sexta-feira, 8 de agosto de 2008

EDWARD ENTRE AS FLORES...

DEDICADO A TODOS OS QUE SOFREM AS DORES DA ALMA...
PAPAI, AINDA SOU A MESMA MENINA DE SEMPRE...CONTE-ME UMA HISTÓRIA!
















Desde às eras mais remotas o homem primitivo se valia da Natureza para a subsistência e também buscar o tratamento e cura dos males que o afligiam. Porém, só começamos a perceber uma sistematização das ditas PLANTAS MEDICINAIS com a publicação, na Idade Média, do Dioscórides, livro com os desenhos e indicações terapêuticas das mesmas, seu autor é desconhecido, mas as imagens são apuradas, perfeitas. E a Arte de Curar que vinha lá de Hipócrates ("Não há doenças, e sim, doentes") foi evoluindo sempre através de substâncias extraídas do mundo vegetal, por vezes mineral e até animal...
Foi depois, que surgiu Galeno com os seus produtos químicos e a Medicina tomou os rumos que permanecem até os nossos dias. Não estamos aqui para julgar o que poderia ser melhor, ou pior, mas de uma coisa já temos certeza: há medicações e exames alopáticos que provocam efeitos, no mínimo indesejáveis - quando não matam - nos pacientes e o próprio termo "paciente" já pressupõe que não podemos ter o DOMÍNIO DO NOSSO CORPO, DA NOSSA SAÚDE e entregamos a outrem a responsabilidade que nos foi delegada pelo CRIADOR.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

DR. EDWARD BACH: breve biografia e observações pessoais.

Edward nasceu inglês, na vila de Moseley, perto de Brimighan no dia vinte e quatro de setembro de 1886 e faleceu - passou para um outro plano - em 1936, aos cinquenta anos.
Criado no campo, embora de família abastada, passava horas a passear pelos campos e observava com cuidado todos os detalhes da vida vegetal, principalmente das flores que o atraíam de forma especial. Era um homem de caráter BOM e extremamente preocupado com o bem-estar do seu semelhante, ajudando sempre àqueles que dele necessitavam. Desnecessário Dizer que terminou escolhendo a Medicina como profissão e foi através dela que ampliou seus conhecimentos e mais, trouxe-lhe contribuições até hoje não muito compreendidas pela "Ciência Oficial". Foi um bacteriologista e patologista dedicado a ponto de criar vacinas que se ligavam às emoções, fazendo uma correspondência do mundo invísivel dos seres microscópicos com as emoções humanas e foi, justamente aí que ACERTOU. Nasceram os NOSÓDIOS e as pesquisas aprofundadas sobre a HOMEOPATIA.
Convocado para a guerra, não se fez de rogado e aliviou as dores dos soldados, mas sempre aprendendo com o sofrimento humano, até que...Teve que sentir na própria pele a DOR de ter contraído um câncer que, segundo a Medicina que praticava, só lhe dava poucos meses de vida.
Não se maldisse, voltou às suas origens e foi ESTUDAR e, agora, com mais afinco, suas FLORES, não medindo esforços, ficando até altas horas no seu escritório e saindo pela manhã para perscrutar a natureza, flor por flor. Conta-se que seus métodos de cura floral nasceram com a simplicidade de beber O ORVALHO DE CADA FLOR todas as manhãs. E o tempo passou, passaram-se os meses, anos e seu organismo desafiou a sentença médica: NÃO MORREU!
E, para o reconforto dos que sofrem sistematizou um repertório de FLORES ESPECÍFICAS que atuavam com as suas "ondas" e vibrações em primeiro lugar, na vida emocional e , espiritual e vibratória da ALMA HUMANA e assim, nasceram suas 38 FLORES "MILAGROSAS" e mais um composto de cinco delas as quais chamou de RESCUE (emergência) que atuam nos momentos mais críticos da nossa saúde.
Pessoalmente, já conheci muitas pessoas curadas por Florais, como o caso também de um médico atacado por paranóia e que se socorreu e CUROU-SE com os FLORAIS DE BACH.
Pois bem, também tive a minha vez, como todos temos nessa vida de provações; sofrendo muito, ganhei de um FREI um vidrinho de Florais, mas aqui, no caso, de MINAS e fui para um sítio familiar, sozinha, também à espera do fim que ainda não veio e não virá tão cedo. Lá, comecei a usar as quatro gotinhas sublinguais e a sentir os seus efeitos: sonhos, visões de cores acordada, vendo a energia linda e colorida das árvores, enfim, um mundo de BELEZA E LIBERDADE ESPIRITUAL se descortinava á minha frente, quando ao ler um livro do Dr. Márcio Bontempo, parei repentinamente ao ouvir uma voz masculina que me dizia claramente: " - Meu nome é Edward e meus Florais não são Homeopatia, são os moldes ENERGÉTICOS DAS FLORES, IMPRESSOS PELO SOL." Não havia ninguém na casa e eu estava lúcida e desperta, como agora estou.
Não, esse post de hoje, não é uma propaganda, um modismo, muito menos uma vaidade, coisa que não cultivo.

