segunda-feira, 20 de abril de 2009

A Rosa e a Morta

A Universitária Fabiana passava muitas madrugadas teclando com seus amigos virtuais, mas não imaginava que um dia fosse experimentar uma situação perturbadora como a que passaria a viver. Certa noite, Horácio pediu-lhe que fosse adicionado na sua lista de amigos e mandou-lhe uma foto onde surgia o rosto de um idoso que contrastava com o seu físico ainda musculoso e saudável. O distinto senhor usava frases curtas para se comunicar e o bate-papo estendeu-se por alguns meses sem que o mesmo revelasse algum detalhe de sua vida pessoal. De certa feita, uma foto de sua casa foi por ele enviada àquela nova amiga e na mesma sobressaía um roseiral em plena floração que reverberava ao sol de um claro verão.
Juntando-se a essa imagem vinha uma explicação enigmática:
-Essa roseira foi plantada por minha falecida esposa. Fabiana sentiu alguma estranheza naquilo tudo. Tomou um banho morno e foi para a cama.

O SONHO DE FABIANA:
Um carro funerário parou em frente a um poste de luz bruxuleante onde alguns homens carregavam um caixão metálico aberto. Lá, jazia um corpo de mulher. Na verdade, já não se tratava de um corpo comum, mas de uma dilaceração sanguinolenta terrível.
Fazendo um esforço intenso e suando por todos os poros, Fabiana, finalmente abriu os olhos e teve uma espécie de iluminação onde algo indicava a participação de Horácio naquele crime.
O arquivo de velhos jornais foi remexido por suas mãos hábeis, surgindo dali reportagens que davam conta daquele crime hediondo. Horácio havia sido preso, porém passara poucos anos na penitenciária. Estava, atualmente, levando uma vida próspera e conquistando suas futuras vítimas pela internet.
Finda a triste pesquisa, a moça foi até o seu computador e excluiu para sempre, quem sabe, o seu futuro assassino.
Na roseira tingida de sangue, Cecília, a morta, revelara a ela a verdadeira face de um monstro.
CECÍLIA DESCANSA EM PAZ...
------------------------------------------------------
Não temam, é apenas uma ficção!

83 comentários:

Isa disse...

Minha Amiga,já tinha saudade de ler
textos seus.
Há neste um aviso muito importante:
cuidado com quem conversamos.
É extremamente útil em qq.idade!
Depois notei como q.um "contacto"
com alguém q.ajudou e evitou algo de muito grave.
Às vezes dizemos:houve uma luz,ou
parece q. tive alguém a iluminar-me.
Parabéns,minha querida.
Beijoo.
isa.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Uauuuuuuuuuu! Que texto amiga.Sua cabeça é de escritora?Deve ser, tem que ser.
Lembrei de um livro que li, "Na rua onde moro", na verdade a história é bem diferente mas lenbra...
Beijos amiga.preciso te mandar um E-mail, tenho coisas para contar.
Coisas boa é claro!

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA VANUZA, HILARIANTE TEXTO ONDE O HORROR SE CONFUNDE COM A BELEZA... BEIJINHOS DE CARINHO AMIGA...
FERNANDINHA

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Vanuza,

Uma ficção que tem tudo a ver com o real. Isso é pra conscientizar as pessoas... seu texto está maravilhoso.

Beijo grande.

Rebeca

-

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

O Néctar da Flor mais uma vez homenageia os amigos queridos com mais um selo, onde a magia acontece, seja ela qual for.
Não existem regras, apenas repasse com carinho para aqueles que fazem a mágica da escrita criar vida.



Beijos jogados no ar, sempre!

Olavo disse...

Belo texto..
vc escreve muito mais muito bem..
Beijos otimo feriado

Pico minha ilha disse...

Pode não ser realidade Vanuza mas muito disso existe por ai.Um texto que nos leva a pensar e ver toda a realidade dos nossos tempos.Beijinhos com amizade

SILÊNCIO CULPADO disse...

Vanuza

Mais do que uma bela história muito bem contada, esta narrativa mostra a face hedionda de muitos indivíduos que circulam impunemente entre nós angariando novas vítimas.
Por vezes há premonições. Eu acredito que sim.

Abraço

Sandra S. disse...

Nossa :O
Fiquei com um nó na barriga que só amenizou quando disseste que era uma ficção...Apesar de que acredito que não existe ficção pura, há sempre realidade entre as linhas da imaginação.

