quarta-feira, 24 de março de 2010

Estrelas nas noites de Van Gogh...

REMETENTE: Rachel


DESTINATÁRIO: Vincent Willem Van Gogh

"Vincent querido,


Faz tanto tempo e nem sei por onde começar. Olho para o firmamento só para ver as constelações que pintavas, elas ainda cintilam, mas o homem apagou-se da minha existência.
Não consigo conter essa dor da tua partida repentina, sem um beijo ou um adeus. Gostaria de não relembrar-me das tragédias e brigas na casa amarela onde você e Paul Gauguin moravam.
Horrendo foi o instante em que me entregastes o lenço sanguinolento com a tua orelha decepada. Por que para mim? Foi o absinto, eu sei. Foi o desespero da solidão, eu sei. Não encontravas um caminho e caíste no sombrio abismo dos comedores de batatas. Estudavas a Bíblia para salvar almas, mas já estavas perdido.Sonhavas em ser um pastor, mas onde foram parar tuas ovelhas?
Tivemos bons momentos, meu ruivo amado. Por vezes, ficavas a desenhar no ar, com as mãos, as paisagens de Rubens, teu preferido. Confesso que não entendia os teus arroubos, apenas adivinhava a tua paixão incendiária no teu magro peito. Magros, éramos dois famintos que vivíamos às expensas de Theo, o caridoso irmão.
A barba por fazer, a cama tosca onde, nus, nos entregávamos ao prazer dos miseráveis. Dizias com ciúme que eu tinha outros, era verdade. Só te esquecias que tu foste o único que amei em silêncio, pois nessa vida que levo, não devo ousar amar. Chamam-me de prostituta, assim morrerei, foi meu destino.
Gachet, teu médico, não me deu certeza da tua recuperação, mas peço por ti em minhas orações.
E assim, sem saber se essa missiva chegará às tuas mãos manchadas pelas tintas, já estou me despedindo. Despedida definitiva, a tuberculose invade meus pulmões.
Só pretendo mesmo te dizer, Vincent, que nunca, nunca vou te esquecer...
Tua,

Rachel"



É ficção, minha gente! Essa carta nunca existiu. Motivos para fazer a postagem: Van Gogh nunca foi reconhecido em vida e jamais alcançou o amor das mulheres. Além do mais, meus ancestrais eram holandeses provenientes de Zundert na Holanda. Mais ainda, Aldoux Huxley reconheceu a transcendência metafísica na cor amarela que o pintor deixava explodir em suas telas.
Em "Sede de Viver", o filme que traça as biografias dos dois grandes, Van Gogh e Paul Gauguin, contamos com as interpretações marcantes de Anthony Quinn e Kirk Douglas e, de quebra, uma trilha sonora esplendorosa. Vincent merece!

Starry, Starry in Night...a música...


Estou tirando uns quinze dias ou mais para cuidar da vida real. Vai tudo bem! Não se preocupem!

Responderei aos comentários que porventura receber com o carinho e respeito de sempre...
As tulipas do Dr. Clusius não poderiam faltar aqui - ele foi o primeiro médico a fundar a primeira Universidade de Medicina do mundo e na Holanda. Os célebres Países Baixos da monumental engenharia dos diques para conter o avanço das águas são também um grande exemplo da luta de um povo por sua nação.

46 comentários:

giramundo disse...

Vanusa, que "carta" incrível! Uma forma de biografar bastante criativa e original. PARABÉNS!

Beijos e boas férias!

cirandeira disse...

Muito boa a tua "missiva" ao Van Gogh, um dos meus pintores preferidos. Desta vez "extrapolaste" na criatividade,
não é? Estavas mesmo muito inspirada ao escrevê-la!

Te desejo uma "boa saída" e que voltes com tuas energias renovadas.
Beijooo

Cultura Malcriada disse...

E aí, Van!

Opa!!! Primeirão!!!! (hehehe)

Então minha cara... voltei ao ritmo normal! Resolvidos os problemas, finalmente.

Mas este seu post está um show!! E na hora, imediatamente após ler o título, me lembrei bem deste filme mesmo, que o Kirk Douglas interpreta divinamente! Ouvi dizer que saiu um outro, não tem muito tempo, que é bom também (acho que chama "irmãos Van Gogh", mas ainda não vi). Mas enfim... seu post está 10!

