quinta-feira, 21 de agosto de 2008

GILDA OU RITA? E MUITO MAIS...DIVAS


RITA HAYWORTH COSTUMAVA DIZER:

1- "Os homens dormem com GILDA, mas acordam com Rita."

2-"Vocês não sabem como é difícil envelhecer..."

3-Num restaurante do Rio, nenhum "cavalheiro" se ofereceu, numa tarde chuvosa, para levá-la para o hotel. Rita saiu na rua, sozinha, com as roupas encharcadas. Enfrentou a tempestade!

Rita, a "RAINHA DO FILME NOIR" com apenas um filme, "GILDA", dotada de uma beleza física estonteante, não suportou as intempéries do tempo e o desprezo sexual dos homens...Afundou na bebida, drogas e sofreu terrivelmente com o Mal de Alzheimer que, à época, não tinha a menor possiblidade de, ao menos, ser amenizado. Seu cérebro apodreceu e sua ARTE E BELEZA estão imortalizadas nos seus belíssimos filmes.
Mas," GILDA" marcou porque:
"JAMAIS HAVERÁ OUTRA MULHER COMO...RITA!"
Nossa conclusão pessoal: não tentemos construir nossas vidas sobre bens ou pessoas, pois tudo passa, tudo é impermanente...

Muito bem! Eu ia parar por aqui e passar a semana cuidando da vidinha real, mas aquele "desafio" do meu amigo Sérgio do blog "TRAMA BACANA" começou a se infiltrar insidiosamente nos meus "dois neurônios" (agora já avariados, rsss). Olha só a dele:"-Vamos fazer uma lista das dez maiores "DIVAS" do cinema?" Puxa, e eu querendo ir pra outro lado...Mas, não custa nada, né gente? "RECORDAR É VIVER!" Aviso: essas 10 "Divas" poderão ser doze, treze... E um pedido de desculpas às demais que ficaram de fora. E quem por aqui passar, vai falando, vai acrescentando...Depois, obviamente, virão "OS DIVOS". Decididamente, quem tem blog, não tem sossego, mas que dá prazer, dá!


Novas "Divas", pela ordem:

1- Luiza Maranhão: "Ganga Zumba"... (imagem em preto-e-branco de um outro filme, ver IMDB).

2- Esmeralda Barros (Prata da Casa, morava em Nova Iguaçu): "Filmes italianos e um de 007 no Rio"...(Esmeralda é a última, de maiô negro com enfeites vermelhos, dando uma gostosa gargalhada, foi uma das "Musas do Pasquim"). A conheci pessoalmente, belíssima, corpo escultural. Nova Iguaçu revelou vários artistas para o Brasil, farei post a respeito, em breve.

3- Virna Lisi: " A Moça e o General"...(um dos muitos filmes dessa grande atriz, esse tem uma das cenas mais interessantes que já assisti sobre a paixão de um nazista por uma camponesa).

4- Rejane Medeiros: " Anita Garibaldi, filme italiano"...(carreira interrompida, mas marcante, há projeto de um filme sobre a sua biografia, foi (ou é) casada com o músico Egberto Gismonti).

5- Odete Lara: "Noite Vazia"...(foi um filme importante, mas a cena em questão é de um filme de Gláuber Rocha; a atriz retirou-se da vida artística no auge da carreira; saiu na hora certa, pois buscou a Espiritualidade).

6- Norma Bengell: "Os Cafajestes"...(já vinha do melhor filme da Atlândida, "O Homem do Sputnik"(Carlos Manga, diretor) e foi o primeiro nu do cinema em outro filme com Jece Valadão; também é diretora).

7- Monica Vitti: "A Aventura"...(uma filmografia magnífica, ver IMDB).

8- Marylin Monroe: " O Pecado Mora ao Lado"...(um mito, sex-simbol mundial).

9- Maria Félix:" Juana Gallo"...(gosto dessa em especial, ESNOBOU HOLLYWOOD, foi convidada, mas declinou do convite, preferiu viver e filmar na França).

10- Maria Conchita Alonso: " A Casa dos Espíritos "...(atriz interessante, sabe ser sexy, mas interpreta seus papéis "sérios" como no supracitado filme, com capacidade).