HOJE, AQUI E AGORA CHEGOU O MOMENTO DE DIZER:

OBRIGADA, DR. EDWARD BACH,

ONDE QUER QUE VOCÊ ESTEJA!!!

105 comentários:

Mello disse...

Olá!

Um post precioso, recheado de informações e de bonitas fotos!

Beijinhos,

Graça Mello

Sérgio Luyz Rocha disse...

Homem e natureza já foram irmãos...em algum ponto do caminho o homem resolveu explorá-la quase a ponto de extingui-la...os poucos que continuram irmanados são seres especiais...
Adoro fragrâncias no ar, adoro sabores, cheiros que percorrem corpos e se confundem, curas que na verdade são aventuras interiores operando a própria essência..
Lindíssima e oportuna homenagem...
(e fosse propaganda, seria ética, honesta e muito, muito bem produzida..rsrs)...

Pelos caminhos da vida. disse...

Retribuindo visita!

Merecida homenagem...

Imgens perfeitas...

Um fim de semana iluminado pra vc.


beijooo.

Renato Couto disse...

Entre o tudo e o nada, fico com o nada, pois este pode abarcar TUDO, enquanto o tudo, nada mais pode, por estar irrefutavelmente preenchido...
Beijos

Obrigada à Lua, Mãe Ancestral que nos ensina a Arte de Curar - Madre Del'Alma disse...

Encantadora VANUZA! Nome lindo, nome forte, só poderia ser um espaço de canceriana, que abraça o Universo...Menina! que honra ter você aqui...sua luz tornou junto aos demais meus espaço ainda mais encantador...E essa homenagem? não poderia ser em melhor hora! "EDWARD ENTRE AS FLORES"
Agradeço sua palavras, ao querido amigo Sérgio, por oportunizar sua presença aqui...
SEJA BEM VINDA SEMPRE!
Apareça sem pedir licença...
Abraços carregados de carinhos e vibrações violetas
Stellinha :)

um grão de areia disse...

Dr Bach, um dos maiores benméritos da Humanidade. O mundo em guerra e ele buscando na Natureza a solução para as dores das nossas almas.Emocionante...

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oi, Van:
Vá inaugurar o meu post! Caso contrário, alguém o faz antes.
Bjs,
R^r

ÁRVORES DO SIMAO disse...

Cara Vanuza! Flores, plantas e ervas medicinais, é a proposta alternativa para muitos males do homem, com a vantagem de a terapia natural não deixar seqüelas nem danos maiores no paciente. Nesses tempos de tantas doenças oportunistas, de tantos cânceres incuráveis, não sei se já tem grandes incentivos a essa produção, haveria de ter mais investimentos na pesquisa dessas "ervas milagrosas", quem sabe, aliviaria as dores físicas e também das "almas" de muita gente. Mas, cara amiga Vanuza, razões contrárias talvez impeçam, ou melhor, incomodem os lucros de grandes laboratórios, capitalistas aos lucros com a moléstia alheia.
Gostei muito da matéria, das flores, belas gravuras, tema tão oportuno. Parabéns!

abraço, simao

Crisfonseca disse...

Olá Vanuza,
bela postagem, e quanta informação eu aprendi.
Adoreiii
Fiz uma postagem nova apareça quando puder e um ótimo fim de semana pra te tb.
Beijos,
Cris

Álvaro D'Almeda disse...

Mais um uma obra de extrema delicadeza e útil ao ser humano, meu agradecimento, Vanuza!

artmundi disse...