Bjão!

Isa disse...

Minha Amiga,que carta mais linda!
Gostei muito de a "devorar".
A beleza da imaginação!
Parabéns!
Boa saída,tudo de bom para si.
Beijo.
isa.

Je Vois la Vie en Vert disse...

O cheiro à primavera lhe trouxe ao meu cantinho verde e eu vim aqui e descobri um pedaço de si nas imagens do slide-show e a sua original maneira de nos apresentar o grande e sofredor pintor Van Gogh.
Gostei....
Beijinhos

Verdinha

Drika disse...

Amiga... q saudades!!! Estive como vc por estes dias tbm, 'cuidando da vida real' =)) muito trabalho, viagens... mas td bem, na graça de Deus! Não se preocupe qto ao que me perguntou vez passada, td se resolve e se ajeita... no caminho de Deus td vai bem e Ele é fiel =)

Vou passar por aqui mais tarde para comentar sobre as estrelas de Van Gogh e as estrelas do céu tbm =)

Bjs no coração e que Deus te abençoe! Te adorooo!

rosa dourada/ondina azul disse...

Esta carta está super!!!

Original, sentida e maravilhosa!



Beijo com carinho,

VANUZA PANTALEÃO disse...

Volta, Edu!
Amigos, vamos pedir ao Google para liberar o blog desse grande amigo!!!

lita duarte disse...

Vanuza,

Excelente post.
Adorei.

Bom descanso.

Beijos.

SAM disse...

Amiga,


...A história não é real, mas a MINHA emoção, SIM! Lindo...

Bom descanso, querida amiga. Beijos, com muito carinho!

angela disse...

Com um amor desse ele teria vivido mais um tempo.
Linda carta.
Bom descanso
beijos

ney disse...

Vanuza,
Bela carta, que fala por todos nós, para quem se foi sem imaginar que nos encantaria a vida, com suas luzes, cores, belezas, sentimentos, alma. Bem lembrado. Abraço/ney.

Graça Pereira disse...

Vanuza Querida
Esta carta é literatura de Mestre! Tenho a certeza que Van Gogh a iria imortalizar numa tela...
Curioso, o amarelo é a minha côr preferida...
Bom descanso, organiza a tua vida mas...não te afastes muito!!
Beijo com carinho
Graça

Daniel Costa disse...

Vanuza

Boas férias, no Outono do Brasil!
Apreciei a leitra do teu saboroso post, sobre Van Gogh. Enriqueci-me bastante, em relação a alguma coisa que sei a respeito do pintor.
Estando de férias, não passarás mas mas mesmo assim digo que postei novo capítulo de A SEDUÇÃO DOS DIAMANTES.
Já agora, fiquei a pensar no teu desafio sobre a cultura do Brasil, que vem despertando muita curisidade, não só através dos blogues.
Beijos
Daniel

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Ninguém nesta blogosfera é mais incrivel que você.Contou toda a vida do artista e ainda criou um romance que só você seria capaz de imaginar!!!

Você é maravilhosa!!!

Adooooro vir aqui!!!

Beijos de admiração!!!

Sonia Regina

Jeanne disse...

Certamente este homem atormentado e genial mereceria um grande amor!
Linda e emocionante carta.
Bom descanso, que a volta seja renovada e cheia de energias!
Beijos

Fa menor disse...

Essa carta... por momentos a julguei verdadeira, tal a biografia.

Parabéns à autora!

Gosto muito da pintura de Van Gogh. Uma pena não ter tido o reconhecimento enquanto vivo. Se naquele tempo fosse a aldeia global que o mundo hoje é poderia ter sido diferente.

Bjins

Nilson Barcelli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Drika disse...

Bom dia, Vanuza! =)
Agora minha vida tá voltando ao 'normal' de novo =) minhas viagens, por hora, terminaram.
Vc havia me perguntado se Tapete Vermelho é um filme, né? Sim, é um filme muito bom, vc vai gostar! É brasileiro, bem cultural... maravilhoso! Adoro muito filmes... e se vc tiver nomes de alguns que gostou, por favor, me recomende =)

Quanto a carta a Van Gogh... delicadeza sua a ele, amiga!
Parabéns, com certeza ele deve sentir sua homenagem de alguma forma. O amor é eterno, ama-se sempre, a todos, aos que estão aqui conosco e também aos que não estão mais.