11- Liz Taylor: " Adeus às Ilusões "...(essa, sem comentários!).

12- Belinda Lee: " Brevi amore a Palma de Mallorca "...(morreu jovem, mas tem uma considerável filmografia, ver IMDB).

13- Adriana Prieto: " Soninha Toda Pura "...(muito famosa nos tempos de chumbo da ditadura de 64, foi uma excelente intérprete de Nélson Rodrigues, está aí, na capa da revista).

A todas, oferecemos essas rosas, estendendo nossas homenagens às "Divas anônimas" e não menos importantes espalhadas por esse mundo afora...Aos homens, nossos companheiros de jornada, todo o nosso Carinho!

* IMDB: Internet Movie Database, um guia completo para quem pesquisa obras cinematográficas, artistas e afins.

87 comentários:

Desnuda disse...

Maravilhoso e sensivel texto, amiga. Não só Rita, mas muitas atrizes desta geração sofreram bastante com a máquina esmagadora da grande Hollywood, como hoje também. A vida pessoal confunde-se com um grande telão. Assim como hoje muitas vidas se confundem na ilusão de uma tela de computador. São muitas as fugas. As " Marias" sonham em ser a Gilda esquecendo-se que Gilda era a Rita, como toda Maria. Ela também esqueceu.


Grande beijo

clean and clean disse...

Rita, Ava, Greta,Marilyn todas inatingíveis, todas tão frágeis.Só queriam ser amadas. Posts com conteúdo e beleza, só você para nos presenteá-los!

f@ disse...

Olá Vanuza,
Não sei se existem bens... tão pouco bens permanemtes...
Mas existirá sempre o ser humano na sua grandiosa fragilidade...
beijinhos das nuvens

Guilherme disse...

O que importa são as impressões da vida, a lição que temos todos os dias que é o importante aprendizado, essencial para nos melhorarmos, lembrando sempre que a vida é efêmera.

Beautiful Stranger disse...

certíssima; a vida é um aprendizado que algumas pessoas insistem em desprezar; existem coisas infinitamente mais importantes que os descritos 'bens'; chego a pensar em desistir
às vezes, mas algo me faz superar os obstáculos; esse 'algo' não tem nada haver com materialismo e sim com sentimentos verdadeiros; se por algum motivo nos magoam, podemos ter 'tudo' mas esse 'tudo' não terá valor; cada gesto, cada palavra, tudo deve ser muito, repito 'muito' bem pensado; a palavra tem força suficiente para reerguer ou destruir uma pessoa; deixo aqui meu afeto, minha sinceridade nas palavras para todos que por aqui passarem - "vivam como se não houvesse amanhã, pois um dia isso será verdade"...

:D
http://strangerbeautiful.blogspot.com/

mail-msn-orkut: bs_live@live.com

bichos em extinção disse...

Minha tia sabia tudo da vida dela e um dos fatos que ela repetia muito foi seu glorioso casamento com o príncipe Ali Khan e de tal união nasceu sua única filha que luta para reabilitar a sua imagem. Rita é humana e melhor que Gilda.Retomei meu desejo de falar sobre animais em extinção...

Sérgio Luyz Rocha disse...

...não sei...talvez o glamour fosse mais latente (até fumar era glamouroso...), talvez e convencionou chamar de "beleza clássica" talvez fosse, de fato, a beleza canônica por assim dizer...enfim...mas não sei se Rita foi assim tão infeliz...sua estória tem certos ares de tragédia (até pelas circunstâncias da morte)e todo mundo insiste na tecla da infelicidade amorosa...cinco maridos, até um príncipe!! quem sabe tenha sido feliz cinco vezes!!!

Vanuza, adoro seu blog - estas homenagens tão diversificadas e a possibilidade de encadear sempre uma conversa proveitosa...é muito legal!!

Bjs...

Max disse...

Pelo que sei, em Gilda, ela revelou um talento musical incrível, havia uma música...como fui esquecer?

JADY*ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Olhos de Mel disse...