A Força das flores está na sua energia e isso foi descoberto por um homem doente, mas imbuído de um alto nível de fraternidade, continue a nos mostrar esses exemplos, amiga.

Buscador do Conhecimento disse...

Conhecimento e intelgência em prol do bem comum, um grande exemplo de vida. Belo post, querida!

JADY*ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlo Rochas disse...

Antes de mais , agradeço imenso pela simpatia que mostra pelos meus “rabiscos”, tive o cuidado de ler o seu post, como sempre, um campo que quase desconheço na sua integra, energias, homeopatia, osteopatia, acupunctura e muito mais… mas com os anos, a vida em si, a observação e a leitura, dá-nos uma ideia e deixa-nos perplexos e por vezes com certezas. Veja o caso dos antiinflamatorios na prevenção da doença de Alzheimer. Há muitos anos que estudos e algumas publicações que passaram despercebidas foram feitas juntos de populações que sofriam de reumatismos. Mas pouco foi divulgado, é que uma simples molécula de ibuprofen pode fazer, ou seja, reduzir de um factor 6, e sublinho, seis, o risco de desenvolver o que já há muito a comunidade cientifica sabia ser uma doença que se podia assemelhar a algo de viral, quanto ao resto.. é uma questão de fundos de pensão e de rentabilidade. Algo muito idêntico ao que vivemos durante a idade média. Nesse caso a multinacional tinha o monopólio. Um beijo sereno… e continue.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oi, Van:
Bom dia! Hoje é sábado, dia de ver filmes. Estou com o novo do Woody Allen, espero conseguir, depois de vê-lo, fazer uma resenha.
Deixo-lhe um haicai de uma Tia que já falaceu. Publiquei-o no meu post anterior:

Quantos e tão belos
Em sonhos, meigos, risonhos
Erguem-se castelos!

Um beijo,

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

As dores da alma são terriveis.Acretito que é a pior dor que um ser hunano possa sentir. Linda postagem.
marthacorreaonline.blogspot.com

weiss disse...

Obrigado pela passagem em meu blog.
Seu blog é perfeito!

Sr do Vale disse...

Acho que vou seguir o caminho do dr. Edward, mas não com flores, com cogumelos, quem sabe podemos com isso ver detalhes da vida, aos quais passamos batidos.

Abraços.

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Olá Vanuza
Primeiro, obrigada pela visita. Sempre te vi, tb, lá na Renata e, talvez por falta de tempo (é sempre ele o culpado das nossas incorreções) eu nunca vim ao seu espaço. Fiz isso hoje! E que passeio! Amei tudo que encontrei aqui. Esteja certa que voltarei sempre.
E quanto às rosas, acho que vc adoraria estar entre elas, foi nos jardins da casa de Monet, em Giverny, pertinho da ponta de Lili.
beijo e luz

JADY*ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JADY*ALVES disse...

Ai! Perdoe o erro...essa minha emoção sempre atrapalhando, olha aí como vc me faz bem, até tropeço nas palavras rss

Todas as Essências dos florais de Bach em sua vida!Abraços ternos e carinhos da doce Bárbara pra tí.

Anderson Meireles disse...

Estou aqui. ainda não tinha vindo por falta de tempo.
Sabe, apesar de não ter o hábito de comprar nem de plantar, eu adoro flores.
Seu post fez descansar minha visão.
Gosto de estar aqui. E sempre estou como muita gente sabe.
Um grande abraço minha amiga.

Rodrigo disse...

A beleza das imagens já falam por si mesmas. A energia curadora da natureza está a disposição para cura do corpo e da alma, desde que o homem a respeite.
A autora realmente se superou neste novo texto. A cada post,um novo mundo de possibilidaes se abre para nós, através seu conhecimento. Parabéns

Francine Esqueda disse...

Olá?! Como tem passado?
Aproveitando o fim de semana? Aqui cai uma chuvinha que não cessa!
Então, adivinha se eu não iria aparecer para dar aquela fuçada básica e agradecer sua visita!?
Lindas imagens deste post! Especialmente a da capa do blog!
Valeu a viagem!
Beijos e...
Apareça mais vezes!

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Vanuza. Acredito no poder das flores, das ervas, da natureza. Cheiros, extratos, fragrâncias que aliviam e curam os males do corpo e da alma.
Lindo post e belas imagens.

Que seu domingo seja perfumado como uma flor.