:)
Estava em passeio e parei aqui,
gostei muito,
parabens :)

feiticeira disse...

Vanuza,

Estava com saudade do seu carinho, da sua energia boa... Não quero mais perder contato, nem passar tanto tempo sem dizer que adoro tudo o que vc escreve.

Beijo grande.

Rebeca

-

Emanuela disse...

Oi Vanuza, um alerta claro sobre amigos virtuais.Sem dúvida,precisamos estar atentos.
Beijinhos

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Olá, Vanuza!Não desapareça assim!!!!

A medida que lia pensava que você havia descoberto mais um seria-killer via internet,rsrs!

É ficção,mas poderia não ser,seu conto é perfeitamente plausível!!!

Conversamos e trocamos assuntos com tantas pessoas que poderão ser quem dizem que são ou não...

Diariamente,a toda hora,corremos este risco!Deus nos proteja!

Beijos saudosos!Sonia Regina.

Pelos caminhos da vida. disse...

Ao despertar para mais um dia, eleve o pensamento aos céus.

Alcance, pelo pensamento, as altas paragens onde reina a harmonia...

E já não ouvirá os sons estridentes da Terra, mas as melodias suaves dos Anjos, dos Arcanjos, dos Serafins, que são mais delicadas que as brisas da manhã quando brincam na folhagem dos bosques...

Eleve a alma ao Criador e sinta o perfume das flores celestes cultivadas nos mundos sublimes.

Busque a paz interior e, só então,
levante-se para ter um bom dia...

beijooo.

Sonhei que estava te visitando em sua casa hoje.

Anderson Meireles disse...

Caramba, que história!

Nossa sintonia anda em boa fase.
Acabei de postar um texto chamado 'Flores e Silêncio'.
Mágico, não?
Abraço!

Tiago Faller disse...

Muito bem escrito, só para não sair da rotina.

Apesar de ser um ficção, não deixa de ser real na vida de alguns que se descuidam em relacionamentos na internet. Vale sempre alertar, seu texto é um bom passo para tal.

Obrigado pelo carinho de sempre! Beijos...

Cadinho RoCo disse...

Os sinais são muitos e estão espalhados por aí a todo instante.
Cadinho RoCo

O Profeta disse...

Fabuloso o teu post...


Doce beijo

cristinasiqueira disse...

Oi Vanuza,

Sabe...ficção que arrepia.Pois é
situações assim passam por perto da gente enquanto nos divertimos com as conexões de brincadeirinha.
Boa crônica,gostosa de ler,instigante .
Convido vc a visitar os meus escritos ,são 6 blogues,mais comece pelo
www.cristinasiqueira.blogspot.com

Beijos,

Cris

Dona Sra. Urtigão disse...

Apenas ficção? Mas parece com coisas que vemos por ai. Narrativa muito bem construida.

O Trovador disse...

Vanuza,
Essa situação é mais trivial do que possamos imaginar.
Acertou em cheio.
Te mando um beijo!

JC disse...

Temos que ter cautelas porque muitas vezes podemos fazer amizades como a descreves neste teu texto.
São sempre importantes estes alertas.
Gostei do teu blo.
Voltarei
Beijinhos

rosa dourada/ondina azul disse...

Bonita lição que daqui podemos tirar.

Ainda bem, que é apenas ficcão!

Bem podia ser real, com as histórias que vamos ouvindo...

Parabéns pela postagem!
Beijinho,

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Esta sua postagem está demais.
Você será a nossa nova escritora.
...e suas rosas são divinas, mas as abelhas aparecem atraídas pelo perfume e pela beleza.
isso pode ser perigoso! [rsrsrsrsr]
beijosssssssssssssssss

Daniel Costa disse...

Vanuza

Como conto policial gostei da ficção. A história sendo ficticia, nos dias de hoje, torna-se verosímel. Um caso desses, por certo, não teria acontecido a primeira vez.

Aproveito paa dizer-de que Paula te espera.
Beijinhos,
Daniel

Rodrigo disse...

Este texto policial, nos faz lembrar a épocas dos grandes romances policiais americanos. Esta históia poderia até se alonga mais.
te adoooro!
Rodrio.

eva disse...