Oie minha amiga! O tempo é implacável com todo mundo, porém alguns homens, acham que apenas a mulher envelhece. Mas todos esquecem que tudo passa. A beleza e o tempo jovem, inclusive!
Bom fim de semana!
Beijos

JADY*ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo disse...

Gilda e a Dama de Shangai são as duas obras-primas desta grande atriz.
Um pouco injustiçada nos dias de hoje, Rita faz parte da galeria das "Grandes Deusas do Cinema", que conciliavam beleza e maestria nas suas atuações.
Rita será sempre imortal, enquanto houver aqueles que amam o cinema em sua expressão mais bela e intensamente artística.

daniel disse...

Vanuza

A artista valeu, mas a sua história não teve fim feliz,
Uma doença regressiva, pode sempre fazer perder a auto estima necessária para enfrentar a agressividade, do meio onde se movem as vedetas.
Beijo
Daniel

Mello disse...

Olá, Vanuza!

O Pior erro do ser humano é construir a sua história pessoal através de outra pessoa! Não são os outros que nos ajudam a viver, somos nós com a nossa elevada auto-estima... com nosso amor próprio.E os outros aproximam-se de nós pelo nosso brilho, pela nossa alegria...
Bonito texto, com uma história triste... A Gilda ou Rita não encontrou ninguém que lhe indicasse o caminho da luz...
Que pena! Uma mulher tão linda!
Muitos beijinhos,

Graça Mello

Antunes Ferreira disse...

Boas

Passei hoje por aqui para vos dizer olá! E ver como vão as coisas. Pelo que vejo, felizmente bem. Repito: gosto deste blogue. Virei cá sempre que puder pois entendo que o mereces – e dá-me prazer.

Espero também que voltes ao meu Travessa do Ferreira. Ou que o visites pela primeira vez. Ficarei, podes ter a certeza, muito satisfeito.
Qjs Abs

JADY*ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João da Silva disse...

Há alguns blogs que me fazem sentir pequenino... ou melhor, que me fazem sentir do meu real tamanho: o de uma azeitona. O seu é um deles. Não só pela cultura, como pela beleza, pela coerência, pela linha de raciocínio... pelo conjunto.
Beijos do João

Sérgio Luyz Rocha disse...

Creio que a importância das discussões resida no produto. O que contesto extamente é a aceitação, pura e simples, das coisas como são sem questionar por que são assim, ou então no intuito de uma política de boa vizinhança...
Rita foi uma grande dançarina, não tão boa atriz, mas linda, muito provavelmente uma das cinco mulheres mais belas da história do cinema, e não discordo de você Vanuza, realmente a atmosfera de sua vida foi tocada pela tristeza, mas certamente, felicidades não foram poucas.
E por falar em mulheres bonitas (e você, pelo que noto nas fotos pequeninhas é uma delas)que tal elegermos as divas do cinema???

Bjs!!!

PS. se Clarice tocar meu texto, serei um escritor satisfeito...

São (2) disse...

Margarita foi uma mulher bem infeliz, tal como Norma Jean.
De nada lhes valeu a fama e a beleza e a riqueza!
Paz para elas!
Feliz fim de semana para si.

Soraia Barbosa disse...

Que lindo tudo isso!
Daria uma ótima inspiração para um conto...

Desculpe a demora, ando um pouco sem tempo (estudando muito)!

Forte abraço querida amiga!

Cadinho RoCo disse...

Por isso é que cada vez mais entrego-me ao agora.
Cadinho RoCo

Cultura Malcriada - disse...

Boa tarde!!!

Caprichou no post! Rita Hayworth é sem dúvida uma das imortais do cinema.

Uma pena que para nós, reles mortais, a beleza física tenha um prazo de validade tão curto, mas no final, o que importa mesmo é a memória do que foi feito! Essa fica.

Bjão!

Crisfonseca disse...

Rita Hayworth , bela postagem, bela escolha. O post ficou maravilhoso.
Tenha um otimo fim de semana
Beijos,
Cris

APO (Bem-Trapilho) disse...

olá Vanuza! que bom receber-te no meu blog, com toda a tua simpatia! volta semrpe querida!
ººº bjinho e bom fds! ººº

blog do dudu santos disse...