Beijos mil! :-)

Bandys disse...

Oi amiga,
Linda postagem.
Muitas informações interssantes.

Querida,
tambem sinto muita falta do meu pai...
Que seu domingo seja de paz!!
beijos

vou em paz disse...

Um Dia dos Pais muito especial por aqui, com flores, beleza e amor!

quinquilharias disse...

Já conhecia os florais, pois são muito usados e fazem bons efeitos.Agora, vou tirar uns moldes dessas flores para os meus trabalhos, são muito bonitas.

Henry Zephyrus disse...

belissimo post.
sabe acredito nas rosas vencendo canhões como dizia outrora uma letra d euma época que não vivi infelizmente..
sabe Srª Pantaleão, gostei de tua forma de escrever e fico grato por ter adentrado no meu humilde blog.. gostaria de us a opiniao sobre outro qu etento mesmo escrever acerca de sentimentos.

http://zephyrusdream.blogspot.com/


fico grato de antemão pela atenção..
e bem acho que eramos mais felizes quando não possuiamos mais nada alem de florestas e flores.. e a deusa mãe era nossa maior professora e nossa unica empregadora.
o mau do mundo é o capital e nossa luta incessante para sermos sem nem sentimos ser. como diria lispector.



beijos.

Fernando Rozano disse...

post essencial, rico e de muita sensibilidade. as informações, as fotos, todo o conjunto forma uma unidade harmômica e densa. obrigado. meu abraço.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Bom dia!
Tudo Bom, Van? Viu muitos filmes ontem?
Eu dormi mesmo. Hj vêm as crianças aqui, tenho que descansar esta manhã. Eu te ligo à noitinha.
Tenha um bom dia,
Renata
PS: Mudei a foto do perfil, talvez não me reconheça, estou de vestido vermelho e cabelo loiro

maqira disse...

Querida Vanuza,

És especial!!! Hoje, Domingo calmo e silencioso, e que bem me faz o silêncio depois de uma semana tumultuada, resolvi visitar o teu blog e um cheirinho a flores inundou o ar que respiro e a minha alma depois de os meus olhos se sentirem maravilhados com a beleza das flores.Como todos, eu adoro flores e plantas. Beijo as flores e acaricio as plantas. Elas gostam.
Para meu espanto vejo a minha tela florida que tu carinhosamente colocaste em teu blog. Fiquei agradecida e comovida. É a prova de que gostaste e isso me faz muito feliz.

Beijinhos
Adelaide

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oi, Van:
Já segue o meu recado da tarde. Leia os meus e-mails antes de pôr um comentário no mue Blog. E como vai o domingão. Aqui vai tudo bem exceto as maravilhosas comidas da minha mãe que só posso ficar olhando. Só posso comer arroz, não agüento mais. Isso é realmente um suplício. Ainda bem que é arroz com casca, integral, pois o branco me dá engulhos.
Beijo, linda,

Veja as transformações que fiz na minha página.

Dilson disse...

Esse foi o meu melhor desse dia.Grato, Vanuza.

Guilherme disse...

Uma experiência muito interessante. Isso se deve a energia interior que habita na natureza e em todos nós. Bonito Post.

tudo verdinho disse...

Irrepreensível, útil e belo, totalmente original.Como disse o Anderson, "descansa a visão", mas eu também digo:faz bem ao coração...

Apenas nós disse...

Tua experiência com Florais foi válida e a decisão de torná-la pública, mais ainda. Nós te parabenizamos!

Apenas nós disse...

Acabamos de decidir: vamos aprofundar nossos estudos, pois só conhecíamos a acupuntura, mas os florais também são por demais importantes. Você nos abriu os olhos.

Anônimo disse...

Acredito na espiritualidade, não vejo saída para o homem atual, voltemos nossos olhos para o alto...

O Trovador disse...

A terapia das flores é tão antiga quanto o verdadeiro amor...

Cultura Malcriada - disse...

Oi Vanuza!
Muito legal essa postagem! Sempre ouvi falar dos florais de Bach, mas não sabia muito ao seu respeito. Muito importante falar sobre isso porque sempre pode ser útil pra alguém.
Outro dia mesmo eu estava lendo sobre as discussões envolvendo a homeopatia e a psicanálise, que por uma ala grande de cientistas é considerada como um mero efeito placebo, mas afinal, o que importa mesmo é o resultado, não é!? Parabéns mais uma vez!
Bjão!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Bom dia, querida amiga Vanuza!
Dormiu bem? Eu dormi muito bem tanto que acordei agora, 10 horas da manhã, estava precisando dormir, repor as energias.
Tenha um dia repleto de alegrias.
Um beijo,
Renata

Mara e Ale disse...

