferece quem cria. Por certo fizeste uma justa homenagem, em todos os sentidos.
Boas férias!
Beijos querida

Everson Russo disse...

Belas férias pra ti minha amiga, aproveita bastante...grande beijo de bom sábado...paz e poesias sempre...

O Sibarita disse...

Oxetente dona moça, de férias? E é assim, é? kkkkkkkkkkk

Nós seus leitores não lhe liberamos para férias e sai? Não pode não, viu? kkkkkkkkkkkkkk

Quanto ao texto, realmente, vc descreve muito bem sobre quem faz aquarelas, não é fácil não! E pelo visto o João é um excelente aquarelista, parabéns a ele e a vc por nos dar conhecimento dele.

Ei, oi suas férias são de cinco dias e não mais que isso, se não, os seus leitores vão lhe dar abandono de blog o que significa justa causa! Aimôpai! kkkkkkkk

BOAS FÉRIAS MOÇA!

O Sibarita

ReltiH disse...

SIEMPRE UN PLACER VISITAR SU ESPACIO.
BESOS

Everson Russo disse...

Um excelente domingo pra ti minha amiga e uma semana repleta de amor, poesias, flores e paz...beijos e beijos.

Daniel Costa disse...

Vanuza

Decerto estás de férias,mesmo assim não passo sem deixar dito: TOP SECRET OLAVO, tem novo capitulo.
Beijos querida amiga

Graça Pereira disse...

Eu vim a correr quando voltei da minha...pausa! É, Amiga, de vez em quando tenho de parar e...respirar no silêncio, na companhia das velhas árvores que me dão tantas lições!
Desencontramo-nos mas logo,logo, o caminho volta a ser o mesmo... Que as férias te renovem também.
Obrigada pelo teu carinho, por teres exposto as aguarelas (aquarelas aí) do meu irmão...sabes que essa camélia linda é do meu jardim?
Esse texto delicioso da tua alma poética e tão sensível...quem é das Artes, das Letras Tu, minha Amiga!! Só aqueles que conhecem a sinfonia, lêem a partitura toda!
Mil beijos e até ao teu regresso.
Graça

O Árabe disse...

Com um pincel, Vanuza, eu sou uma negação. Mas isto não me impede de apreciar. Belas pinturas! Boa semana, amiga.

João disse...

Olá Vanuza:

Muito obrigado pelo excelente texto ilustrado com aguarelas minhas. Que gentileza.
Beijinho grande do,


João P. Pereira

Fa menor disse...

Boas férias!

Evanir disse...

Mais do que ser ternura
É cativar corações e mentes.
Mais do que ser luz,
É colorir o universo de cores mil.
Mais do que ser ponte
É caminho seguro a seguir.
Acima do bem e do mal
Do que já houve
Do que há
E do que houver.
É fonte de esperança
É bênção insuperável
Entre os seres, inigualável,
De beleza extasiante
Dando-se por inteiro
Sem dia, hora, lugar
É bela, é forte
É fonte de amor
É mulher.
É mãe!
Um feliz e abençoado Dia das mães.
Tem um presente para você na postagem
ofereço com muito carinho.
Deus abençoe todas as mães do Mundo.
Evanir.

O Sibarita disse...

AI MEU DEUS DO CEU! KKK DEVE ESTÁ UMA MARAVILHA ESSA FÉRIAS, OI QUE BOM! KKKKK

FELIZ DIA DAS MÃES COM MUITA SAÚDE, FLORES, PRESENTES, ABRAÇOS E BEIJOS

O Sibarita

Desnuda disse...

Querida amiga Van,

Que ternura este post! Lindas aquarelas, linda mensagem do texto e música para acompanhar toda esta beleza. Perfeito! Bela homenagem aos amigos e um banho de ternura, arte e sensibilidade. Adorei!


Beijos com carinho e um abençoado domingo , Dia das Mães ( que afinal são todos os dias). Parabéns Van e Guilherme.

Desnuda disse...