O fim é sempre triste!!! imortalizada nas telas,sua beleza eterna nunca acabou, o que permanece é a arte, literatura ou simplesmente gestos sensiveis
bjo do artista

Bandys disse...

Oi amiga,

Belo post, alias aqui sempre é de muita informação e cultura.
Vanuza gosto muito do seu blog.

Beijos e um bom final de semana!

Crisfonseca disse...

Olá Vanuza,
tudo bem, pode sim, pode por os pássaros , é uma honra. Obrigada.
Beijos,
Cris

Carmello Café disse...

Bem fez a Greta Garbo, que apesar de não ter a beleza de Rita H, tinha litros de talento em cada gota de suor, soube se preservar como pouquíssimos no meio artístico mundial.
Vanuza, vim parar aqui através de seus comentários no blog do Beto Melodia. Acabei de dar uma olhada ligeira pela sua casa e gostei muito da decoração e tudo o mais, e também da presença de alguns novos amigos por aqui. Eu comecei o meu próprio blog nesta semana e gostaria de te convidar para uma visita. Lá publicarei idéias, pensamentos, dicas, opiniões, imagens, músicas, enfim a cultura em geral, e gostaria de poder contar com sua presença e com uma ajuda para a divulgação, colocando um link em sua lista indicativa de blogs.
Aguardarei sua reposta e então eu também colocarei um link para o seu blog lá na Zona do Café.
Fica aqui o meu muito obrigado.

Carmello Café
http://zonadocafe.blogspot.com/

Francine Esqueda disse...

Olá! Passei para dar um alô, aquela fuçada... Adorei este post! E muito mesmo a tela da capa!

Ah!!! Eu acabei de chegar do Show da Elza... Foi muito mais que agradável... Foi inacreditável e único! Valeu demais!
Bom fim de semana!
Aproveite tudo o que puder!!!
Beijos,
FRAN.

Ps: Já tem fotos no blog!

O Profeta disse...

Uma Rita...única...

Uma rosa breve
Uma hortênsia de alva cor
A terra molhada pelo sereno
Nos celeste paira um Açor

A madeira verde, a dança do fogo
O embalo do loureiro no vento, o alecrim
Um ribeiro de inquietas águas
Levam o perfume das mágoas em viagem sem fim


Convido-te a sentir a minha paleta de aromas


Mágico beijo

Benó disse...

Vim ver o seu jardim.É lindo e perfumado e aceitei com bom grado o convite para o visitar.
O Verão vai-se, aos poucos, preparando para ser substituido pelo 0utono, bem mais calmo e com umas cores maravilhosas.
Espero-o!

Um beijo desta lado do Atlântico!

Carmello Café disse...

Vanuza, passei pra agradecer a visita à minha Zona. Já adicionei lá um link pra cá.
Volte sempre que quiser, pra um papo, um Café...
Um abraço.

APO (Bem-Trapilho) disse...

obrigada pela simpatia, amiga! volta semrpe! :)

Espaço do João disse...

Óh Vanuza.
Sempre ouvi dizer que a vida são dois dias. Um para nascer, outro para morrer e, mesmo assim temos um interregno para dormir. Isto é a mesma coisa que dizer:- o passado já foi, o presente já era e, o futuro, não aparece nos nossos tempos. Vivamos enquanto respiramos o que já não é nada mau. Bfs João

Boca no Trombone disse...

Aqui as imagens falam por si.

Sem palavras...Achei seu blog simplesmente maravilhoso.

Bj

A Voz da Floresta disse...

Foi uma flor que soube trazer beleza e perfume à terra.Cumpriu sua missão.Aplausos para Rita!

Albert disse...

Sou um homem de Ciências, mas tenho, ou pretendo ter o gosto apurado. Sendo assim, não há lógica que discuta o que é público e notório:essa artista veio para ficar.

Carol Flor disse...

