sexta-feira, 20 de junho de 2008

Na luz, escrevi...

LUZ...LUZENTE...LUZINDO...

"LUZ DOS MEUS OLHOS/ ESTÃO DIZENDO/ QUE ME ADORA/ DESEJA/ E QUER/ EU/ MESMO ASSIM/ ESTAREI A ESPERAR / QUE O DESENGANO/ TE FAÇA VOLTAR/ PRA MIM..." alguém cantando no rádio e um raio de luz que vinha luzindo pela janela do meu quarto. Lembrei-me de uma Luzia, para ela, escrevi...

TROVA: MULHER QUE LUZIA...
*------*-----*-----*-----*------*
LUZINDO AO SOL ARDENTE
ALEGRE E NA CANTORIA
VI ASSIM EM MINHA MENTE
LUZIA FLOR DA SABEDORIA

23 comentários:

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Puxa! Não é que eu sou uma narcisista mesmo?uauauauaua...gosto de tudo que escrevo.bem, quase tudo! Mas, esse aí da Vó Luzia tá uma gracinhaaaaaa...me desculpem, amigos!!!

Renata Christina disse...

Realmente Vanuza, uma graça! Muito bom passear por aqui. Bjs.

Beautiful Stranger disse...

lindo texto, uma forma interessante de expor pensamentos...

;D
http://strangerbeautiful.blogspot.com/

Tita "I Love Jesus!" disse...

Van querida, estou aqui em l�grimas, emocionad�ssima, sei que foi Deus que te inspirou a trova t�o carinhosa. Absoluta certeza, sabe pq? Adivinhe o nome da minha v�... LUZIA FLOR DOS SANTOS! N�o � de arrepiar Van??? Exatamente a fonte da tua inspira�o! (flor e Santo Agostinho!)Minha v� � uma FLOR sim querida... Flor de ternura, de sabedoria e carinho.
Toda minha mem�ria afetiva (a melhor parte dela) vem da v� de seus cuidados e afeto incondicional. Quando a vida me apresenta uma situa�o dif�cil, � nessas mem�rias que me refugio...
Nos doces anos em que cresci ao seu lado. Tempos de passear na pra�a nas noites de ver�o em Paranagu� de percorrer o mercado municipal, aquele cheiro de fruta madura que jamais sair� da minha mem�ria... Tempos de dormir agarradinha a ela quando vozinho Silvio trabalhava a noite no cais do porto... � tanta coisa amiga, que n�o caberia num livro! Mas cabe talvez,e resume-se, num bilhete escrito quando eu tinha uns nove, dez anos e diz assim:
-V� quando a senhora morrer me leva junto? Eu quero ir no seu "caj�o" (caix�o)
A sensa�o � a mesma at� hoje, de que n�o sei, n�o posso, n�o consigo viver sem ela... A for�a do que sentimos uma pela outra a manter� viva, ainda por muito tempo! *Dia 3/12 ela completar� 82 aninhos se Deus quiser! Van, n�o tenho palavras, nem l�grimas suficientes para expressar minha gratid�o, que Deus te pague!!!

Guilherme disse...

A forma do texto ficou muito bonita e seu conteúdo melhor ainda. Guilherme

JADY ALVES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JADY ALVES disse...

VALEU O INSENTIVO AMIGAAAA! BRIGADÚÚÚ!!!

A VOZ DA FLORESTA disse...

Uma árvore frondosa e centenária, uma bela sequóia abrigando ninhos de águias, esquilos, ao sol, como Luzia, essa Avó Brasileira. Minha mais profunda reverência.

instantes e momentos disse...

Acho lindo teu blog, é bom vir aqui.
maurizio

Patty Diphusa disse...

Oi Vanuza

Que canto inspirado. E que prazer vc recebe e presenteia as pessoas com seu carinho e versos. Gostei muito daqui.

Tem certeza de que não somos da mesma geração? eu tenho a impressão que bem próximas.

Bjs, voltarei.

Navegante disse...

Essa Luz de Luzia nos comove!

Coisas Minhas disse...

Não poderia deixar de vir até aqui para ler sobre essa pessoa tão abençoada como a vovozinha Luzia.

Anônimo disse...

E quem é louco de não amar essa beleza de avó?

Rodrigo disse...

Os saborosos anos em que convivi com a miha avó, me deixa extremamente feliz em fazer este comentário. Ainda a vejo, revivo aqueles inesquecíveis dias de aprendizado e carinho.A sabedoria e o encanto das avós, não remete apenas à infância, mas nos acompanha por toda vida nos guiando o coração, até que um dia nos tornamos também avôs, para repartir com os netos todo carinho herdado. Parabéns a avô Luzia por sua força e exemplar modelo de vida.

Claudia disse...

A idade do corpo não significa nada, só o Espírito detém O PODER DA JUVENTUDE!

Marquinho disse...

Vovó, precisamos muito da sua Benção e parabéns, Vanuza!

um idoso disse...

Tão preciosa essa homenagem, tendo em vista o "tratamento" que se dá ao idoso, extensivo ao cidadão comum, nesse país.Mas, o seu tratamento foi de primeira!

Edna disse...

O idoso valorizado, uma raridade no Brasil.

Beautiful Stranger disse...

OBRIGADO POR SUAS PALAVRAS!!!

sempre estarei visitando seu blog, muito lindo...

:D
http://strangerbeautiful.blogspot.com/

Anônimo disse...

Muita "gente boa" envelhece e continua sendo mau-caráter, a idade não é sinônimo de sabedoria.Luzia é uma exceção, felizmente!

um grão de areia disse...

Um dos posts mais sensíveis que já vi!

um grão de areia disse...

Os idosos do Brasil inteiro merecem essa homenagem...

Sinfonia Imortal disse...

É um post de muita candura...