Oi Vanuza...fiquei feliz por teres visitado meu blog...to me achando rsrs...você e o Anderson são incriveis...aprendo muito com vocês dois,visitar o blog de vocês é como dar um descanso para a alma...Prabéns pelo post, lindas imagens...quero "fuçar" teu blog inteirinho heheh
Te add no meu blog.
Aquele selo "um blog de ouro" está no blog certo..parabéns!
com carinho
Mara

Gisele disse...

Natureza, Arte e Mestres passeiam por aqui. E eu também!

Liminha disse...

E aí, vanuzinha? Até que enfim, te encontrei e para o meu bem. Estou deslumbrado, pode crer!

Soraia Barbosa disse...

Olá minha querida amiga!
Pois é, andei um pouco sumida do blog, mas estou de volta!

Nossa, amei o seu post! Sou alucinada por plantas e flores!
Tá muito lindo aqui!
Se você tiver msn esse é o meu soraia_camila@hotmail.com

Forte abraço

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Vanuza, belíssima postagem, com muitas fotos de uma beleza rara e um texto mágnifico... Grata pela visita ao meu cantinho, beijinhos de carinho,
Fernandinha

Dois Rios disse...

Justa homenagem !

O nada é melhor porque é dele que tiramos força para conseguirmos (quase) tudo.

Belas fotos! Amei!

Beijos,

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oi, Van:
Vim na nossa sagrada tarde. Menina, dormi até agora. Resolvi seguir à risca o que o médico me mandou: se tiver sono, durma. Se não quiser fazer nada, não faça. Tirei nova licença do trabalho. Volto ao meu "Tristão e Isolda", ainda leituras, porque traduzir me dá dor de cabeça. Mas foi ótimo ter dormido, estava precisando.
Um beijo, querida,
Renata

muito relativo disse...

Um post como poucos, quer concordemos, ou não, com o conteúdo. Está irrepreeensível.Um abraço, amiga!

Beautiful Stranger disse...

obrigado por nos trazer tanto conhecimento, seu blog surpreende pelo conteúdo cada vez melhor...

;)
http://strangerbeautiful.blogspot.com/
MSN: bs_live@live.com

Amo imagens disse...

Acabei de adentrar no paraíso. Sinceramente, o Dr Bach foi o maior especialista em flores e em gente...

JADY*ALVES disse...

Oi Van!
Perdão, nem tive tempo de comentar e agradecer pelo dia dos pais!
Mas deixo um beijo pra essa mãezona maravilhosa que sei vc é!
Muitas flores e estrelas em seu caminho, meu afago e carinho.Fica com Deus!

Zíngara disse...

Toda a magia cigana vem dos fenômenos da natureza, por isso, os florais de Bach não são estranhos a nós.

clean and clean disse...

Dr Bach veio à terra em missão e partiu como um pássaro que voa na amplidão do firmamento...

A. João Soares disse...

Cara Vanuza,
Bem haja pelas visitas e comentários deixados em Do Miradouro. Este pos assente nas flores e na Natureza é muito didáctico, belo e espiritual. Cada um de nos deve imitar a planta que percorre grande parte do ano a crescer para chegar ao belo objectivo de dar a beleza da flor. Cada um deve fazer desenvolver a sua personalidade para mostrar a bela flor que tem dentro de si.
Mas, infelizmente, muitos não querem passar de cactos de má qualidade que nada mais dão além dos espinhos.
Parabéns pelas belas imagens de flores e pelo texto. Aprecio a medicina natural.

Beijos
Do Miradouro

Max disse...

A terra é um ser vivo e nós somos insetos que a sugamos, por isso, ela se sacode em convulsões. Não a respeitamos, Edward a amava.

Mariazita disse...

