segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Stalker - O Caminhante de Tarkovsky

Um homem simples, um segredo. Um lugar proibido e muitos obstáculos, mas só ele, o caminhante, poderá conduzir "os seus amigos" até lá, um cientista e um poeta. Para ele, conduzir os amigos à verdade das verdades era mais que um dever, tornara-se uma missão sublime.
O lugar (The Zone) possui vida e regras próprias de conduta e, aos poucos, o cenário vai mudando. As cores, antes sombrias, vão-se cambiando, tudo clareando até ficarem límpidas como a água que, sem dúvida, é o elemento mais presente nesse trabalho ímpar de Tarkovsky. O sol vem depois e com a sua luz liberta o homem e a natureza. Aqui, os arbustos estão em plena florescência e o stalker abraça a relva em flor, deita-se sobre a terra e parece contactar-se com a alma telúrica. Não esperemos efeitos especiais de uma obra como essa que por si só desafia a todos pela sua profundidade filosófica, metafísica e também espiritual.
Cientista e poeta se entrechocam até fisicamente, são os egos humanos em conflito mortal, mas não se matam e o stalker os separa. Uma espécie de acordo tácito se realiza sem precisar ser explicitado.
Simbolismos em cima de simbolismos,camadas e mais camadas de subtextos, metalinguagens e metáforas. Quem tiver a ventura de assistir Stalker o interpretará de acordo com o seu material inconsciente ou com a sua bagagem de vida, "pense o que quiser", poderia ter dito Tarkovsky. Daí, esse filme ter marcado tanto o seu autor quanto quem o assiste. Stalker perpetuou-se e transformou-se num enigma de infinitas vertentes. Não tentemos explicar o inexplicável. "O que vocês querem de mim?"
"Por que querem me devorar?"
Essas são apenas duas das questões que o caminhante nos propõe. Não nos esqueçamos da esfinge desafiando Édipo: "Decifra-me ou te devoro!"
Andrei Tarkovsky - 1932/1986...
Ithamara Koorax, quem se lembra? Voz possante, afinada e presença de palco avassaladoramente bela ao interpretar Se eu Quiser Falar com Deus.
Vamos, vamos ouvi-la...

36 comentários:

Benno disse...

Eu sou engenheiro por profissão, meio-cientista, e poeta nas horas vagas. Na técnica e ciência (que não são a mesma coisa, bem entendido) há uma certa dose de afastamento, imparcialidade, nunca total, pois se observamos alguma coisa já decidimos o que teria que ser observado, e isso já é ser parcial. Na elegância de sua argumentação, quando busca a máxima simplicidade de raciocinio e demonstração, até o matemático é meio poeta. Já a poesia não pode se desvincular totalmente da realidade, apesar de suas necessárias e poderosas asas da imaginação. Não há ciência sem poesia, não há poesia sem ciência. A verdade é sempre multifacetada e plural. Seu texto está excelente, como sempre. Beijos

Fa menor disse...

:)

nacasadorau disse...

Olá querida Vanuza!

Um filme que desnuda a forma como o ser humano enxerga o mundo e seus mistérios.
Excelente a tua análise.

Beijinhos

Guilherme Pantaleão disse...

Esse filme é uma aula de amor e Filosofia. Tarkovsky era um gênio e só fez 7 filmes.
As fotos do Rodrigo são fantásticas.
Gostei muito. Guilherme

SAM disse...

Querida amiga,

Um texto fantástico que como de hábito traz à tona questionamentos e reflexões. A busca do homem é incessante. A música escolhida dá o tom do ponto que é fundamental, a meu ver. Certamente há algo bem além do que podemos ver através da visão física, material. É a esperança do " despertar"e carrega uma belíssima mensagem para todos nós. Lindo! Obrigada Van.

OS:Hoje estou sendo teimosa. Plantei aqui, Van! Hahahaha Estas chuvas e ventanias estão me deixando com conexão péssima!


Beijos com carinho e abraço amigo.

Rodrigo disse...

Stalker é uma das grandes reflexões do homem moderno.
Tarkovsky sublimou o "humano" para nos entregar um filme-poema, onde a composição da imagem/poesia nos envolve com momentos de ternura e suavidade, até momentos de conflito com a mais atormentadora das questões:
A morte.

Vanuza, um grande beijo!!
Rodrigo

Daniel Costa disse...

VANUZA

Confesso adorar crítica de cinema. Textos do género, ditados pela tua sensibilidade de cinéfila, sempre me iluminam como, mais umas vez aconteceu.

Aproveito dizer que TOP SECRET OLAVO, está em novo capitulo.
Beijos de consideração querida.

lita duarte disse...

Uma boa lembrança. Uma ótima sacada.

Bjos.

Everson Russo disse...

Um belo dia repleto de poesia e muito carinho pra ti minha amiga...beijos e beijos.

Fa menor disse...

:) (= um sorriso). Li e apreciei, mas por vezes o tempo é limitado para tecer um comentário a condizer.

Everson Russo disse...

Um dia de muita paz e muito carinho pra ti minha amiga...beijos e beijos.

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
É bem melhor decifrar e ser decifrada...
Seu blog prova a sua inteligência por assuntos globais... Parabéns!!!
Bjm de paz e alegria

cirandeira disse...