Boas férias minha querida!

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Vanuza.

Férias? Isso é muuuiiiitooooo bom! :-)

Mas, hoje vim aqui especialmente para lhe desejar

FELIZ DIA DAS MÃES!

"Mãe - São três letras apenas.
As desse nome bendito também o Céu tem três letras e nelas cabem o infinito."
(Mário Quintana)


__000000___00000
_00000000_0000000
_0000000000000000
__00000000000000
____00000000000
_______00000
_________0
________*__000000___00000
_______*__00000000_0000000
______*___0000000000000000
______*____00000000000000
_______*_____00000000000
________*_______00000
_________*________0
_000000___00000___*
00000000_0000000___*
0000000000000000____*
_00000000000000_____*
___00000000000_____*
______00000_______*
________0________*





♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥



http://brincandocomarte.blogspot.com/

___________________________________

Rodrigo disse...

As cores são dadas ao pintor
que habílmente constrói
seu universo
que reflete o meu...

A moldura emerge a alma,
Detalhando o que não se viu,
repartilhando aos olhares
sua eterna mensagem...


Feliz dias da mães Vanuza!!!
Um grande beijo!!!
Rodrigo

Aracy Crespo disse...

Vanuza, Me perdoe a ausência no desejo de um Feliz dia das mães, mas é que nesse dia perdi uma grande e especial amiga, isso me entristeceu bastante, mas, a vida continua....

Adorei novo layout suas cores e suas Aquarelas...

Tenha uma excelente férias e fica com DEUS!!

Sherazade disse...

Querida Vanuza; andei também sumida, mas não foram férias, mas por causa da net que estava usando em Conquista. Fui passar uns dias com Arthurzinho e resultado: hoje liguei e a mãe me disse que estava enjoadinho, só choramingando... acho que está sentindo minha falta. E eu também viu?
Mas adorei seu post! Creio que a semelhança entre um pintor e um poeta, é gritante, porque ambos desnudam a alma, cada um a seu jeito. A tele é linda demais!
Boas férias, boa semana!
Beijos

Tais Luso disse...

Perfeita sua comparação da pintura aquarelada com nossos atos, com o caminhar pela vida afora; uma vez feito, nada refeito. Portanto... passos sérios, cadenciados, cabecinha no lugar... etc e tal.
Grande beijo.

Olhos de mel disse...

Linda tela, minha amiga querida! Creio que as obras artísticas revelam nossa alma. E através dessas expressões, podemos identificar as inquietações do artista.
Belo post!
Boas férias e curta bastante! Adorei a foto em que está com seu filho...
Beijos

Fernanda disse...

Boas férias, querida Vanuza.

Por uns tempos também deixarei de ver belas aguarelas.

Beijo

O Árabe disse...

Boas férias, hein? Boa semana!

O Árabe disse...

Boas férias, hein? Boa semana!

O Árabe disse...

Boa semana, Vanuza! E boas férias. :)

O Sibarita disse...

Oxéeemmm... kkkk Volta? Mas, quando? Aimôpai! kkkkkkkkkkkkk


O Sibarita

O Profeta disse...

Um sótão cheio de lembranças
Escrevi no pó palavras sem nexo
Retirei uma cartola de uma caixa de cartão
E senti ao toque o poder da ilusão

Ilusões…
Um cavalo de pau perdido ao carrocel
Uma estola de um bicho qualquer
Uma escultura talhada a cisel

Uma foto a preto e branco
De uma mulher sem rosto
Uma janela virada para nenhum lado
Uma traquitana a imitar o sol-posto

Bom fim de semana

Mágico beijo

O Sibarita disse...

Ô meu Santo Antonio por onde anda essa dona moça? kkkkkk

O Sibarita

Vanuza Pantaleão disse...

Rodrigo, meu doce namorado!
Te adoro!

Vanuza Pantaleão disse...

João, nós é que lhe agradecemos por sua Arte e por sua gentileza.
Grande abraço, amigo!