A minha colaboração no SEMPRE JOVENS é às Terças-Feiras.
No meu blog, A CASA DA MARIQUINHAS, faço postagens Aos Domingos e Quintas Feiras.
Como no próximo dia 15 vou ausentar-me, para férias, gostaria de contar com a tua presença e comentário nestes dois últimos posts, o que antecipadamente agradeço.
Felicidades. Até Setembro.
Beijinhos
Mariazita
PS – Guarda esta informação, que é preciosa -:)))

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Bom dia, Van!
Levantei-me há pouco, embora tenha acordado às 6 horas. Fiquei rolando na cama todo esse tempo e isso é horrível. Mudei os planos para o próximo post, porque o Carlo me pediu para afzer algo e eu o farei. Aquela idéia fica para o seguinte. nem sei que tempo faz lá fora, pois quase não saio do quarto. Mas hj verei um filme e lerei muito para fazer o que é preciso.
Um beijo amigona do peito,
Renata

paz e amor disse...

Aqui tem tudo o que eu amo
Muitos beijos, amiga!

TANTA POESIA disse...

Perco-me nesse jardim
Para encontrar-me
Em mim
Em ti
Em nós

Dinah disse...

Navegando, navegando, vim parar aqui e me deparei com a oitava maravilha do mundo:seu blog!

Mariazita disse...

Querida Vanuza
Não tenho vindo aqui com a regularidade que desejaria e seu blog merece.
Acontece que tenho 51 blogs (acabei de os contar) que visito, ora uns, ora outros...É apenas por isso que não posso ser tão assídua como gostaria.
O post de hoje está excepcionalmente bonito (ou não falasse de flores, que adoro...)
A descrição da vida do Dr. Bach está impecável!
Que Homem! Que vida! Que benção para a humanidade a sua passagem pela terra!
Parabéns, minha querida, pela escolha do tema.
Todos os dias falo com as minhas plantas, muitas delas em flor. Elas ouvem com atenção as minhas palavras de carinho, e sorriem para mim. É assim que começo sempre o dia.
Mil beijinhos
Mariazita

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Vá, Vanuzinha querida, seja a primeira a inaugurar o meu novo post. Beijos,

f@ disse...

Olá Vanuza... excelente post... bonito demais...
Obrigada pelo carinho por teres escolhido um dos meus trabalhos para enfeitar este teu belo espaço... sinto-me formiguinha...
escondida na toca quando chove mto...
Espero que me entendas...
enviei-te um email mas não tive resposta ao que e dadas as circonstancias deduzo que não foi entregue... km distância mas não separação
beijinhos e mil vezes obrigada pelo carinho
beijinhos das nuvens

Olhos de mel disse...

Oie linda! Belo post! Eu pretendo curtir cada minuto com meu pai, enquanto Deus nos permite a felicidade de tê-lo conosco.
Eu gosto do tratamento homeopático, apesar de muitas pessoas não acreditarem nele. Pena ser tão puco difundido e tão pouco acreditado.
Beijos

Carioca disse...

Moro de frente para o mar...abro a janela, respiro fundo e já começo o dia de bem com a vida. Além do mais, o Rio tem a maior área verde do mundo e as gatas mais lindas, preciso mais para me considerar feliz? O Edward ia se dar muito bem aqui.

Quero estar com você disse...

Que sensação de alegria e paz ao ver tantas flores, Deus está aqui.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amiga, venho despedir-me, pois fiquei muito tempo fazendo essa postagem e estou realmente cansada. Fazer a resenha de um filme, como a que fiz hoje, sem contar a história, a não ser na sinopse, funde a cuca. Imagino como vc deve ter ficado quando fez esse seu post sobre os Florais de Bach.
Mas o pior mesmo é o traseiro, não? A gente fica muitas horas seguidas sentada.
Boa noite para vc, querida, e amanhã
nos falamos.
Um beijo,

Thelminha da uerj disse...

Minha coleguinha de faculdade, tô aqui, babandooooooo.Demais!

Santhiago Ramirez disse...

Que maravilhosa combinação de imagens e informações há aqui em seu blog, Vanuza.
Obrigado pela visita. Deixo meus beijos carinhosos a você

Sinfonia Imortal disse...

A música é o meu remédio maior, mas as flores de Bach curam todas as dores. Post bonito, minha queridinha!

Rafeiro Perfumado disse...