Um abraço em seu coração... boa semana santa e que estejamos sempre no caminho de Deus!
Bjsss!

C valente disse...

Muito bonito, gostei imenso
Saudações amigas e bom fim de semana

Sérgio Luyz Rocha disse...

Devidamente intimado,cá estou...rsrsrs...e que bom que cumpri a intimação...

Van Gogh deu luz e cor às suas telas, tirando-as de si mesmo...cada pincelada era um naco de vida que lhe abandonava...melhor dizendo, era a vida que se lançava para dentro de cada um que se lhe observasse um quadro. Em qualquer tempo.

Adorei a ideia da carta e o modo como vc. a redigiu, entregando-se à Raquel como Vincent aos seus amarelos.

Fique bem!
Bjs...

Alma Inquieta disse...

Olá Vanuza!

Lindo o texto, ilustrado com imagens de luxo.
Parabéns!

Um beijo e bom fim de semana!

...sim ao amor... disse...

A humanidade de Van Gogh é a maior de todas as artes. Bom findi!

Aracy Crespo disse...

Vanusa,

Muito obrigada pelas palavras carinhosas que você me dirigiu, fiquei emocionada. Tenho certeza que esta amizade vai perdurar por muito tempo. Que Deus ilumine sua vida sempre....

Parabéns pela postagem.

Um grande abraço.

Rodrigo disse...

Que belíssima carta!

A poesia mística e biográfica nos envolve!
Mesmo se tratando de uma amor "hipotético" , a autora cria uma ponte entre a imaginação do leitor e o retrato místico das obras de Van Gogh.
A sensibilidade que adentramos o coração da pobre prostituta, nos comove até ponto de nos convencermos da existência de tal sentimento. Sentimento tão nobre...tão trágico, que habitou entre essas duas almas peregrinas...

Um grande beijo!

Rodrigo.

renato disse...

Olá, Vanuza!

Muito belo o que acabei de ler!

De todas as dores a que o coração humano é acessivel, a maior, porque é a mais refinada e a mais complexa, é a que ele ou ela sente olhando para dentro de si próprio, e vendo que tudo que ele julgou eterno se vai desfazendo lentamente, perpetuamente, sob a corrosiva acção do ou da grande inimigo(a)...

Sobrevivemos aos que amamos e ficamos tristes... sobrevivemos a nós, mesmos e nada nos consola!

Como sou um aprendiz-pintor nas horas vagas, vou-lhe enviar umas telas pelo seu e-mail, para me transmitir a sua "apurada" critica!

Um beijo,

Renato

Francisco Sobreira disse...

Vanusa,
Nunca é demais se homenagear um artista da grandeza de Van Gogh, um homem também de alma tão torturada. E você também aproveita para homenagear a Holanda dos seus ancestrais. E que bom receber a sua visita lá no meu blogue. Boas "férias". Um abraço.

εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\ disse...

Olá!
seu blog é uma gracinhaaaaa!!!
obrigada pela doce visita em meu blog!
vim conferir as novidades!
um ótimo fds!
=D


F E L I Z P Á S C O A!!!

       ( ),,( )
       (=':'=)
  ﻶﻉჱﻶﻉ═¤═(,,)♥(,,)═¤═ﻶﻉჱﻶﻉ

Com carinho, para você e sua família...


εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\

Mirtes disse...

Olá Vanusa,

Conheci seu blog através de Aracy que é minha mãe e adorei tudo que vi aqui, por isso estou te seguindo.

Um grande beijo

Sonia Schmorantz disse...

Quero ser o teu amigo. Nem demais e nem de menos. 
Nem tão longe e nem tão perto. 
Na medida mais precisa que eu puder. 
Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida, 
Da maneira mais discreta que eu souber. 
Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar. 
Sem forçar tua vontade. 
Sem falar, quando for hora de calar. 
E sem calar, quando for hora de falar. 
Nem ausente, nem presente por demais. 
Simplesmente, calmamente, ser-te paz. 
É bonito ser amigo, mas confesso é tão difícil aprender! 
E por isso eu te suplico paciência. 
Vou encher este teu rosto de lembranças, 
Dá-me tempo, de acertar nossas distâncias...
Fernando Pessoa

Um domingo de paz e amor junto aos seus!
abraço

Graça Pereira disse...