Independentemente da ficção é bom que nos habituemos a lidar de modo inteligente com os sonhos.
Quando é pesadelo, podemos (e devemos) tentar retomá-lo e arranjar-lhe um final tanto quanto possível feliz. E quantas vezes ele retornar tantas devemos aperfeiçoar o nosso final feliz. Quando é sonho devemos tentar separar o que é passível de nos ensinar alguma coisa do que não entendemos mesmo. Nesse caso a gente espera, que um dia - quem sabe? - talvez a gente entenda.
Amiga, gostei do seu texto e o problema é que ele não é só ficção, não. Antes fosse!
Bom fim-de-semana!
Bjss

Daniel Costa disse...

Vanuza

O fundo da foto é um painel de azulejos repesentando uma paisagem da cidade de Setúbal, a 30 Km de Lisboa. Foi tirada ontem, junto ao restaurante onde almoçamos naquela cidade.
Beijinhos,
Daniel

Pelos caminhos da vida. disse...

Um lindo domingo pra vc amiga.

beijooo.

Rodrigo disse...

Amor, me desculpe, eu cometi dois erros de digitação:
-História
-Alongar
Te amo, te amo...

SILÊNCIO CULPADO disse...

Vanuza

Vim reler o teu texto e deixar-te um abraço.

Dona Poesia disse...

Olá Vanuza, como vai? Acho muito interessante essa forma que você usa para contar as suas histórias, com fotos, parece até aquelas antigas fotonovelas que eu lia na minha infância (eu pegava das minhas irmãs mais velhas).
Fica interessante, ilustrado assim.
Sobre ficção, na verdade acho que se não for o realismo fantástico, na linha do Garcia Marques ou de sua seguidora Isabel Allende, tudo o mais que a gente escreva é algo real e bem possível de ocorrer. Aqui no Brasil mesmo aconteceu um fato mais assutador que esse do seu conto, há alguns meses. Só que foi um pai, que matou e picou seus dois filhos pequenos, instigado pela madrasta dos meninos. Fato real, realíssimo.
o que faz do escritor um escritor é justamente isso: contar a realidade, de maneira a fazer o leitor mergulhar e pensar que aquilo é ficção pura.
Enfeitar, usar de metáforas, de linguagem literária e fazer o leitor pensar: que bela ficção.
Se assim nao for, a realidade fica por demais parecida a uma notícia de jornal, e aí nao seria literatura: seria uma notícia jornalística.

Gostei das fotos e do modo que escolheu para ilustrar, justamente para dar a impressão de que trata-se de ficção mesmo.

Um grande abraço

clean and clean disse...

Vanuza,
Já consegui concluir uma grande parte do meu trabalho sobre os Bernardes. Grandes descobertas. Na minha opinião a morta é que é a rosa. Sensível aviso aos desavisados.
Domingo bom!

JC disse...

Passei para te desejar uma boa semana.
Beijinhos

Beautiful Stranger disse...

fascinante post, como a tempos não lia, soube como prender minha atenção em cada frase escrita; excelente, parabens...


;)
strangerbeautiful.blogspot.com

SAM disse...

Amiga, um impressionante relato de ficção, mas com certeza muito há de realidade e digo isso sem medo de parecer exagerada. Um post fantástico pela narrativa escrita e pelo conteúdo. Não só já vivi como presenciei, ao longe, fatos bem terríveis...


Grande beijo! Linda semana, Vanuza!

Pelos caminhos da vida. disse...

Hoje ainda será melhor do que ontem!" Este deve ser seu
pensamento para todos os dias. Acredite, confie em seus planos e a
vida será cada vez melhor. Os seus pensamentos irão determinar o
tipo de vida que você vai ter. Portanto, tenha pensamentos positivos,
de esperança. Confie! Se você pensar que as coisas boas lhe
acontecerão, isto se tornará realidade. Afinal, nosso pensamentos
são como ímã: se você pensar em coisas boas, só atrairá coisas
boas. Se você pensar em coisas ruins, elas virão rapidamente! A
decisão é sua!

(Louise Hay)

Uma boa semana pra vc amiga.

beijooo.

AugustoMaio disse...

Obrigado pelas suas agradádeis visitas.
Interessante o texto e linda a rosa.
O blog continua um bonito caminho para regalar a vista e pensar.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Vanuza! Olha, adorei tua estória, muito bem descrita e de um desenrrolar inteligentíssimo, inclusive, pode-se até pensar que a mesma foi baseada em fatos reais, pois com certeza, existem histórias reais, até mesmo com finais mais trágicos. Parabéns!