Bem, isto é que é uma explicação detalhada, só de ver até fiquei melhor da constipação! ;)

Beijoca!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Bom dia! É cedo ainda, 8:30. Caí da cama hj, e ontem fui dormir tão tarde. Acho que hj vou dormir à tarde.
Tudo cor de rosa por aí, minha amiga? Aqui está tão cor de rosa que está virando pink.
Quando acordar me escreva.
Vou te mandar um e-mail agora com curiosidades.
Um beijo,

Albert disse...

Jardim das delícias...delícia de texto e quantas flores maravilhosas.

Anônimo disse...

Vontade de roubar as flores e você também, só pra mim!

daniel disse...

Vanuza

Não, mudaste de visual e ao passar, de raspão, julguei que estavas tu de férias do teu blogge.
E o que estava a perder!...
Foi bom teres deixado o alerta. Sabes como gosto do que tens apresentado.
O presente post, agradou-me imenso, as plantas e o texto. Evidentemente que acredito nos quimicos e penso que os mesmos alternados com as plantas, fazem milagres. O milagre que sou o por isso é "nick nime" do meu blogge.
Beijos
Daniel

Laura disse...

querida vanuza, aqui estou, deliciada com tanta flor que diga-se; até senti o suve e inebriante aroma. Já conhecia mas nunca experimentei, e se tivermos as pessoas certas a fazer a cura, mas que maravilha.
Seu papai e meu lá estarão do outro lado, abençoando e pedidno para que nosso cmainhar seja mais fácil; mas; a vida é de cada um e temos de ter as ervas daninhas nos momentos menos bons! Fique bem moça linda... laura..

Crisfonseca disse...

Olá Vanuza,
Adorei as imagens que vc acrescentou ao blog, adorei as obras, vc é mesmo mágica.
Beijos carinhosos,
Cris

Anônimo disse...

Os florais de Bach foram a minha salvação quando estive em coma.

São disse...

Também acho que é de se ficar grata...
Bem haja!

Adriano disse...

Uma terapêutica indolor, agradável e eficaz.Pesquisada por um homem da ciência médica e experiente e não por um louco ou curandeiro qualquer. Grande contribuição, Vanuza!

JADY*ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anderson Meireles disse...

Querida Vanuza, fiz um novo post. Mais um dos devaneios meus...
Falo sobre luz, apareça quando quiser e traga a sua,
um abraço!

Espaço do João disse...

Olá querida amiga.
Não sei que te levou a pensar que estava de mal contigo. Infelizmente não tenho o tempo disponível para contactar todos os meus amigos virtuais, mas não quer dizer que deixei os amigos/as. Durante o dia, raramente venho até ao computador, tenho alguns afazeres e não posso faltar aos meus compromissos. Tenho várias avenças, muito embora esteja aposentado. Além disso também o meu castelo precisa de mim, entendeu? A minha jóia trata da casa e eu, trato do quintal além do que já anteriormente disse.Muitas das vezes nem tempo tenho para as refeições. Podes estar descansada que de vez em quando passarei no teu espaço que sei muito bem ser belo. Recebe um beijinho de desculpas do João.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oi, Van:
Dei uma deitada e dormi, menina, só acordei agora. Acho que estou com a doença do sono.
Mandei-lhe dois e-mails? Não os recebeu? Também era coisa sem importância.
Um beijo, linda, até amanhã,

Espaço do João disse...

Querida amiga.
Voltei novamente. Nesta casa uma coisa que nunca existiu entre a minha pessoa e minha mulher ,é o ciúme. Somos muito tolerantes e cedemos sempre um com o outro. Não temos segredos e, por esse motivo aprecio o êxito da nossa união. Vamos fazer 40 anos de casados no próximo dia 1 de Setembro. Não seria agora já com os filhos formados e com um neto que é a menina dos nossos olhos que haviamos de ter ciúmes. Nada deste mundo nos separará a não ser a morte. Beijos do João.

CÓDIGO SECRETO disse...

Ola querida vizinha, de volta a essa casa tão bela. Lindas fotos;

E claro conhecimento aqui é que não falta; ler , ver e aprender sempre!

beijos no coração

Crisfonseca disse...

Olá Vanuza,
Obrigada pelo carinho, tb adoro as obras de Aldemir Martins, além do galo, aprecio tb os gatos, são fantásticos.
Beijos grandes,
Cris

titofarpas disse...

Está delicioso...
Óptimo texto com fotos lindas...
Estive de férias e voltei à pouco. como estás?
Beijos

Mario Roberto Guimarães disse...