Oi querida, que bom que estás voltando, seja muito bem-vinda ao
nosso virtual mundinho, que às vezes parece ser real :)
Ainda não ví esse filme, mas sei que o diretor e os atores principais adquiriram um tumor durante a filmagem na Estônia devido a radiações que havia no local, vindo os três a falecer em decorrência disso. Uma grande perda
sem dúvida alguma, pois Tarkóviks
era uma excelente diretor. Cheguei a ver "Solaris", um filme bastante instigante.

Um beijo, e que 2012 venha cheio de belas surpresas!!!

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Tu és uma crítica de cinema fantástica!! Apoderas -te do realizador, esmiuças a sua verdade, analisas a sua poesia e penso que, com a tua argumentação, estão criadas condições para uma nova obra...E depois, com esta música portentosa, esta postagem ficou EXCELENTE!
Mil beijos, hoje, sexta feira 13, que eu adoro!
Graça

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Amiga querida
Tanto tempo sem fazer tanta coisa... uma delas é vir aqui, mas vamos deixar isso para lá! Eu me lembro da Koorax!! Tem uma música que ela canta, Corpo e Luz, da ópera Tristão e Isolda, que diz:
"Mulher que tem vida sofrida
Desfaz qualquer trama da vida
Quem sabe ser só
Depende de ninguém
E vive pras coisas que tem"
foi gravada nos idos da década de 90... eu "adotei" como A Minha Música e sempre que eu falava sobre ela, ninguém conhecia. Só vc mesmo para me trazê-la de volta!
Preciso confessar uma coisa (mesmo envergonhada)eu acabei perdendo o seu endereço. (não precisa nem ficar com raiva, porque eu já me xinguei bastante) Mas não esqueci da promessa que fiz.
Vc tem facebook? (o orkut já não dá!) Me manda outra vez? pode mandar pro meu e-mail... Perdão, mil vezes,
beijos

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Dá uma passadinha no meu cantinho,a acho que vai gostar!
beijinho a todos

Angella Reis disse...

Maravilhoso!! Preciso urgentemente assitir ;) Narrativa perfeita. Adoro teus textos, escreve sempre com maestria.

Obrigada pelo carinho de sempre,Van, tbém não te esqueço. Mora em meu coração! Beijos meus ;*

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Oi amiga, estou retornando bem devagar....,melhor que nada!beijos

Everson Russo disse...

Um belo sábado pra ti minha amiga querida...beijos e beijos.

ReltiH ReltiH disse...

MUY INTERESANTE POST. MUCHAS GRACIAS POR COMPARTIRLO.
UN ABRAZO

Drika disse...

Van, amiga querida... passo para apreciar suas palavras, seu sorriso sincero e dizer que estou bem, embora atravesse as surpresas da vida que muitas vezes nos pegam de 'calças curtas' =)

Um abraço amiga.... fica com Deus!

O Árabe disse...

UM presente de post, com uma conclusão indiscutível: há coisas que não se explicam... apenas se sentem. :) Boa semana, amiga!

。♥ Smareis ♥。 disse...

Adorei o texto, maravilhoso. O filme parece excelente.
Beijos e ótima semana.

Everson Russo disse...

Um belo dia repleto de poesia,,,amor e carinho pra ti minha amiga...beijos e beijos.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Vanuza! Passando para aprender mais um pouco, assim como, agradecer a honrosa visita e o gentil comentário deixado lá no nosso humilde espaço.

Estamos retornando às atividades, com a esperança de continuarmos merecendo o teu valioso apoio, um dos principais esteios de sustentação do nosso Arte & Emoções.

Furtado.

Everson Russo disse...

Uma ótima quarta feira pra ti minha amiga, muita paz, muito amor e muitos versos...beijos.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Vanuza! Passando para agradecer e retribuir a visita e te desejar uma ótima noite.

Beijos.

Furtado.

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti minha amiga...beijos e beijos.

Aracy Crespo disse...

É sempre um grande aprendizado estar aqui, eis ai um ótimo convite para quem não conhece Tarkovsky, como eu. A sua resenha foi maravilhosa e convidativa para ver suas obras, valeu pela dica minha amiga. Também não conhecia ithamara koorax, me apaixonei tomando a liberdade de posta-la em meu blog.

Não esqueça nunca o eterno carinho que tenho por você que é uma pessoa lindaaaa... Um grande beijo no coração e fica com DEUS.

Drika disse...

Oi Van... boa noite, amiga! Ufaaa... até que enfim consegui responder p vc, meu blog deu um problema e não conseguia responder de lá. Eu parei com o blog do mar por um tempo... agora vou ficar só com aquele, por hora. Obrigada pelo ultimo comentário q fez lá... agradeço o lugar que tenho aí no seu belo e grande 'cuore' =) vc tbm tem o seu aqui dentro, amiga =)
Desejo um bom fim de semana p vcs... e que Deus te cuide sempre... bj no coração!

Everson Russo disse...

Uma domingo de paz pra ti minha amiga e uma bela semana...beijos.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Agradecendo e retribuindo a tua amável visita, te desejo um belo resto de tarde e uma bela noite de domingo.

Beijos,

Furtado.

Arnoldo Pimentel disse...

Quando passamos aqui além de lermos sempre um ótimo texto, aprendemos bastante.Beijos

Everson Russo disse...

Uma segunda feira repleta de paz pra ti minha amiga...beijos.

O Árabe disse...

Boa semana, amiga. Aguardo o novo post!

。♥ Smareis ♥。 disse...

Fantástica a postagem amiga. Beijos e ótima semana.