Perdoe-me as baboseiras, é que estive navegando, avistei tua nave, invadí e não resistí.

Beijos,

Furtado.

Soraia Camila disse...

Olá amiga!
Tudo bem...

gostei do texto!

um forte abraço

Bala Salgada disse...

Que aventura!

É tão difícil ler sobre alguém na Net e no entanto é algo que todos fazemos hoje em dia.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Amiga, primeiro uma triste notícia; Roubaram o blog de Simplesmentemanuela.
Ela está apavorada, com medo e com vontade de fechar o blog.
Passei para desejar a você uma ótima semana.
Apareça.
beijos

Anderson Meireles disse...

Post novo, com música!
Se gosta de selos, pegue pra vc um que recebi,
abraço!

Eu, sem clone disse...

Fato real? e quem sera o sr. da foto? talvez ele mesmo a estivesse avisando?

Fernando Rozano disse...

texto instigante e com narrativa de muita fluidez e densidade. teus posts são sempre esseciais. meu abraço carinhoso.

Cadinho RoCo disse...

Passei por aqui outra vez.
Cadinho RoCo

Apenas nós disse...

Uma premonição, um sonho pode também salvar uma vida. Esses crimes, via internet, estão se tornando pragas modernas.
Beijos do casal!

João Videira Santos disse...

Na cor, o vermelho da história.

Uma história interessante.

Vou voltar

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia Vanuza.

Tem selinho la pra vc amiga.

Bom fim de semana.

beijooo.

Anônimo disse...

Gostei !
Muito bom!

Sonia Pantaleao !

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom feriadão pra vc e aos seus amiga.

beijooo.

Gosto que me enrosco disse...

Quantas mortas sem descanso e sem rosas por causa desses monstros?
O mundo tem de tudo.
Um feriado bom!

Pelos caminhos da vida. disse...

Abri um blog só para presentes amiga,passe lá para ver e me diga o que achou?

Fim de semana iluminado pra vc e aos seus.

Um gde abraço.

beijooo.

Daniel Costa disse...

Vanuza

Enquanto, não vou vendo nada de novo no teu belo espaço, saúdo-te e cá estou a convidar para uma visita à Paula, no seu escritório "Investigações Particulares".
Verás a ficção de um caso que tem verosimilhança, na blogosfera. Eu próprio fui vítima, pelo que venho estudando o caso.
Tenho respostas de responsáveis, que dão até para gorotos de escola sorrirem.
Beijinho,
Daniel

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

PASSATEMPO/CONCURSO

Vanuzazyta

Está a decorrer n’A Minha Travessa do Ferreira, um novo passatempo/concurso sobre o tema Frases feitas. Vai até sexta-feira, 8.

Há prémios diversos para os três vencedores, incluindo os «prémios/mistério» que têm sido muito bem acolhidos por que os tem ganho.

Se quiseres dar lá um saltinho e tentar a sorte – muito obrigado. E passa a informação aos teus amigos e correspondentes, por favor. Lá te espero e a eles também…

Qjs

Pelos caminhos da vida. disse...

Semana de luz amiga.

beijooo.

literatura disse...

Olá querida Amiga Vanuza!
Depois de uma pausa, cá estou para continuar nos convivio dos amigos.
Li a tua postagem. Um Bom de ficção. Uma hitória sempre possível para os tempos que correm. Por isso ela alerta toda a gente para os cuidados a ter.
Envio-te os desejos de uma Boa semana, e um beijinho Grande!

Cultura Malcriada - disse...

E aí Van!

Não esqueci de você não... só tava meio enrolado aqui com as coisas.

Sobre o texto, é muito interessante! Engrosso o coro da Martha sobre seu dom literário, principalmente por tratar de um assunto tão atual.

Mostra também (nas entrelinhas) a desconfiança que todo mundo tem sobre todos... e não sem razão. Hoje em dia, todos esperam o pior de cada um! A inocência nas relações interpessoais é um bicho raro de ver.

Bjão!

Adriano disse...

Amiga, me ausentei por motivos pessoais.
Volto para apreciar um dos contos mais perfeitos sobre crimes ligados à internet.
Uma bem sucedida semana!