Oi, Vanuza.

Visitei seu blog e gostei muito do layout, sem falar na qualidade dos seus escritos, que são excelentes.

Parabéns, minha amiga, um abraço,

Mario.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Bom dia, Van!
São quase 10 hs e eu me levanto a essa hora, veja só.
Já está no batente?
Eu daqui a pouco começo a minha rotina de ler livros sobre Tristão e Isolda, pois só posso fazer isso e posts.
Vou mandar-lhe um e-mail já, já.
Beijos e tenha um bom dia,
renata

Cultura Malcriada - disse...

E aí Vanuza!

Tem uma coisinha pra você lá no arte por parte! Passa lá!

Bjão!

Anônimo disse...

Um espaço livre onde só os pássaros e os anjos podem voar...

Santhiago Ramirez disse...

Vanuza, posso fazer link do meu blog para o seu? Eu pergunto antes, pois as pessoas nem sempre querem, tendo em vista algum conteúdo menos pudico, que de vez em quando veiculo...
Beijinhos carinhosos do Thiago

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oi, Van:
Este é o comentário da minha tarde que foi meio atribulada. EStava chovendo e tive que sair, vc sabe por quê. mas agora está tudo bem. Já, já te mando um e-mail.
Beijo, amigona,

Espaço do João disse...

Minha querida.
Alguma vez eu brigava contigo? Teria que ter muitas razões e, por enquanto é só prazer receber teus comentários. Aparece sempre. Não tenhas " ciuminhos " da Renata. Eu só tento que ela se alegre com as flores que lhe enviu. Sempre dá uma ajudinha. Um beijo e, aparece sempre. João

Santhiago Ramirez disse...

Vim agradecer, Vanuza, pela gentil permissão que você me deu, de fazer link entre nossos blogs. Seu nome já consta lá do meu, coisa de que muito me orgulho.
Beijinhos, carinhosos, muitos, do Thiago

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Bom dia, Van!
Como está? Acordei agora, 10 hs, o que já está virando um hábito.
Dormi muito bem, é o floral anti-estresse fazendo efeito. Obrigada por ter feito este post. Você vai postar hj?
Daqui a pouco, vou mandar-lhe um e-mail.
Aguarde.
Um beijo,
Renata

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Por hoje, dou por encerrado esse post, mas isso não impede que os visitantes possam vir aqui buscar as informações que desejarem.
Obrigada pela confiança e o apoio, os temas que aqui proponho sempre visarão, de uma certa forma, o despertar das consciências, inclusive a minha, quero ser um instrumento DO BEM!

Elisa Maria disse...

Pesquisas sobre ervas na TV e os florais por aqui, coincidência?

Carioca disse...

Esse cara era bom!

Charlie disse...

Minha querida!

Fiquei em primeiro lugar deslumbrado com a beleza impressionante desse jardim edílico que nos serves ainda antes de nos debruçarmos sobre o post.
É um relato extraordinário, e ainda mais (que mais é preciso dizer?) um aviso importante sobre o que está a acontecer e todo o mundo e em especial ao Amazonas. Não só o "pulmão do mundo" mas um laboratório vivo onde a Humanidade pode ir buscar todos os conhecimentos para o equilibrio de de si mesmo; a saúde.
Como se pode explicar a alguém que um saco de notas não tem qualquer valor num deserto? Porque teimamos em trocar a beleza de estar vivo no meio da vida, pelo afundar na esterilidade do círculo vicioso que troca valor por crédito? Arvore centenária e mãe de memórias, vida e saúde, arrasada e trocada por rodelas de metal e papel que nos dizem que vale e nós passamos a dar-lhe esse valor?
Mas de que vale um valor se não houver a curto prazo nada a trocar por ele? A vida vale menos que o dinheiro, ou vale mais? Valerá ele alguma coisa se destruímos vida, a nossa vida, -porque saúde é vida- pela ilusória posse duma abstracção? Porque só temos algo enquanto formos vivos...
Porque deixamos que (são sempre poucos) alguns idiotas e sôfregos pela posse de "riqueza" nos chamem impunemente de estúpidos?
Porquê? porquê? porquê....???

dida disse...

Passando para dizer que seu blog continua bombando,e deixar um beijo e um queijo.Zilda Santiago

Bía. disse...

just beautiful...
B.