Nossa como uma iniciante em blog fico lisonjeada com tua visita :)
Adicionei seu blog pra eu pdoe sempre visitar .. mta coisa pra ler ainda por aki ...
Um beijo e linda semana

JADY*ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
beto melodia disse...

oi, vanuza.

gilda ou rita?
carlos ou betomelodia?

você, com essa postagem,
me faz pensar...

beijos em seu coração

Charlie disse...

Somos todos apenas Icons perecíveis e frágeis cujo único valor é o momento em que são consumidos.
Uma flor colhida, posta ao lado dum sorriso e que dura apenas um dia. Se não for colhida, dura exactamente o mesmo. Talvez não lhe doa a memória, mas doi-lhe se calhar a indiferença, o passar do tempo só por passar.
Toda a vida por um momento de brilho intenso, como um foguete...de lágrimas. Depois a memória e apenas Rita..

Carlos disse...

El juez español Baltasar Garzón en Brasil:
'Ninguna ley de amnistía puede amparar violaciones de derechos humanos', afirma Baltazar Garzón.
El juez español Baltazar Garzón afirmó hoy en Brasil, donde se debate una posible revisión de una amnistía referida a la última dictadura militar (1964-1985), que 'ninguna ley puede amparar las violaciones de los derechos humanos'.
Garzón llegó a Brasil invitado a participar en un seminario sobre derechos humanos celebrado el lunes en Sao Paulo y hoy visitó en la capital del país la sede del Congreso, donde se entrevistó con las autoridades de las cámaras de Diputados y del Senado.En pleno debate sobre la posibilidad de que sean investigadas las violaciones de derechos humanos ocurridas durante la dictadura, el magistrado español declaró a periodistas que los crímenes contra la humanidad, como la tortura o la desaparición forzada, no prescriben y no pueden ser objeto de ninguna amnistía.'Me inscribo entre los que consideran que una ley de amnistía local no impide la investigación de crímenes de lesa humanidad', indicó.Recordó que así lo consideran la Corte Interamericana de Derechos Humanos y el Tribunal Europeo de Derechos Humanos, que tiene 'más de 20 años de experiencia en esos asuntos', apuntó.
Felicidades por tu blog, me gusta mucho.
También puedes visitarme en www.mhyja.blogspot.com
Muchos besos desde España

weiss disse...

Tanto faz Gilda ou Rita, no caso a personagem e a atriz se confundiam. O sucesso muitas vezes é cruel e solitário...

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Oi Amiga
Depois do estrago da gripe, estou tentando me aprumar... Velhice é uma m...
Mas estou voltando...
beijos (de longe, sei lá se o vírus ainda está aqui)

titofarpas disse...

Importante é a lição que podemos sempre tirar com a vida...
Boa semana.
Beijos

Cultura Malcriada - disse...

Olha só... fez um recall no post.
Ficou ainda melhor, com tantas divas juntas.
Bjão!

Sim eu digo disse...

Tá lindo demais! Aqui, só recolho inspiração. Mas, nesse rol vou te incluir...

Lyra disse...

Penso que todas as mulheres têm um pouco de Gilda, de Rita, de Diva e de Gata Borralheira. Mas apenas algumas se tornam "públicas" e para essas é sempre muito dificil lidar com esse facto. O anonimato é uma excelente "roupagem".

Beijinhos e até breve.

;O)

Clarice Lis disse...

Que ótima seleção! Como sempre muito bom passear por aqui. beijos

Apenas nós disse...

Uma escolha muito boa, não ficou na mesmice, foste atrás das que esqueceram, ou melhor, que a mídia apagou. Nós teríamos outras, mas nos satisfazemos com essas e que venham os "musos"!

Anônimo disse...

A beleza negra (e universal) de Luiza, ela merece estar incluída!Onde andará essa beldade?

Jonas Santista Ulianov disse...

Analisando bem, não mudou tanto da época de Rita em Hollywood para os dias atuais. Infelizmente a máscara e casca permanece sendo mais valorizado por eles.

Mila Pereira disse...

Ei, amiga querida!
Isso aqui tá muito bom! Belo, de muitissimo bom gosto ( não poderia ser diferente, não é? ) e conteúdo de qualidade. P-A-R-A-B-É-N-S!!!
Acho que vou reativar o meu. Tou com saudades... Ainda não fiz isso por absoluta falta de tempo!
Beijos com carinho.
***Milla***

O Árabe disse...