Vim deixar-te um beijinho porque hoje é Domingo de Ramos e também nós precisamos de os estender para que Jesus passe nas nossas vidas.
Beijo
Graça

Justine disse...

Pontos de afinidade entre nós: gosto muito de Van Gogh e de túlipasmons, os livros são-me indispensáveis e estou apaixonada por Amsterdam porque o meu filho mora lá!
A tua carta está uma delícia:)))
E obrigada pela tua visita ao Quarteto!

Kamilla Barcelos disse...

Van Gogh foi um artista bem polêmico, que ainda está recheado de mistérios.

εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\ disse...

Oieeee amiga!
vim agradecer a sua doce visita em meu blog!
vc é um amor!
volte sempre!

=► FELIZ PÁSCOA ◄=

 **
  ** **
 **   **
 **   **        *****   
 **   **       **   ****  
 **  **       *   **   **   
  **  *      *  ** ***  **  
   **   *    *  **     **  *   
     ** ** ** **         **  
    **   **  **  
   *           * 
  *             *
 *     0   0      *  
 *   /   @   \   *
 *   \__/...\__/   *   
   *    |_|_|    *
     **      **
       ****

Desnuda disse...

Amiga, hoje vim te deixar um beijo e admirar este belíssimo quadro de Van Gogh. E me escapou as Tulipas com esta informação maravilhosa. Belíssimo post!

Lilá(s) disse...

Mas que maravilha de post, sou admiradora de Van goh, aprecio imenso as suas obras e história de vida.
LINDO AMIGA
Bjs

O Árabe disse...

Muito bom, Vanuza! Resolva sua vida, sim... mas não demore de voltar. :) Boa semana!

Juliana. disse...

Vanuza, sou sim..terra boa neh!
Mais que carta linda, quem dera pudessemos dizer a cada grande artista o que suas obras representam!
Beijos Vanuza, linda noite!

Layara disse...

...gosto das Tulipas, beleza rara...
Gostei imenso do teu espaço, percebemos um carinho na forma colocada, as imagens escolhidas e os temas todos lindos tbm.

gostei e voltarei.

Bjo!

Paz e Luz!

* Fada * disse...

*Vanuza Querida !!! *

Menina, teu blog está um SHOW

de *Cultura e *Beleza !!!

*Parabéns !!!

*Vim aqui te dar um OI e te

desejar uma ALEGRE semana de

trabalho !!!

*Fiques com Deus.

*Beijossssssssssssss.

* Fada * disse...

*Vanuza, tô aqui me sentindo a

ÚNICA *Coca-Cola no deserto por

causa do teu comentário de agorinha

lá no meu "amado" *Caderninho !!!

*Muito obrigada pelo teu

carinho, *Amiga Querida !!! *

*Fiques com Deus.

*Beijosssssssssssss.

Nilson Barcelli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Déia disse...

OI Amadaaaaaaaaaaaa!!

Meu blog foi parfa o beleleú , enfim.. fiz outro e passei aqui para te deixar o meu carinho !!

Beijos Querida

b disse...

Comoveu me profundamente o jeito como você REALMENTE escreveu para o pintor, a pessoa.
Identificação.
O amarelo do ouro dos bens do coração, isto é certo.
Nada é em vão após a barreira irreal de tempo/espaço portanto saiba que ele recebeu a sua carta.
E certamente, responderá em trigos , girassóis e o que mais for.
Você é pessoa - gênio. Essa carta, estava em algum lugar do Universo e captou-a.
Mensageira.

Bill Falcão disse...

Esse filme, "Sede de Viver", é dos que mais me emocionaram, Vanuza! Kirk Douglas merecia um Oscar pela atuação!
E também sou descendente de holandeses. Daquelas invasões lá no Nordeste, hehehe!!
Bjooo!!

MARA disse...

Querida Vanuza,
Em primeiro lugar uma Santa Páscoa.
Quanto à carta sobre Van Gogh, acho uma ideia muito original e bela.
A primeira pintura de van Gogh sobre as estrelas, conheço-a muito bem e parece a original.
A segunda, a da Casa Amarela, fico a pensar se foi a Vanuza qua a pintou? Se foi, eu não valho absolutamente nada.

Beijinhos

Mara/ Milai