Além da imagem disse...

Consegui ver além das palavras a face desse monstro...

Quero estar com você disse...

Rosas vermelhas, dama ensanguentada, almas em conflito. Tudo isso aqui, muito bem contado.
Beleza de história!

GiGi disse...

Rosas vermelhas para uma dama triste, esse era o nome de uma música. Aqui, é para uma mulher morta.Triste, muito triste que isso aconteça.Beijos, amiga!

Zíngara disse...

Todo cuidado é pouco, irmã. Tanto na real como na virtual.
Gostei demais.

...sim ao amor... disse...

Terrível
Mas verdadeiro
Falta amor
Nos corações
Das pessoas

A Voz da Floresta disse...

Irresistível essa postagem, realismo fantástico, seria um Borges de saias?
Amo-te!

Pedrasnuas disse...

O SEU BLOGUE PARECE SER UMA ORQUESTRA COM TODO O TIPO DE MÚSICA ...UM RITMO FORTE...AVASSALADOR...ATÉ O SEU NOME VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA ...REMETE-ME PARA UM FURACÃO NAS ARTES NA CULTURA ,NA FICÇÃO OU POLICIAL...ENFIM...UMA ARTISTA DE CORPO E ALMA!!!

PARABÉNS!
ABRAÇO SENTIDO

A Flor do Sul disse...

Todo sonho tem algo de profético!
Amei as fotos também. Um beijo, minha flor, e até a próxima.

Pedrasnuas disse...

UM SORRISO E UM BOM DE SEMANA

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Estão entrando nos blogs amiga, que coisa horrível.Tem gente querendo fechar seus blogs.
Pode?
Temos que postar algo todas juntas, sei lá, fazer alguma coisa.
beijossssssssss
Boa semana .

SAM disse...

Vim te deixar um carinhoso beijo, amiga! E te desejar uma feliz semana.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Vanuza, juntamos forças e fazemos um alerta? quem sabe funciona?
beijosssssssssssssssss

MEUS PENSAMENTOS disse...

vim lhe agradecer a visita,o seu blog é um lugar muito especial,aqui tem que sentar com um café e curti,parabéns!
aconchegante lugar com postagens espressivas que nos enche de vida e cultura,volto com mais calma para soborear este lugar tenha uma linda noite querida!

Pico minha ilha disse...

Um beijo enorme amiga.É só este mês no próximo tudo volta ao normal.

Max Vozes disse...

Sem tempo nem para fazer post do dia das mães, mas desejo-lhe um feliz dia, menina.
Tanta gente a se iludir com essa net.
Abraço aí pra tua família!

A.S. disse...

VANUZA,

Gostei muito da tua gentil visita! Obrigado!

Quanto ao teu lindo "post", apenas te digo que há mistérios que só os sonhos conseguem desvendar!...


Beijos...

J. Araújo disse...

Um conto, macabro, muito bem escrito por sinal. Grande escritora. Parabéns!!

Bj

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia amiga.

Estarei ausente por uns dias,vim aqui para desejar a voce um Feliz Dia Das Mães.

Fim de semana de luz.

Um gde abraço.

beijooo.

Sinfonia Imortal disse...

Abençoado seja o dia das mães para você, minha amiga e escritora!

luzdeluma disse...

Ficção! Poxa, eu sou muito auto sugestiva, como diz minha mãe. Bateu medinho!! (rs*) Credú!!

Vanuza, comentou no luz com o link errado e somente agora retorno, porque vi seu nome na lista de comentários do blogue do Árabe.

Beijus,

Cultura Malcriada - disse...

Olá, Van!!!

Passei pra ver se tinha novidade... como não tem, deixo um beijo!! rs

Até...

Natureza pedindo socorro disse...

A violência contra a mulher é real, não adianta querermos fugir dessa realidade. Contra os animais em extinção também.O planeta chora.

Severino Cordelista disse...

Mãe é o tesouro maior que Deus botou na terra.Você me incentivou e aqui venho lhe deixar os meus préstimos.
Severino cantadô!

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Vim desejar uma boa semana e avisar que postei sobre vampiros.
Achei que era uma boa hora de falar de Dracula.
beijos

Zilda Santiago disse...

Van!!!!!!!!!!!Obrigada pela visita carinhosa,como sempre.Repito que este conto é demais!Adorei.Grande beijo.