Belo texto, sim. Concordo com as Divas, mas dispenso os Divos... :) Boa semana, amiga.

Paradoxos disse...

Diva és querida amiga :-)
um beijão muuuiiitooo terno pra ti

Eduardo

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Hoje acordei pensando em você...
Está tudo bem?
Tem post novo...
beijo

Mello disse...

Olá Vanuza!



Você completou o seu post, com actrizes belíssimas, fez bem. Vê-se que você é uma mulher que gosta de desafios!

Tudo de Bom para você e para os seus, com muitas saúde e paz,


Beijinhos,

Graça Mello

PS. Obrigada pelos lindos comentários lá no Mello…

Sinfonia Imortal disse...

Folguinha no almoço, saio a visitar os amigos e vc e suas divas são parada obrigatória.Dizer que está ótimo? Isso todos sabem!

Sr do Vale disse...

Vanuza, tem uma menina que não sei seu nome, acho até quem nem deveria mesmo entrar na lista de divas, mas quem sabe seu personagem poderia?
"AMELLI"

Abraços.

Diva disse...

Bela homenagem. Adorei. Afinal... i'm just a DIVA.
Bjs meus

Carioca disse...

Sou suspeito, olha só:Garota de Ipanema, Leila Diniz e a própria Adriana Prieto e todos os dias elas estão esbanjando beleza e charme.Fui!

Anderson Meireles disse...

Divas são divas...incontestáveis e "incomentáveis",
um abraço!

Amo imagens disse...

Tuas imagens são...São eternas!

Carmello Café disse...

O que eu não gosto nessa coisa de se fazer listas é que sempre ficam de fora 'itens' imprescindíveis, fica aquele gosto de injustiça. Nada disso é pra se levar a sério mesmo, mas é que senti falta de Brigitte Bardot, Jane Seymour, Gina Lollobrigida e muuuuuitas outras.
Me diz uma coisa, naquela foto do baile do vermelho e preto (Mengoooooo!!!), a Esmeralda Barros é a morena? Não a conheço, sinceramente, mas a loura abraçada ao Nuno Leal Maia é a Therezinha Sodré, ou estou enganado?
Um beijo, menina, aguardo sua visita lá na minha Zona!

Francine Esqueda disse...

Estava com muita saudade de passar aqui! Tenha um bom dia!
Volto logo, prometo!
Beijocas

PS: Sei que estive meio ausente... Culpa do trabalho!

pepa disse...

Impressionante a entrada de tu blog. Que cores!

Excelente trabalho. Reunir a tão grandes actrizes, com grandes contrastes, mas todas imensas, faz retroceder no tempo e proporciona deleite. Obrigado.

Desde amigos de Portugal um forte abraço

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Quanto às dúvidas do querido Carmello, já foram devidamente sanadas...Eu acho!Risossss

beto melodia disse...

olá, vanuza:
só passei para dizer que
não pude deixar de rir muito com :

..." tico de um lado, teco do outro e o donald no meio atrapalhando os dois "...

só mesmo o carmello...

beijos em seu coração.

Rodrigo disse...

Grande homenagem.
Apesar de não participar desta geração de grandes atrizes e principalmete, mulheres a frente de seu tempo, não posso deixar de manisfestar o apreço pelos filmes e a história dessas grandes mulheres.
Destaco em especial, Liz Taylor, da qual herdamos atuações belíssimas em filmes memoráveis.

Cadinho RoCo disse...

Voltei.
Cadinho RoCo

Duarte disse...

Amigos de Portugal é uma Associação em cujo blog todos participamos, mas só três das pessoas compartimos a edição, Algumas vezes, um erro que não consigo detectar, sai a pessoa que o utilizou desde o mesmo computador. São palavras minhas, ou seja fui eu quem te escreveu, como agora.
Abraços

Crisfonseca disse...

Olá Vanuza,
Vc acrescentou novas musas no post, ficou mais fantástico ainda, belíssimo.
Adorei ver os pássaros na galeria permanente de teu blog, nao sei nem o que escever, lindo de mais, você é um doce.
Beijosss
Cris

Francine Esqueda disse...

Van... Obrigada pelo carinho e atenção para com meu blog! Volte quando quiser!
Beijos e bom fim de semana!

Francine Esqueda disse...

Linda,
O Negócio é o seguinte: Deixar o outro amadurecer sozinho... Ajudar com amor sim, mas deixar que abusem de vc, não! Tudo com muito senso e respeito!
Abraços e bom fim de semana!

Zíngara disse...

Há mulheres e Divas, como numa colméia, há as operárias e a rainha.Muitos mistérios nos ronda...

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Oi querida
Foi sonho não. Se foi, não lembro. Só lembro que acordei e a primeira pessoa que me veio à lembrança foi vc, daí fiz uma prece...
Tem capítulo novo,
beijocas

Cadinho RoCo disse...

Você vai lá, eu venho cá.
Cadinho RoCo

Sr do Vale disse...

Vanuza, se você procurar com atenção no Partículas, vai achar um poema que fiz em homenagem ao mestre Vitalino..."A sombra do barro"

Eu, sem clone disse...

Olá! Adorei seu espaço.
Precisamos ser fortes para sermos nós mesmos, com tanta influência externa.
Principalmente quando se tem a cabeça "vazia".

Paula disse...

Bela homenagem às divas do cinema!
Adorei!
Abraço e parabéns pelo blog .

Muito interessante1

Mello disse...

Olá, minha querida Vanuza,

Gostei do novo visual do teu blogue, a homenagem ao Mestre Vitalino...

Esta imagem tem muito que se lhe diga, dava uma dissertação...

Muitos beijinhos,

Graça Mello

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Veneide (quase xará) ou "eu sem clone", já retornei o comentário(sou educada), mas embora não costume comentar comentário, só queria abrir essa exceção para te dizer:
-Olhe em volta, quase uma centena de cabeças RESPEITÁVEIS estão aqui. Estarão também "vazias"? Quanto à minha, realmente, eu a esvazio sempre(exercício salutar), justamente para não enchê-la de bobagens de pessoas que não pensam antes de falar...

Eu, sem clone disse...

Oi querida, o cabeças vazias é em relação à influência da fama, do sucesso na cabecinha das divas do cinema e da vida.
beijos

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Grata pela explicação, mesmo assim, as "divas" aqui escolhidas nos proporcionaram bons momentos de entretenimento e suas vidas particulares não nos dizem respeito.
Assunto encerrado!

Nati disse...

Boa tarde Vanuza.Adorei seu blog.E qAchei muito legal seu texto,muitas vezes a vida real é confundida com a ilusão..Ah vou linkar vc no meu blog pois adoro escrever.Vou deixar uma poesia minha para vc.Desejo um ótimo final de semana.
♥Poesia♥Adormeço
Pelo vale do luar adormeço em seus braços. Luzes acendem...eu desperto repousando no seu peito.Profundamente te olho. Loucamente eu te encanto com meu canto de amor. Respiro o seu suspiro de prazer.Te algemo com meu amor, te arrasto para a areia adormecida, e te cubro de caricías enlouquecidas.Nati Caetano

Don Oleari disse...

Vanuza:
programei voltar com calma aqui para rever a transbundante Rita/Gilda e reler seu texto sobre ela.
E vi as suas "divas". Ah, amiga, Monica Vitti, maravilhosa. Mas tem também la belle de jour, nememo?
Caterine Deneuve, gente! Não é a própria diva? (16/09).
Abraço fraterno do seu vizinho do Es, Oleari.

berenice disse...

Olá Vanuza.
Descobri seu ótimo blog através dos comentários no blog do Dourado, que anda meio monosilábico... hehe!

Adorei este post em especial por falar da bela Rita e a rapidez com que passamos por esta vida. Nossas escolhas do que é importante para nós é que faz a diferença de como passaremos por esta aventura.

Passarei mais vezes aqui, tem muita coisa pra ver e ler!

Grande abraço e parabéns pelo blog!
Berenice